quinta-feira, dezembro 24, 2009

Feliz Natal!

Mais um ano está acabando. Pra mim, posso dizer que foi um ano meia boca por um lado. Não aconteceu nada que pudesse mudar minha vida radicalmente. Mas também não foi um ano ruim. Como havia dito há alguns posts atrás, me livrei dos mala-sem-alça! E também passeei bastante. Curti São Paulo com o pessoal, desde baladas, até museus, parques, dentre outras coisitas a mais. Conheci pessoas muito legais, tanto no orkut, como em blogs.
Minha casa está toda mobiliada, e melhor, tudo pago. Vou entrar o ano de 2010 sem dívidas, ufa! E estou com as malas prontas pra Aracaju, lugar praonde irei amanhã, pra retornar em Janeiro do ano que vem.
Aliás, tem alguém que quer ir comigo:



Dá uma pena deixar eles aqui, mas ficar presa em casa não dá. Ainda bem que tenho quem cuide! :D (Pior que eu morro de saudades.. hehehe)

Não sei se postarei mais esse ano. Talvez leve meu laptop, mas mesmo que eu leve, não terei tempo de sobra pra elaborar posts, então já deixo aqui um desejo de Feliz Natal e um ano maravilhoso pra todas as pessoas que me acompanharam aqui no blog durante esse ano! Que venha 2010!!

quarta-feira, dezembro 23, 2009

Acho que agora vai...

Uma das coisas que eu nunca entendi direito, talvez por falta de conhecimento específico, confesso, foi a morosidade da nossa justiça. O que eu entendo menos ainda é o fato do Brasil assinar a Convenção de Haia sobre sequestro internacional de crianças, mas não cumprir.
Em julho deste ano, uma menina austríaca foi covardemente assassinada pela tia brasileira. A mãe fugiu da Áustria com os filhos sem a permissão do pai. De acordo com a convenção de Haia, as crianças deveriam ter voltado imediatamente à Áustria, para depois ser definido o destino delas. Mas não foi o que houve. Nossa justiça mais uma vez falhou, e falhou feio. A criança acabou morrendo espancada pela tia. E mesmo assim, o pai levou meses pra conseguir levar o corpo de volta ao seu país, para lhe dar um enterro digno - e o outro filho mais velho, que também tinha sido sequestrado pela mãe.

Mas, o caso do menino Sean Goldmann parece que o final vai ser mais feliz. Finalmente, depois de anos lutando para reaver o filho, sequestrado pela mãe ainda quando criança pequena, o pai terá o direito de finalmente tê-lo ao seu lado.
Algumas coisas nesse caso me deixaram de cabelo em pé. Primeiro com a morte precoce da mãe, o que já foi algo pra lá de bizarro. Depois, o padrasto, se achando no direito de substituir o verdadeiro pai, que estava vivo e queria sim a guarda de seu filho, simplesmente usou de sua influência para manipular a justiça. É um tal de apelação pra cá, recorre pra lá... E o tempo foi passando, e Sean, crescendo.
Como se não bastasse sacanear o pai a torto e a direito, devolvendo as cartas e presentes que ele mandava pro filho, a família materna ainda teve a cara de pau de convidá-lo para uma ceia natalina. Como se tivesse algum clima entre ele e a família da moça de participarem juntos de uma ceia de Natal!
E pra coroar com chave de ouro o caso, a avó de Sean num ato desesperado e patético, manda uma carta para Lula toda melodramática. Tudo bem, ela está no direito dela, mas o que me chamou atenção na tal carta foi a seguinte frase:
''Nossa formação valoriza papel da mãe. Na ausência da mãe, a criação incumbe a avó.''
Mas peraí.. Então quer dizer que pra ela, o pai não serve pra nada? Só como reprodutor?
A questão é: o garoto tem um pai, que tem todo direito de ficar com seu filho. Ponto. E se ele fosse tão mau pai assim como eles pintam, ele não teria lutado até agora para obter a guarda. Simplesmente deixaria pra lá e o filho que se ferre. Como infelizmente muitos pais fazem.
É de se admirar o egoísmo de certas pessoas. Eu vejo como um sentimento de posse. O neto é meu! Minha filha morreu, então agora o neto é MEU! E o pai, ah bem.. o pai é só um detalhe.
Eu espero de coração que esse garoto possa voltar para os Estados Unidos com seu pai, e que possam reconstruir os laços afetivos perdidos por causa de vaidade, e também por causa da morosidade da nossa justiça, que assina convenções, mas mesmo assim não as cumpre.

segunda-feira, dezembro 21, 2009

Cadê a decoração?

Ontem fui com o pessoal dar umas voltas pela Avenida Paulista pra ver a decoração natalina. Tinha ido ano passado e fiquei encantada com a qualidade da decoração, e imaginei que esse ano seria a mesma coisa.
Que decepção. Nunca imaginei que uma avenida importante que nem a Paulista pudesse ter uma decoração de natal tão mixuruca. O Banco Real, que sempre faz algo diferente tava tão feinho que nem dava pra reconhecer. Será que é efeito retardado da crise do ano passado? Ou o pessoal do Santander é tão pão duro, que não quis gastar nada em decoração esse ano?
Mas tudo bem, pelo menos revi o pessoal, e entreguei os souvenirs que trouxe de Foz do Iguaçu antes do Natal. Só por isso já valeu a pena. Mas espero que ano que vem a decoração seja melhor!

Mudando de assunto, mas continuando na mesma cidade: ano que vem já começaremos com uma ferrada legal! Depois de 3 anos sem aumentar a tarifa do ônibus, a prefeitura resolve enfiar com tudo ''somente'' 17% de aumento nas passagens. Isso só os ônibus, pois o metrô ainda vai aumentar mais, com certeza. Tudo bem, sei que o aumento é necessário, afinal tudo aumenta, desde a manutenção, salário dos funcionários, combustível e etc. Mas o que eu questiono é o motivo de ficar tanto tempo sem aumentar a tarifa, e de repente aumentar desse jeito. Não seria mais inteligente aumentar por ano em menor proporção? Afinal, não vejo vantagem nenhuma em ficar 3 anos sem aumento, e de repente ter que desenbolsar muito mais dinheiro de uma vez só. 40 centavos parece pouco pra quem quase não anda de transporte público, mas pra quem tem que pegar todos os dias no fim do mês pesa, e muito.

É... que venha 2010!

quinta-feira, dezembro 17, 2009

Puxando a descarga!

Posso dizer que esse ano foi o ano da limpeza. Puxei a descarga e mandei pra vala um monte de pessoas que não acrescentavam nada na minha vida, muito pelo contrário, só tiravam.
Mas ainda faltavam algumas pessoas. Mais precisamente, um casal que nós ajudamos e muito, em vários aspectos, mas principalmente financeiros. Minha mãe sempre teve essa mania de 'adotar' pessoas nas quais ela se apega, e infelizmente nesse meio vieram pessoas psicopatas, aproveitadoras, sem-vergonha e falsas.
Quando eles estavam na merda, praticamente passando fome quem eles chamavam? Minha mãe. Quando houve um desbarrancamento na casa onde eles moravam, e por pouco eles não perderam tudo, de quem eles se lembravam? Da minha mãe, claro. Quando a filha estava doente precisando ir pro hospital, de quem eles lembravam? Nem preciso dizer. E quando a menina precisava de uniforme pro colégio, claro que corriam pra minha mãe.
E foram assim, anos de ajudas, e de coração, pois ela fazia porque simplesmente gostava deles.
Quando aconteceu aquele festival de desbarrancamentos em Blumenau ano passado, eles ficaram totalmente na merda. E minha mãe mais uma vez interveio, e trouxe eles pra Sorocaba para morar com meu avô. Uma casa enorme, de dois andares independentes, sem aluguel. A única coisa chata seria ter que aguentar os ataques de mau humor do meu avô, que não é uma das pessoas mais fáceis de lidar. Mas o que será que é pior, tentar entender uma pessoa idosa e suas manias, ou morar num favelão a beira do esgoto lá onde judas perdeu as meias, e ainda por cima ter que pagar aluguel?
Eis que hoje, o telefone começou a tocar insistentemente. Até que minha mãe atendeu, e veio a última descarga do ano.
O cara ligou aqui em casa, falou um monte de merda pra minha mãe, como se ela fosse culpada de eles não conseguirem emprego até agora, como se ela fosse culpada de nem tudo ter dado tão certo como deveria. E pior, num belo exemplo de inveja soltou a belíssima frase: ''vocês estão de boa aí, e a gente aqui se ferrando''. Se ferrando sem precisar pagar aluguel e morando numa casa boa, com escola perto, com SUS que funciona, dentre outras coisas a mais. E pra completar, decidiram que amanhã estarão voltando pra Blumenau. Fizeram tudo pelas costas. Nem se quer tentaram conversar. Nem um aviso, nada. E nem um agradecimento por tudo que já fizemos por eles. E sabe o que? Eu dei GRAÇAS A DEUS que eles estão indo embora. Esse é o último elo que faltava se quebrar. Acredito que Deus escreve certo por linhas tortas.
Eu espero sinceramente que eles esqueçam que a gente existe. Desejo que dê tudo certo, mas se por ventura eles ficarem na merda, que continuem sem lembrar da gente.
Sabe o que eu mais fico de cara com esse tipo de gente?
Tudo que nós fizemos por eles não valeu absolutamente nada. E sabe por que? A inveja cega. Esse tipo de gente não pode ver ninguém feliz que fica com raiva, e joga seu veneno pra cima, atingindo todo mundo. Por isso, puxei a descarga com força. Lugar de invejoso é na fossa. E se depender de mim, não saem mais de lá. Distância é a melhor coisa!
Que venha ano que vem! Com amigos de verdade. É isso o que importa, não é mesmo?

segunda-feira, dezembro 14, 2009

Túnel do tempo

Depois de mais de um ano depois da mudança, finalmente arranjei espaço pra desencaixotar minhas fitas. Agora posso dizer que meu apartamento está todo mobiliado, e com um pouco de espaço sobrando, então, resolvi tirar as caixas fechadas lá, e guardar as fitinhas num lugar melhor, e mais acessível.
Achei muitas relíquias, e algumas tive que tirar fotos antes de guardar. Fiquei um tempão me divertindo com minhas anotações, às vezes eu colocava nome de uma música que tinha gravada, e com base nela eu tinha idéia das outras que tinham juntas. Algumas outras eu botava até a data em que gravei (!!!) como essa por exemplo:



Inclusive estou escutando essa fita agora. Voltando no tempo dos meus 18 anos. Gravei essa fita exatamente na última semana de 1994 (!!!), isto é, essa fita tem nada mais nada menos que quinze anos! E escutando ela agora não parece tanto tempo assim, pois queira ou não, são músicas que escuto até hoje, e às vezes até passam em rádio ainda.

Essa aqui é uma relíquia:





Eu lembro quando meu pai comprava caixas e mais caixas dessa fita vindas do Paraguai, e ficava aqui, a gente ia pegando e gravando até acabar e vir a próxima caixa..

Eram tempos divertidos, quando para conseguir uma música era necessário ficar horas na frente do rádio pra conseguir gravar, afinal, LPs eram caros, e poucas pessoas tinham acesso à toca-discos. Mesmo depois quando veio o CD, demorou um tempo até se popularizar. Eu mesma gravei fitas até pra meados de 2003, depois abandonei de vez, primeiro porque o meu toca-fitas pifou de vez, segundo que com a banda larga o negócio mudou de figura de vez. (VIVA!)

Mas em vez em quando gosto de voltar no tempo e escutar minhas fitas, mesmo porque, existem muitas músicas que ainda não consegui. Mas um dia eu chego lá!

terça-feira, dezembro 08, 2009

Novo tipo de transporte em Sampa

Carro? Helicóptero? Metrô? Busão? Trem?
Nananinaná! Nada disso! Para andar em Sampa em dias de chuva o ideal é com... Barquinho de isopor!



E olha que provavelmente nosso futuro vai ser isso mesmo. Andar de barco pela cidade nos dias de chuva. Daqui a pouco o governo inventa algum imposto equivalente ao IPVA pra quem possui barquinhos e botes, quer ver?

Photobucket

segunda-feira, dezembro 07, 2009

Irracionalidade total

E tem gente que tem coragem de chamar os animais irracionais de...irracionais.. Como se explica essa selvageria?:



O time perde, e o povo simplesmente esquece que tem um cérebro dentro do crânio e faz de um campo de futebol um verdadeiro campo de guerra.

Pra mim nada justifica isso. Isso é coisa de bandido e ponto final. Não acredito que alguém em sã consciência promova tanta baixaria por causa de um time de futebol. É algo que foge totalmente da minha capacidade de compreensão!

Agora fica a pergunta no ar: Será que se o Brasil perder algum jogo durante a Copa do Mundo em 2014 vai ter esse quebra-quebra todo? Dá medo! Sinceramente, se eu pudesse ia lá pro interior do Suriname até acabar a Copa..

É fogo!

sexta-feira, dezembro 04, 2009

Voltando de viagem

Cheguei! Cheguei ontem, às 9 da noite. Ainda estou podre de tanto andar e dormir pouco, mas posso dizer que faria tudo de novo, inclusive subir trocentos degrais da trilha que tive que fazer.

Enfim, começando do começo. Cheguei em Foz do Iguaçu à uma e pouca da tarde, e duas horas da tarde no hotel. O hotel em si era muito bom, aliás, eu recomendo! Quartos limpos, funcionários educados e prestativos, chuveiro uma delícia, ar condicionado maravilhoso, cama super confortável. Sem contar a localização que é ótima.

No dia seguinte, fomos no parque das cataratas. Nossa, que passeio maravilhoso! Toda aquela água, nada melhor, porque o calor estava pra matar. Aliás, eu havia esquecido que os mosquitos paranaenses são super receptivos com turistas. E a anta aqui esqueceu o repelente no hotel, então já viu a beleza... Minhas pernas estão esfoladas de tanta picada de borrachudo! Mas faria tudo de novo. Todos os passeios foram ótimos, o parque inteiro é lindo, e aquelas cataratas são impressionantes.







Depois de passar horas nesse lugar maravilhoso, fomos no Parque das Aves. Outro lugar lindíssimo, podemos caminhar entre as aves (não levei nenhum cocô na cabeça, milagrosamente). Dentre várias aves lindas, tive a oportunidade de ver vários tucanos bem de pertinho. Eles faziam até pose pra tirar foto:



Não entendo como uma ave tão simpática e linda como o tucano pode ser símbolo de partido político. Ela não merece isso, sinceramente!

O dia passou, voltei pro hotel com minhas pernas estourando de tanto andar e coçar por causa dos borrachudos. E no dia seguinte fomos conhecer a tão famosa Usina de Itaipu.



ó minha cara de boia hahaha!

Os vertedouros estavam abertos, o que deixa lá muito mais bonito do que já é! Pena que não tive tempo de fazer a visita técnica, mas quando voltar farei com certeza!

Depois de Itaipu, veio o programa de índio da viagem. Ir pro Paraguai. Bom, quando as pessoas me falavam que lá era feio, eu achava que era exagero, pois já fui em vários lugares que todo mundo falava que era horrível, e eu não achei tão horrível assim. Mas pelo amor. O que é aquela Ciudad Del Este. Aquilo não é feio, é horroroso! Como eu fui mais pra conhecer do que pra comprar fiquei lá boiando. Enfim, comprei um shampoo pra não dizer que não comprei nada, pois tudo que vende lá eu já tenho, e comprar por comprar pelo menos pra mim é estupidez. Bom, pelo menos posso dizer que conheço. Mas voltar lá, não pretendo não. Deus me livre!
Agora, uma coisa engraçada foi encontrar isso encostadinho na fronteira de Foz com o Paraguai:



Uma loja de malhas de Blumenau! hahahahaha!! Eu tive que tirar uma foto disso!

Bom, sobrevivemos ao Paraguai. Ufa!

Quanto à cidade de Foz do Iguaçu propriamente dita, achei uma cidade organizada. Aliás, é a primeira cidade que vejo que é realmente estruturada para receber não somente turistas brasileiros, mas também estrangeiros. Vi muitas placas em Português, Espanhol e Inglês, coisa rara de se ver no Brasil. Todos os pontos turísticos tem placas nos 3 idiomas também, e toda estrutura pra receber o turismo.
Outra coisa que me chamou atenção foi o fato de não haver engarrafamentos. Um lugar onde vem gente do mundo todo, cheio de ônibus por aí e não ter engarrafamentos é algo realmente curioso. E ótimo é claro!

Voltamos ontem no vôo das 2:40 da tarde. Infelizmente quando eu comprei o pacote não me toquei que chegaríamos em Guarulhos bem na hora do rush. E pra piorar, caiu um mega chuvão, nem preciso dizer que o trânsito tava uma delícia. Levamos 3 horas de Guarulhos até em casa.
Tudo bem que quando chove, o trânsito de São Paulo que já é uma bela meleca fica um melecão fenomenal. Mas o que eu não entendo é como me fazem um aeroporto internacional lá onde judas perdeu as meias, e não existe nenhum tipo de transporte sobre trilhos para lá! Se até na rodoviária do Tietê o metrô sai lá dentro. Qual o motivo de nunca pensarem em fazer algo pra lá? Isso é ridículo. Imaginem na época da Copa do Mundo, a beleza que vai ser, o triplo de passageiros chegando, sem trem, tudo no trânsito. Gente, isso é uma piada de mal gosto.
Só sei que pra Guarulhos nunca mais. Pago mais caro, mas prefiro ir pra Congonhas, pelo menos é perto de casa. Tem certas economias que não valem a pena. Pior que eu já fechei outro pacote pro fim do ano com saída de Guarulhos.. Buáááá!!!

Bom, a única certeza que eu tenho é que quero voltar a Foz. Eu amei aquele lugar... Mas antes, irei aguardar a próxima viagem, que vai ser no fim do ano: Aracaju.

Acho que escrevi demais né. Espero que vocês não durmam no meio do post.. :P

Bom fim de semana pra todos!

domingo, novembro 29, 2009

Viajar é tudo de bom!




Morei anos em Santa Catarina. Vivia dizendo pra mim mesma que iria visitar Foz do Iguaçu. O tempo passou, me mudei pra São Paulo e acabei nem indo. O motivo é que sempre priorizei lugares onde eu tinha gente pra visitar. Passeio turístico é legal, mas acho mais legal vc ter amigos no local, pode sair, conhecer o estilo de vida do lugar, conhecer locais não tão comuns assim. Assim foi quando fui pro Acre, quando fui pro interior de São Paulo, pra outras cidades catarinenses, etc. Mas também tive viagens de pacote turístico excelentes. Gramado foi uma delas. Tive sorte de pegar um grupo muito bom, e a viagem foi ótima. Porto Seguro foi outra viagem show de bola, e a mais recente, Maceió foi inesquecível.
Dia 02 de dezembro é aniversário da minha mãe, e ela queria fazer uma viagem de curta duranção. Passamos na CVC turismo sem idéia nenhuma e acabamos fechando pacote pra.. Foz do Iguaçu! Finalmente agora irei conhecer o tão falado lugar! Estou empolgada, apesar da previsão do tempo não ser tão animadora. Mas mesmo assim acredito que vai ser divertido. A máquina já está preparadíssima!
Amanhã estaremos embarcando, então, desejo desde já uma ótima semana pra vocês, e em breve voltarei com um novo post.

Photobucket

sexta-feira, novembro 27, 2009

Google Wave, Novo Orkut, e etc...

O tempo vai passando, e cada vez mais modas virtuais vão surgindo. Há alguns anos atrás não imaginaria que nossa vida pudesse ter tantos atrativos virtuais, e acredito que grande parte das pessoas não consegue viver sem essas quinquilharias.
Moda vai, moda vem.. E hoje em dia são os tais sites de relacionamento. No Brasil, o Orkut domina geral, apesar do Facebook estar ganhando espaço. Eu particularmente curto o Orkut, por mais festa do caqui que tenha virado. É lá que tenho a maioria dos contatos que faço questão de manter, e das comunidades nas quais gosto de ler. Não participo de nenhuma, aliás, pra não mentir, participo de uma só, sobre músicas velhas. Mas gosto de ler os debates, muitos interessantes, e outros pra rir mesmo. O Facebook mantenho mais por causa dos amigos gringos, mas nem é todo dia que eu entro. Há um tempo atrás fiz uma mega limpa em redes sociais e emails que nem usava. Mandei muita coisa pra vala.
Como a concorrência sempre é acirrada, o Orkut resolveu mudar pra não perder a clientela para o Facebook, e lançaram o Novo Orkut. Ganhei um convite de um amigo meu, e agora, quase um mês usando posso falar um pouco sobre ele. Eu sinceramente não vi nada demais. É legalzinho, tem algumas opções de mudar as cores etc. As atualizações aparecem na página inicial, e você pode comentar nelas. Lá em cima da tela, aparecem os serviços do google, o que facilita bastante para verificar emails, mapas, ir ao reader, etc. Mas em compensação o álbum de fotos ficou horrível, pra conseguir fazer um novo álbum é uma trabalheira total. Na verdade ainda estou no dilema... Fico com o novo, ou volto pro antigo? Acho que com o tempo a gente vai se acostumando.. Mas confesso que achava o antigo mais prático...
Aliás, essa é uma prática comum quando se fala de internet, programas, sites e etc. Mexer no que está funcionando. O Firefox fica cada vez mais lento e cheio de frescuras a cada versão nova que é lançada. Sem contar as travadas. O MSN mesmo, cada versão fica mais lerdo, e pior, cheio de coisas inúteis. E pra piorar mais ainda, eles te obrigam a instalar a nova versão, isto é, você não pode simplesmente usar a antiga. Tem que instalar a nova, se não não conecta. Eu acho isso muito ridículo.
Enfim, voltando às redes sociais e afins... Agora veio outra moda: o Google Wave. Todo mundo no Twitter falava do dito cujo, até que hoje recebi um convite. Confesso que estou boiando e muito. Pra que serve o Google Wave? Até agora não entendi direito como funciona aquilo. Será que alguém pode me ajudar? :P

Bom, vou lá tentar entender esse negócio enquanto tomo uma Bohemia...

quarta-feira, novembro 25, 2009

A lógica que eu não vejo

Sempre tive problemas em qualquer coisa que tenha exatas no meio. No colégio vivia me ferrando, nunca entendi o motivo de estudar logaritmos, dentre outras coisas. Outro agravante foi o fato de eu ter professores péssimos, o que me desestimulava mais ainda.
O tempo passou, terminei a faculdade, e entrei na onda de concursos. Obviamente tive que voltar a estudar matemática, só que agora com outra mentalidade. Não vou dizer que morro de amores, mas a resistência diminuiu, pois agora sei que estou estudando com um intuito. Peguei aulas particulares, o que me ajudou e muito, pois a professora era excelente, e por ser particular, pude perguntar tudo e mais um pouco. Ainda tenho algumas dificuldades, mas melhorei bastante, e fico feliz com isso.
Agora, pior que matemática é o tal de raciocínio lógico. Primeiro que nunca estudei aquilo na escola, segundo que tem coisas que simplesmente eu não vejo lógica. Por mais que eu leia, releia, leia, releia... A lógica não vem. E achar professores particulares disso? Missão quase impossível! O jeito foi vasculhar na internet por vídeo-aulas (e viva a internet ufa!). Baixei umas e lá vai eu estudar aquilo sozinha. Muitas coisas eu entendi, e consigo fazer. Mas... continuo achando problemas de raciocínio lógico que eu não vejo lógica. Como esse aqui por exemplo:

Uma escola oferece cursos para a aprendizagem de apenas cinco idiomas. Sabendo que cada professor dessa escola ministra aulas de exatamente dois idiomas e que, para cada dois idiomas, há um único professor que ministra aulas desses dois idiomas, é correto afirmar que o número de professores dessa escola é:

A resposta é 10.

Alguém que tenha o cérebro lógico consegue me ajudar a entender isso aí? Até tentei fazer, mas.. o cérebro boia hahaha.. Será que só eu q não consigo fazer esses problemas? Buááá!!

Pior que isso é questão de concurso.. Ai ai ai, que beleza...


terça-feira, novembro 24, 2009

Mais uma da nossa Justiça...

Um blogueiro é condenado a indenizar uma freira por causa da opinião de uma terceira pessoa. Detalhe: a tal freira que processou o cara faltou em praticamente todas as audiências. O julgamento foi rapidinho, e o blogueiro acabou se ferrando por causa da opinião de uma terceira pessoa.

Enquanto isso...

A mãe de Flávia, uma moça que teve seus cabelos sugados pela piscina do condomínio onde morava, e hoje vive em coma vígil, lutou durante onze anos (sim, ONZE ANOS), e perdeu na justiça o direito de ter indenização da empresa fabricante da bomba de sucção na piscina do prédio. Mesmo provado que a empresa não orientou corretamente sobre a instalação. E ainda teve que sofrer acusações falsas de negligência da dita empresa.

E o que dizer daquele acidente da TAM em 1996? Tem gente que não foi indenizado até hoje...

Pois é...

Muitos vão dizer ''ah, mas ele perdeu o prazo pra recorrer''. Sim, ele também teve sua parcela de culpa. Mas o que eu questiono é, como um processo contra um blogueiro que nem postou a opinião que teoricamente difamava a freira é condenado assim tão rápido. E como coisas muito piores como os casos citados acima demoram tantos anos para ter uma decisão. Tá na hora de rever nossas leis, parar com essas brechas de mil recursos, o que faz um processo se arrastar por anos e mais anos. Enquanto isso, o tempo passa, e as pessoas ficam cada vez mais desamparadadas. É uma inversão de valores muito grande.. E é muito triste...

quarta-feira, novembro 18, 2009

Pra rir um pouco :D

Credo, estava lendo meus posts anteriores, só reclamação q horror. Então pra quebrar um pouco esse festival de reclamações, posto aqui um vídeo que eu fiz do meu gato Kiko assistindo TV. Ele é bem participativo, aliás, vira volta tenho que tirar o rabo dele da frente da tela. É uma comédia!



Esses meus filhinhos me divertem.. :)

Ah, e pra quem me indicou o Pão de Açúcar pra comprar o Feijão Pronto Camil, muito obrigada, finalmente consegui comprar uma caixinha! Em breve provarei.

domingo, novembro 15, 2009

E a história se repete...

Há alguns anos atrás quando estavam construindo a Ponte do Tamarindo em Blumenau, a mesma desabou em plena Rua 2 de Setembro, uma das mais movimentadas da cidade. Ainda bem que isso ocorreu de madrugada, o que poupou as pessoas de uma tragédia. Infelizmente as pessoas que passavam por baixo do Rodoanel na última sexta feira não tiveram a mesma sorte. Muitas especulações surgiram, pra variar um botando a culpa no outro, bla bla bla. Eis que hoje, no Estadão, tive o desprazer de me deparar com essa singela manchete:

Empreiteira do Rodoanel mudou vigas para reduzir custos

E o TCU apontou em um relatório nada mais, nada menos que apenas 79 irregularidades nas obras. Isso só me faz pensar que essas empreiteras e o governo estão pouco se lixando pra vida das pessoas. Querem só é enfiar dinheiro no bolso.

É inevitável pensar que milhares de obras serão feitas para receber a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Será que vai ter essa economia porca também? Será que várias pessoas terão que pagar com a vida por causa de economias ridículas? Será que os políticos e donos dessas construtoras vão usar o que eles mesmo constróem?

E mais uma pergunta pra finalizar esse post: Será que existe algum processo de licitação nesse país que não seja fraudulento?

Fica a pergunta no ar..

Ah sim. A Ponte do Tamarindo está de pé até hoje. Ufa! Que continue assim!

sexta-feira, novembro 13, 2009

Lavar calçada: burrice ou falta de noção?



Ontem ao assistir ao SPTV, me deparei com uma cena pra lá de ridícula: A cidade de São Paulo sofrendo com a falta d'água, e uma infeliz lavando a calçada toda feliz.

Eu realmente gostaria de entender qual o motivo desse festival de lavar calçadas. Tem gente que lava todos os dias! Pra que isso? Será que uma vassoura não resolveria o problema? Lembro quando morava em casa, alugávamos uma vez por ano um lava-jato, pra dar uma geral. Nosso terreno dos fundos tinha partes que não pegava sol, e consequentemente era comum formar limo. Quando vinha o lava-jato, limpávamos toda a parte de trás, e aproveitávamos pra passar na calçada. E só. A próxima lavada era só no próximo ano. E durante esse período, era na base da vassoura mesmo. Nunca quebrei a mão varrendo a calçada da minha casa. E de quebra ainda fazia exercício físico.

Me dá raiva esse povo ficando horas na frente de casa desperdiçando água. Principalmente se for num dia de problemas no abastecimento. Pô, nem isso eles conseguem esperar. Acho que existe alguma doença compulsiva em lavar calçadas, não é possível!

Caso algum frequentador do meu blog tenha compulsão por lavar calçadas, gostaria de saber a opinião, pois é algo que realmente não entra na minha cabeça!

quarta-feira, novembro 11, 2009

O dia em que o Brasil apagou.

Foto retirada do Terra

Mais uma vez sofremos com um apagão. Dessa vez com proporções enormes, pois não atingiu somente São Paulo, mas praticamente o país todo.
Aí surgem as velhas desculpas esfarrapadas, como culpar o governo anterior por exemplo. Na época do FHC obviamente falaram a mesma coisa. Culpa do governo anterior. Aliás, nossos políticos são mestres em culpar o que já passou pelas mazelas atuais. Provavelmente o próximo presidente irá culpar o governo do Lula por causa de problemas que surgirão, sejam eles quais forem. E assim a vida vai seguindo. A roubalheira vai continuando, setores importantes da estrutura de um país vão sucateando, e por aí vai.
E qual foi a causa do tão falado apagão? Uns falam que foi por causa de temporais, informação que já foi desmentida. Outros falam que é por falta de investimentos, coisas que obviamente já desmentiram também.

É de assustar que um setor tão importante na nossa sociedade como a energia elétrica possa ser tão facilmente sabotada desse jeito. É de se assustar mais ainda saber que em pleno século XXI, ainda existem UTIs sem gerador

Educação sucateada, saúde beirando ao caos, segurança fragilizada, sistema de distribuição de energia elétrica vulnerável.. Aí eu me pergunto: como estamos preparados pra Copa do Mundo e Olimpíadas? Será que temos o que comemorar? O governo adora dar esmolas, mas não se preocupa com os direitos básicos da população. Aliás, pra que se preocupar com geradores em hospitais né? Em breve teremos o magnífico Bolsa Celular. Não sei se eu dou risada ou se choro...

terça-feira, novembro 10, 2009

A idéia é legal, mas achar pra comprar...



Quando eu vi a propaganda do Feijão Pronto Camil, achei a idéia muito interessante. Primeiro que adoro feijão. E segundo porque eu e minha mãe temos gostos totalmente diferentes para comida. Ela não liga muito pra feijão, e é um saco quando quero cozinhar algo, pois nem tudo ela come. E tem outro agravante: meu feijão favorito é o preto, e quando ela topa em fazer feijão, só quer o carioca. Não que eu não goste, mas ela nunca abre mão e faz o preto, e eu fico vendo navios! Eis que, ao ver essa propaganda, achei show de bola, afinal, ficar um tempão na frente da panela de pressão pra fazer feijão pra uma pessoa só não dá. Sendo assim, decidi comprar uma caixinha para experimentar. Fui no supermercado aqui perto de casa, e me ferrei. Não tinha. Nem liguei muito, pois estava planejando fazer compras no Extra, e imaginei que num hipermercado do porte dele, teria o tal feijão pra comprar. Doce ilusão. Voltei frustrada pra casa, como é que não acho essa caixinha de feijão pra comprar em lugar nenhum? Pra que a propaganda então? Alguém sabe onde aqui em São Paulo eu posso achar a bendita caixinha de feijão pronto da Camil?

domingo, novembro 08, 2009

O ser humano nunca aprende

Em novembro do ano passado, Santa Catarina sofreu com enchentes, desbarrancamentos, mortes por causa da enorme quantidade de chuva que caiu, e também por causa dos desmatamentos constantes nas cidades. Era de se esperar que toda aquela tragédia causasse um impacto na maneira de ver as legislações ambientais, e tentar pelo menos preservar o pouco que resta. Ingenuidade minha. O ser humano é o único animal que consegue destruir o próprio ambiente em que vive. Todos os dias ocorrem invasões em áreas que deveria ser de preservação ambiental - o que não é exclusividade de Santa Catarina, basta dar uma olhadinha no parque da Serra da Cantareira aqui em São Paulo, que vemos invasões de todos os tipos, e não estou falando só de favela não, muita gente de grana também invade.
Como se não bastasse o desamatamento a torto e a direito, invasão de áreas onde não deveria ter gente.. Agora o fabuloso governo de Santa Catarina aprovou uma lei que reduz matas às margens dos rios. Sim! Isso mesmo que vocês leram. Na contra mão de tudo que é pregado hoje em dia, os caras me aprovam uma lei que reduz de 30 para 5 metros a área de proteção das matas ciliares, e no caso das nascentes fluviais, a área de preservação diminui de 50 para 10 metros.
Depois quando despenca tudo, ficam chorando, culpando Deus, Diabo ou até mesmo a lei de Murphy. Não, nem Deus nem o capeta tem culpa. A culpa é exclusivamente do homem, que é incapaz de conviver com a natureza. Tem que destruí-la. Inacreditável isso...

quinta-feira, novembro 05, 2009

Programação das Olimpíadas Rio 2016

Fazia tempo que não verificava meus emails na minha conta 01 do Gmail. Hoje, resolvi entrar lá, e me deparei com esse texto, bem interessante. Desconheço o autor, caso alguém saiba, é só dar um toque que eu posto os devidos créditos. É grande, mas vale a pena ler.. garante umas boas risadas hehehe

Programação das Olimpíadas Rio 2016

Até o fim de 2009

1. As TVs vão entrevistar os idealizadores da candidatura, dando parabéns etc dando a entender que todo o mundo queria a candidatura do Rio. Por todo mundo entende-se todo o planeta mesmo.
2. No réveillon os fogos vão formar o símbolo olímpico no céu de Copacabana.
3. Na Malhação, um dos personagens estará em treino pras Olimpíadas e vai dizer em todos os capítulos que competir em casa será "irado" e "sinixxxxxxtro"

Na Copa de 2010

1. Galvão Bueno durante a narração dos jogos da seleção brasileira vai dizer que a olimpíada ééééééééeé do Brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrasil...

De 2010 a 2015

1. ONGs vão pipocar dizendo que apóiam o esporte, tiram crianças das ruas e as afastam das drogas. Após as olimpíadas estas ONGs desaparecerão e serão investigadas por desvio de dinheiro publico. Ninguém será preso ou indiciado.
2. Um grupo de funk vai fazer sucesso com uma música (?) que diz: vou pegar na tua tocha e você põe na minha pira; sendo que eles nunca souberam o que era uma pira até então.
3. Um ano antes a Globo vai instalar aqueles relógios ridículos na orla de Copacabana e em outras capitais fazendo a contagem regressiva pro inicio dos jogos.
4. Uma escola de samba vai homenagear os jogos, rimando "barão de coubertin" com "sol da manhã". Gilberto Gil virá no ultimo carro alegórico vestido de lantejoulas douradas representando o "espírito olímpico do carioca visitando a corte do Olimpo num dia de sol ao raiar do fogo da vitoria".
5. Haverá um concurso pra nomear a mascote dos jogos que será um desenho misturando um índio, o sol do Rio, o Pão de Açúcar e o carnaval, criado por Hans Donner. Os finalistas serão nomes tais como: "Zé do Olimpo", "Chico Tochinha" e "Kaíque Maratoninha".
6. Luciano Huck vai eleger a Musa dos jogos, concurso que durará um ano e elegerá uma modelo chama Kathy Mileine Suellen da Silva.
7. Milhões de produtos serão anunciados como oficiais dos jogos, desde as habituais camisetas EU VOU RIO 2016 até calcinhas e lógico, biquínis que de tão pequenos terão apenas 2 dos 5 anéis olímpicos.

Abertura dos jogos

1. A tocha olímpica será roubada ao passar pela baixada fluminense. O COB vai encomendar outra em urgência pro carnavalesco da Beija flor.
2. Zeca Pagodinho, Dudu Nobre e a bateria da mangueira farão um show na praia de Copacabana pra comemorar a chegada do fogo olímpico ao Rio. Por motivo de segurança, Zeca Pagodinho será impedido de ficar a menos de 500 metros da tocha.
3. Durante o percurso da tocha, os brasileiros vão invadir a rua e correr ao lado do atleta que porta a mesma carregando cartolinas cor de rosa onde se lê GALVAO FILMA NÓIS, 100% FAVELA DO RATO MOLHADO.
4. Pelé vai errar o nome do presidente do COI, discursar em inglês macarrônico elogiando o povo carioca e ao final vai tropeçar no carpete que foi colado 15 minutos antes do início da cerimônia.
5. Claudia Leite e Ivete Sangalo vão cantar o "hino das olimpíadas" composto por Latino e MC Medalha. As duas vão duelar durante a música pra aparecer mais na TV.
6. Durante o Hino Nacional Brasileiro a platéia vai errar a letra, chorar como se entendesse o que está cantando e aplaudir no final como se fosse um gol.
7. Uma brasileira vai ser filmada varias vezes com um top amarelo, um shortinho verde e a bandeira do Brasil pintada da bochecha. Depois dos jogos ela posará pra Playboy sem o top e sem o shortinho, mas com a bandeira pintada em outras partes que também começam com a letra B.
8. Por falta de gás na última hora, já que a cerimônia só foi ensaiada durante a madrugada pela primeira vez, a pira não vai funcionar. Zeca Pagodinho será o substituto temporário já que a Brahma é um dos patrocinadores. Em entrevista ao Fantástico ele dirá que não se lembra direito do fato.
9. 74 passistas de fio-dental vão iniciar a cerimônia mostrando o legado cultural do rio ao mundo: a bala perdida, o trafico, o funk e a favela.
10. Durante os jogos de tênis a platéia brasileira vai vaiar os jogadores argentinos obrigando o árbitro a pedir silencio 774 vezes. Como ele pedira em inglês ninguém vai entender e vai continuar vaiando. Galvão Bueno vai dizer que vaiar é bom, mas vaiar os argentinos é melhor ainda. Oscar concordará e depois pedirá desculpas chorando no programa do Gugu.
11. Um simpático cachorro vira-lata furará o esquema de segurança invadindo o desfile da delegação jamaicana. Será carregado por um dos atletas e permanecerá no gramado do Maracanã durante toda cerimônia. Será motivo de 200 reportagens, apelidado de Marley e será adotado por uma modelo emergente que ficará com dó do pobre animalzinho e dirá que ele é gente como a gente.
12. Adriane Galisteu posará pra capa de CARAS ao lado do grande amor da sua vida, um executivo do COB, claro.
13. Os pombos soltos durante a cerimônia serão alvejados por tiros disparados por uma favela próxima e vendidos assados na saída do maracanã por "dois real".

Durante os jogos

1. Caetano Veloso dará entrevista dizendo que o Rio é lindo, a cerimônia de abertura foi linda e que aquele negão da camiseta 74 da seleção americana de basquete é lindo
2. Uma modelo-manequim-piranha-atriz-exBBB vai engravidar de um jogador de hóquei americano. Sua mãe vai dar entrevista na Luciana Gimenez dizendo que sua filha era virgem até ontem, apesar de ter namorado 74 homens nos últimos seis meses e que o atleta americano a seduziu com falsas promessas de vida nos EUA. Após o nascimento do bebê ela posará nua e terá um programa de fofocas numa rede de TV de menor expressão.
3. No primeiro dia, os EUA, a China e o Canadá já somarão 74 medalhas de ouro, 82 de prata e 4 de bronze. Os jornalistas brasileiros vão dizer a cada segundo que o Brasil é esperança de medalha em 200 modalidades e certeza de medalha em outras 74.
4. Faltando 3 dias para o fim dos jogos, o Brasil terá 3 medalhas de bronze e 1 de ouro, ganha por atletas desconhecidos até então num esporte tipo "caiaque em dupla". Eles vão ser idolatrados por 15 minutos (somando todas as emissoras abertas e a cabo) como exemplos de força e determinação, a Hebe vai dizer que eles são "uma gracinha" ao posar mordendo a medalha e nunca mais se ouvirá os nomes dos atletas.
5. A seleção brasileira de futebol comanda por Ronaldo Fenômeno tendo Obina como assessor vai chegar como favorita. Passara fácil pela primeira fase e entrará de salto alto na fase final, perdendo pra seleção de Sumatra por humilhantes 3X0 tendo que disputar a medalha de bronze com um país centro-americano. Vencerá por 1X0 e não comparecerá à cerimônia de entrega das medalhas porque os jogadores inexplicavelmente tinham compromisso em seus clubes europeus.
6. A seleção americana de vôlei visitará uma escola patrocinada pelo Criança Esperança. Nenhuma criança vai entender nada do que eles falarão mas vão rir pra valer ao aparecer na TV. Três meninos vão ganhar uma bola e um uniforme completo dos jogadores e serão encontrados mortos na semana seguinte. Os uniformes nunca mais serão vistos.
7. Os traficantes da Rocinha vão roubar aquele pó branco que os ginastas passam na mão. Um atleta cubano será encontrado morto numa boate do Baixo Leblon depois de cheirá-lo. O COB, a fim de não atrasar as competições de ginástica vai substituir o tal pó pelo cimento que estará estocado nos fundos do ginásio visto que as obras ainda não terão terminado, fato que será usado como desculpa pela eliminação dos ginastas brasileiros.
8. Um atleta brasileiro nunca visto antes terminará em 74º lugar na sua modalidade e roubará a cena ao levantar a camiseta mostrando outra onde se lê : JARDIM MATILDE NA VEIA.
9. Vários atletas brasileiros apontados como promessa de medalha serão eliminados logo no inicio da competição. Suas provas serão reprisadas em slow motion e 400 horas de programas de debate esportivo vão analisar os motivos das suas falhas.
10. Todos os brasileiros entenderão todas as regras de todas as modalidades que eles nunca nem ouviram falar mas saberão na ponta da língua na hora de xingar o atleta que foi eliminado.

Após os jogos

1. Um boxeador brasileiro negro de 1,85m estrelará um filme pornô pra pagar as despesas que teve pra estar nos jogos e não obteve patrocínio.
2. Faustão entrevistará os atletas brasileiros que não ganharam medalhas (ou seja, todos). Não os deixará pronunciar uma palavra sequer, mas dirá que esses caras são exemplos no profissional tanto quanto no pessoal, amigos dos amigos, etc etc.

quarta-feira, novembro 04, 2009

Indicação de Nobetook, Selos e memes

Estou com vários selos para publicar. E ao mesmo tempo, guerreando com o teclado do meu notebook que tá uma merda. Conselho: não comprem notebooks da LG. O computador em si é ótimo, mas o teclado simplesmente começa a se desintegrar. Aliás, alguém tem alguma dica de uma marca de notebook que seja boa, e cujo teclado não pipoquem as teclas? Aceito sugestões! (tô falando sério)

Enfim, publicarei alguns selos e memes. E deixarei pra quem quiser pegar e publicar, pois acredito que todos os blogs que eu sigo merecem ;)

Aqui um meme recebido pela Priscila do blog Caricaturas Urbanóides



Escrever uma lista com 8 características suas e indicar 8 blogueiras/os para o selo e avisar a cada um deles:

Leal, festeira, amante da música, uma pessoa que boia, viciada em coca-cola, viciada em internet, implicante, e até certo ponto individualista.

Esse outro eu ganhei do Mauro:



O que eu tenho feito pelo meio-ambiente?

Bom, separo lixo reciclável há anos. Evito pegar toneladas de sacolas plásticas nos supermercados. Procuro não desperdiçar luz nem água.

Esse veio da Srta Lua:



Para cada sentido, escrever a resposta para as perguntas:


Audição: Qual o som que você gosta de ouvir? Músicas (que eu considero boas, claro)
Visão: Qual sua imagem favorita? Neve
Tato: O que você mais gosta de sentir na pele? Água doce
Paladar: Qual seu sabor preferido? brigadeiro e Coca-Cola
Olfato: Qual o cheiro que te faz bem? cheiro de terra úmida.

Dizer qual o sentido que melhor descreve você

Acredito que seja a audição. Quando escuto alguma música, ou algo que desperta lembranças, eu volto no tempo total, chego a sentir o cheiro do lugar.

E esse veio da Lu:



Bom, é isso aí. Em breve postarei mais selinhos!

;)

sexta-feira, outubro 30, 2009

Valores... Que valores?

Uma moça vai pra faculdade com um vestido curto e quase é linxada.

Estamos no Afeganistão? Não!
Estamos na Arábia Saudita? Não!
Estamos no Paquistão? Não!
Estamos.. no BRASIL!

Um país em que sua principal festa é o carnaval, onde mulheres desfilam semi-nuas, onde o turismo sexual ocorre a todo vapor, onde temos o funk, cujos bailes rola putaria a torto e a direito, onde temos as micaretas que nada mais é um puteiro a céu aberto. Não precisamos ir muito longe. Basta irmos em qualquer baladinha que nos deparamos com várias mulheres com roupas muito mais vulgares que as dessa moça, e muitos caras - provavelmente os mesmos que a xingaram de puta - dando em cima insistentemente. Então, qual o problema da garota ir pra aula com um vestido curto? Tudo bem, muitos podem dizer que a roupa é inapropriada para uma universidade, mas creio que isso é um problema dela. A vida de ninguém vai mudar por causa disso. Aliás, alunos protestando por não poder vender pinga em um campus universitário não causou 0,1% da revolta que essa moça conseguiu pelo seu suposto mau gosto em se vestir.

Eu me pergunto que tipo de profissionais teremos no futuro.. Com tantas atitudes horríveis como essas rolando a torto e a direito. É de amedrontar mesmo...

Infelizmente ainda vivemos em uma sociedade machista, atrasada, retrógrada. Melhoramos um pouco, mas temos que evoluir muito ainda como sociedade. Quem sabe um dia né?

quinta-feira, outubro 29, 2009

Lugar de bicho de estimação é em CASA!

Aqui vai um exemplo de que deixar animais de estimação dar uma voltinha na rua é a pior coisa que um dono pode fazer.
Ao deixar seu animal de estimação dar voltinhas na rua, ele corre o risco de sofrer tudo de ruim que vocês imaginam. Podem ser atropelados, podem ser assassinados com requintes de crueldade, podem ser envenenados, podem ser vítimas de tudo de ruim e mais um pouco.
Muitas pessoas tem a visão errada, principalmente quando se trata de gatos, que eles precisam ser livres e andar por aí, e que se viverem presos em casa serão infelizes. Eu posso assegurar que os meus 3 gatos que vivem dentro do meu apartamento são felizes sim. Brincam, dormem, se divertem. Tem alimentação, água, lugar quentinho pra dormir.
Um animal que vive em casa com todos os cuidados necessários podem viver até 15 anos, ou mais.
Pensem nisso antes de deixarem seus animais andarem por aí. É grande a chance de ele não voltar. Ou então, o dono pode ter uma surpresa nada agradável, como a moça da reportagem.

quarta-feira, outubro 28, 2009

Tecla fujona

Eu tinha planejado postar selos e memes hoje. Mas ontem a noite o 'a' do meu teclado resolveu tentar fugir. Só que ele não foi longe, eu consegui capturá-lo. Mas aí vem outro problema: Ele se revoltou e não quer voltar pro lugar... Isso significa que amanhã terei que ir ao Hospital do Notebook pra fazer com que ele receba o tratamento adequado e volte pro lugar.




Assim que resolver isso, postarei os selos e memes ;)

Fui!

domingo, outubro 25, 2009

Balada sem fumacê



A lei estadual anti-fumo já está em vigor há um tempo, mas eu ainda não tinha ido em nenhuma balada desde que a mesma foi posta em prática. Ontem, depois de tanto tempo querendo sair pra dançar, fui à Trash80s, e pude comprovar como é ótimo sair pra dançar sem fumaça a torto e a direito. Já tinha experimentado essa sensação ótima no Canadá e na Inglaterra - lá fumar em locais fechados é extremamente proibido. Em uma das danceterias que eu fui no Canadá, os seguranças portavam spray de água, e ai de quem acendesse um cigarro. Eles iam lá e apagavam mesmo, e vai reclamar pra ver se não te botam pra fora. Não tenho nada contra fumantes, nem teria moral pra isso, visto que já fui uma. Mas confesso que uma das melhores decisões que tomei na minha vida foi parar de fumar. O bolso agradece, o pulmão também. E agora posso voltar pra casa sem estar defumada. Yeah!

Ao contrário do que muita gente afirmou, que as baladas iam 'murchar', a Trash estava lotadíssima! Dancei um monte, me diverti pra caramba. Outra coisa que reparei foi que, sem fumaça de cigarro, o calor fica um pouco menos pior. Claro que climatização de casas noturnas nunca fica frio como deve ser, mas sem fumaça fica suportável até. Ah, e não posso deixar de elogiar aqui o esforço das serventes em deixar o banheiro razoavelmente limpo, e pasmem! Sempre com papel higiênico - coisa que em banheiro feminino é uma desgraça, SEMPRE falta, principalmente depois das 3 da manhã. Só por isso, já merece meus parabéns²!

Agora é boiar bastante pra descansar. E pensar na próxima.. :P

segunda-feira, outubro 19, 2009

Cadê a inspiração...

Nossa.. Acho que a chuva levou minha inspiração. Não aguento mais ver chuva na minha frente. Mas tudo bem, nem vou reclamar muito, porque sei que quando começar aquele calor que eu detesto vou reclamar também.. Então.. Viva a chuva! Pelo menos esfria um pouco!
Outra coisa que eu detesto é esse horário de verão. Todo ano é essa mesma meleca, dias voando e a gente não vendo, e o organismo pastando por uma semana pra se adaptar. Sorte de quem mora no Norte e no Nordeste, que não precisa ficar adiantando relógios por uma hora.

Pra esse post não ficar tão sem graça, deixo aqui o vídeo de uma música que eu adoro! ;)



Vou ver se procuro minha inspiração por aí, e posto algo melhor logo... hehehehe

Fui!

quarta-feira, outubro 14, 2009

Protestos brasileiros, uma piada de mal gosto.

Ler certas coisas me envergonha. Estudantes invadindo um campus universitário por causa de uma proibição de festas (leia-se baderna) vendendo bebidas alcólicas realmente é o fim.
Tudo bem que todos sabemos que o período universitário é regado de festas e mais festas. Agora, fazer baderna no campus universitário não dá. E protestar contra uma norma que organiza as festas muito menos.
E pensar que há alguns anos atrás, estudantes protestavam contra a ditadura.. E que agora a roubalheira come solta e os protestos são pra ter bebedeira em campus universitário. Que vergonha!

quinta-feira, outubro 08, 2009

Tatuagens amedrontadoras

O ser humano sabe ser tosco quando quer. Acho que isso todo mundo sabe. Mas sinceramente, a superação consegue ser cada dia mais emocionante, principalmente quando o assunto é tatuagem. Esse site aqui tem várias delas, são horas se divertindo com a falta de noção total das pessoas (e dos tatuadores também)
Dentre torradas dançantes, Michael Jackson mais deformado do que ele era, animais totalmente borrados... Achei essa mega pérola:



Sim.. Isso mesmo.. Hello Kitty é meu Jesus! Bom, cada um acredita no que quiser, mas... Tatuar uma Hello Kitty vestida de Jesus... É algo MUITO SEM NOÇÃO! Que obviamente já me arrancou algumas gargalhadas aqui!

Photobucket

quarta-feira, outubro 07, 2009

O bolo e as formigas

Lendo um post nesse blog aqui, lembrei de uma situação cômica que passei há alguns bons anos atrás.
Quando morava em casa, tínhamos sérios problema com elas: as formigas. Era um inferno, e não era só no verão, era o ano todo. Pior que na cidade praticamente inteira ouvíamos pessoas reclamando do mesmo problema. E não adiantava dedetizar a casa, elas sempre voltavam. Enfim, acabamos aprendendo a conviver com elas.

Há muitos anos atrás, tinha uma amiga da minha mãe que morava na mesma rua da gente, e que era uma cozinheira de mão cheia. Tudo que ela fazia era delicioso, principalmente os doces. Bolos, brigadeiros, tortas, tudo. Era divino! Eis que um dia, ela convidou eu e minha mãe para o aniversário de um dos filhos dela. Claro que fomos, imagina, comer todas aquelas delícias nham! Fomos na festa, e antes de ir embora, ganhamos um pedação do bolo de chocolate que ela havia feito. Já tinha comido um monte do tal bolo, mas é claro que não disse ''não''. Levamos o mega pedaço de bolo pra casa. Como o tempo estava frio, deixamos inocentemente o bolo em cima da mesa, pois pensamos que não teríamos problemas por causa do frio. Acordei no dia seguinte louca por um pedaço do bolo maravilhoso de chocolate, e quando chego na cozinha... Não tinha NADA! Só uns farelos, e toneladas de formigas em cima dele! Em uma noite, as formigas simplesmente sequestraram meu bolo todo, e não sobrou nadica de nada!

Depois daquela, aprendemos a lição. TUDO na geladeira. Foi trágico, mas também foi cômico! Ainda bem que hoje moro no décimo andar, e raramente aparecem formigas por aqui. UFA!

terça-feira, outubro 06, 2009

É complicado...

Se eu, morando aqui em São Paulo, derrubar uma árvore mesmo que a mesma esteja destruindo minha casa, é capaz de eu ser processada, e pior, ir pra cadeia.

Mas o MST pode tudo. Invadem terras produtivas, tocam o terror, matam animais, derrubam centenas de árvores, fazem um monte de merda. E claro, com eles não acontecem nada, pois são bandidos blindados pelo governo.

Invadir as terras improdutivas dos políticos eles não querem, afinal, são gente da mesma laia deles. Só invadem e destróem terras produtivas. Afinal, ninguém quer trabalhar mesmo né. Quando ganham terras vendem, e voltam pros acampamentos. Gente dessa laia não vive sem bandidagem.

Até acredito que existem poucas pessoas ali que realmente lutam pelo seu pedacinho de terra. Acredito que no começo do movimento, a causa era nobre. Mas hoje em dia já perdeu o foco faz muito tempo, mas só o governo não vê isso. Aliás, o que se esperar de um governo na qual rasga e limpa a bunda com a Constituição Federal o tempo todo?

Qualquer país sério já teria dado um jeito nessa corja. Mas infelizmente pelo andar da carruagem, isso não vai ter fim nunca, e pelo que estamos vendo por aí, a tendência é piorar.

Mas pra que se preocupar com isso mesmo né? Deixem eles destruírem árvores e matarem animais a vontade. Afinal de contas, a Copa do Mundo e as Olimpíadas serão no Brasil! Pão e circo total!

Se o povo brasileiro fosse patriota na hora de votar e reivindicar seus direitos como é na hora de jogo da seleção brasileira...

domingo, outubro 04, 2009

Hoje o dia não foi tão legal

Depois de meses estudando pra uma prova de concurso, me ferrei na maldita matemática. E ainda por cima, peguei uma gripe 'maravilhosa', daquelas que faz igual à música do Balão Mágico: Ai meu nariz.. ai meu nariz.. ele parece muito mais um chafariz!

Mas poderia ser pior. Eu poderia ter um nome esquisito que nem o do cidadão abaixo:



Será que isso é de verdade mesmo? Me pergunto o que leva alguém a botar um nome bizarríssimo desse no filho.. :P.

Boa semana a todos. Em breve volto com a programação normal do Blog. Se a gripe deixar.

quarta-feira, setembro 30, 2009

Mais uma bizarrice do youtube!

Eu nem vou comentar isso.. Vejam o vídeo e tirem suas próprias conclusões:



Agora fica a pergunta: O que leva alguém a ser tão tosco? ahahahahahaha!!!!! #FAIL total!!!


* Vídeo visto pela primeira vez nesse blog aqui, via Twitter.

O Brasil e seus paradoxos

Conseguir emprego no Brasil pode ser uma via sacra, principalmente pra quem tem mais de 40 anos. Muitas das vagas querem que você tenha milhões de anos de experiência profissional, mas que seja novinho, afinal, quem tem 40 anos pra maioria dos empregadores, já está velho. E isso é um verdadeiro paradoxo, pois é exigido cada vez mais cursos, visto que faculdade não te garante mais nada. Mas esses cursos demandam tempo. Mas ao mesmo tempo que deve-se ter mil especializações, deve-se ter pouca idade. Como se não bastasse isso, existem outros pequenos probleminhas:

Se estamos respondendo algum processo, seja ele qual for, não arranjamos emprego, e nem podemos assumir cargo ou emprego público.

Se estamos com o nome do SPC ou SERASA, mesmo que indevidamente, (as operadoras de telefonia são mestres em mandar nomes pros serviços de proteção de crédito indevidamente) não conseguimos emprego nem com macumba braba.

Agora me diz por que nossos digníssimos políticos podem se candidatar, e assumir cargos estando respondendo processos ou condenados?

Photobucket

terça-feira, setembro 29, 2009

Pode uma lei obrigar alguém a amar?

Hoje, assistindo ao Jornal Hoje, me deparei com a notícia de um projeto de lei querendo obrigar pais a darem atenção aos filhos. Realmente é um assunto delicado. Sou totalmente a favor do pai pagar pensão alimentícia aos filhos, e claro que sou contra homens que saem por aí fazendo filho a torto e a direito e depois bye bye.
Mas por outro lado... pode uma lei obrigar alguém a amar? Uma coisa é obrigar alguém a reconhecer o filho, pagar uma pensão, e pelo menos fazer com que a criança tenha um nome na certidão. Isso é o suficiente? Provavelmente não. Mas daí a mandar pra cadeia uma pessoa por não amar, não dar atenção, ou não querer saber, aí já acho demais.

Coincidentemente, esse tipo de lei sem sentido aparece bem em época que se começa a falar de eleições. Ao invés de ser proposto uma reforma séria no nosso Código Penal, pra lá de ultrapassado, ou pelo menos começarem a pensar em uma reforma no nosso sistema carcerário, que é claramente uma mega violação de qualquer direito humano, e obviamente não recupera ninguém. Mas é claro que nisso ninguém mexe. (#ironicmodeON) É muito trabalho, e nossos políticos já trabalham demais, eles estão muito cansados. Preferem em vez em quando mandarem projetos de lei sem sentido, e pior, pra lotar mais ainda nossas já super lotadas cadeias. (#ironicmodeOFF)

Nenhuma lei do mundo vai obrigar pessoas a amarem outras, mesmo que estas sejam seus filhos. Infelizmente essa é a realidade. Deveria ser assim? Não. O ideal é que pais tenham filhos, e os criem com dignidade, mas não é isso que vemos por aí. Enquanto as pessoas não tiverem consciência de se prevenir, ao invés de saírem por aí fazendo filhos a torto e a direito, infelizmente vai continuar assim. E isso vale tanto para mulheres quanto para homens. Pode-se fazer leis e mais leis. Mas nenhuma delas remediará a inconsequência das pessoas.

quarta-feira, setembro 23, 2009

Punição correta ou exagero?

Punição a aluno que pichou escola logo após mutirão de pintura gera polêmica em cidade do Rio Grande do Sul

Bom, eu vi o vídeo ontem no Jornal Hoje, e sinceramente? Não vi nada demais. Eu achei corretíssima a atitude da professora sim. É de cedo que se aprende limites. É claro que limites se aprende em casa, mas infelizmente hoje em dia não é bem isso que vemos. O que vemos é exatamente isso: pais defendendo os filhos até embaixo d'água, e não os ensinando a ter limites. É uma pena, pois se os pais não dão, a vida vai dar lá na frente, e geralmente da pior maneira possível.

Não tem nada mais desanimador do que uma comunidade fazer um trabalho desses, pintar toda a escola, deixar tudo limpinho, pro guri simplesmente chegar lá e pichar tudo. Nada mais justo do que ele limpar!

Além do que, quem expos o garoto nem foi a professora propriamente dita, e sim um aluno da mesma sala, que filmou com o celular e colocou na net. Isso ninguém fala. A professora somente fez a sua parte, isto é, o puniu por ter feito algo errado. Ela não o agrediu, não utilizou de palavras de baixo calão, não bateu. Sinceramente, se sentir ofendido por causa de um 'bobo da corte', ah, conta outra vai. Sem comentários!

Está na hora de pararmos de passar a mão na cabeça de alunos como se eles fossem santos, e os professores carrascos. Uma coisa é agredir. Outra é punir. E o caso acima com certeza foi uma punição mais do que merecida.

terça-feira, setembro 22, 2009

Quero caixinhas de leite menores!

Hoje em dia, com o aumento do número de pessoas morando sozinhas, as indústrias abriram o olho pra um novo tipo de consumo: de comida para quem mora sozinho. Quando eu era criança, era difícil achar embalagens menores de diversos produtos, mesmo porque naquela época era normal as pessoas saírem de casa casadas, e logo terem filhos, não compensando tais embalagens. Mas hoje em dia isso mudou. Cada vez mais pessoas moram sozinhas, e prezam pela praticidade. Pode-se achar tudo em embalagens menores hoje em dia, mas existe algo que ainda não foi adaptado, pelo menos nunca vi aqui no Brasil para vender: caixinhas com menos de um litro de leite. Uma coisa que me chamou atenção quando estive tanto no Canadá, quanto na Inglaterra é poder comprar mini caixinhas de leite. Existem caixas, ou garrafinhas com até 250 ml de leite, o que é uma boa pra quem toma pouco, mas gosta em vez em quando de um achocolatado, como é o meu caso. Eu não tomo leite. Mas, esporadicamente, gosto de achocolatado, e pra isso, obviamente preciso do leite. Aí é que vem o problema. Só tem caixas de um litro de leite, que mesmo sendo longa vida, após aberto, tem sua vida diminuída pela metade, caso não seja consumido logo. E isso já me fez jogar alguns litros de leite fora por causa disso. Claro, eu tento ao máximo acabar com a caixa de leite rápido, mas tem hora que não tenho vontade de tomar, e aí como eu faço? Tem vezes que acabo abrindo mão do meu Nescau esporádico pra evitar jogar o leite fora. Aí vem a pergunta: qual o motivo de não ter caixinhas com menos de um litro de leite para vender? Se tem tantas coisas em embalagens mini, seria interessante se tivesse o bendito do leite também!

sexta-feira, setembro 18, 2009

Números e mais números...

Finalmente o Brasil resolveu dar um passo a frente em matéria de identificação civil, e está lançando o Registro Único. Hoje em dia nosso sistema de identificação é uma zona. Nossa carteira de identidade é tão ridícula, que qualquer Zé Mané da esquina falsifica. Isso sem contar que não temos nada integrado. Uma pessoa pode tirar RGs em vários estados brasileiros, e todos eles serão válidos, pois cada estado tem seu banco de dados individual. E é claro que pra fraudes isso é um prato cheio.

Outro agravante é o fato de termos trocentos tipos de documentos diferentes. Temos o Registro Geral - que em cada estado é diferente. Temos o Cadastro de Pessoas Físicas, que na minha opinião é o mais importante, pois sem ele não fazemos praticamente nada no Brasil. Temos Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação, dentre outros trocentos números. E haja cérebro pra decorar tudo isso.

Na minha humilde opinião, deveríamos ter um número só. Nasceu? Já na certidão ganha o número. Morreu? Ao registrar o óbito, automaticamente seria dado baixa no número. Acredito que essa seria a maneira mais prática de se evitar fraudes, principalmente em matéria de pensões recebidas indevidamente, uso de documentos de pessoas falecidas para obter vantagens, dentre outros problemas a mais.

Mas tudo bem. Já demos um passo importante com o Registro Único. Finalmente teremos um documento de identificação decente. Já não era hora!

segunda-feira, setembro 14, 2009

Mais uma na multidão

Uma das coisas que eu mais curti quando me mudei pra São Paulo, foi a sensação de ser uma anônima. Mais uma na multidão. Muitos criticam aqui pelo fato dos vizinhos não estarem nem aí pra gente. Na verdade, Sampa é uma cidade muito corrida, e acredito que grande parte das pessoas tem mais o que fazer do que ficar bisbilhotando a vida alheia.
Moro há um ano e dois meses nesse prédio. São quatro apartamentos por andar, e só vi o cara que mora ao lado umas 3 vezes no máximo. Os da frente estão vagos. A moça que morava em frente, acho que a vi também umas 2 vezes antes dela se mudar. Meu relacionamento com os moradores do prédio se resume aos educados ''bom dia, boa tarde, boa noite'', e em vez em quando umas palavras a mais. Algumas pessoa que moram em cidades menores acham isso horrendo, uma frieza total, mas sinceramente? Eu amo!
Eu vim de um lugar onde os vizinhos sabiam até quantas vezes eu respirava por dia. Era um inferno. Chegava em casa, nem tinha saído do carro direito, e lá vinha a vizinha fofoqueira contar todos os mínimos detalhes de todo mundo que eu nem fazia questão de saber. E não adiantava cortar. No dia seguinte a infeliz vinha de novo. Aquela rua era uma fofocarada infernal, acho que aquele povo não trabalhava, ou sei lá o que fazia da vida. E tinha também uma mala sem alça que se achava a dona da minha casa, e aparecia sempre quando achava que deveria aparecer, sem nem perguntar se nós estávamos afim de receber visitas. Isso sem contar no povo vigiando a gente. Depois que meu pai faleceu então, estava me sentindo num Big Brother. Até o fato de eu e minha mãe comprarmos uma garrafa de vinho num supermercado da cidade já era motivo pra fofoca. Enfim, um ânus bem borrado.
É óbvio que eu gosto de sair, curtir meus amigos, ver gente, conhecer pessoas. Mas tudo na vida tem limites, e minha privacidade eu defendo com unhas e dentes.
Quando me mudei pra cá me senti no paraíso. Não faço questão de vizinho 'amiguinho', não faço questão de visitas surpresa, não faço questão de ser vigiada por aí por um bando de fofoqueiros que não tem o que fazer. Aqui tenho meus amigos, mas na rua sou mais uma na multidão. No prédio onde eu moro sou mais uma no meio de tantos condônminos. Pra mim essa é uma sensação muito boa!

terça-feira, setembro 08, 2009

Até onde vai a estupidez humana

Uma mulher é presa no Sudão.

Ela roubou? Não!
Ela assaltou? Não!
Ela matou alguém? Não!

Ela... estava usando calça comprida!

Siiiiiiim, isso mesmo que vocês leram. No Sudão, mulher que usa calça comprida é considerado indecente e merece chicotada ou prisão.



Aí eu me pergunto. Até onde vai a ignorância humana? Em nome de 'Deus', usam suas crenças religiosas deturpadas para cometer essas atrocidades. Em nome de 'Deus' se mata, degola, explode, mutilam as pessoas, fazem lavagem cerebral, dentre outras coisas a mais. Não tenho nada contra nenhuma religião. Mas se as pessoas se preocupassem mais em exercer a fé propriamente dita em vez de deturparem as coisas, muitos problemas seriam evitados. Mas o ser humano nunca aprende, e acho que nunca aprenderá...

Deprimente!

sexta-feira, setembro 04, 2009

Vale a pena ser professor no Brasil?

Cada dia que passa fico mais estarrecida em ver como aumentou o número de agressões de alunos para com professores por aqui. E pior, muitas vezes com o aval dos próprios pais! Isso é o que mais me impressiona.. Como no caso dessa reportagem aqui. O aluno entrega a prova em branco, o professor chama a atenção e leva um soco. Como se não bastasse isso, o colega do professor que o acompanhou na delegacia também foi agredito. Pelo aluno? Não! Pelo pai do aluno! Eu imagino a belíssima educação que esse adolescente tem em casa com um pai desses.

Notícias sobre agressões de alunos e pais de alunos a professores pipocam toda hora na internet e na televisão. E eu me pergunto: o que está sendo feito para melhorar a relação aluno-professor?

Acredito que uma parte do problema vem de casa. Hoje em dia pais não tem mais paciência de educar filhos. Os de classe alta/média jogam os filhos no colégio com a premissa de que estão pagando pra isso. Os de classe baixa tem um filho atrás do outro, e usa escola como depósito de crianças. Ninguém mais dá limites. Parece que muitos pais querem compensar o fato de trabalharem muito dando tudo pra eles e esquecendo de dizer não. E o resultado disso são crianças sem limites, que acham que se em casa podem tudo, na escola também.

Por outro lado, o governo não faz a sua parte. Grande parte das escolas públicas encontram-se sucateadas, com profissionais extremamente mal pagos, sem material, sem infra-estrutura, sem nada. As dinâmicas das aulas são chatas, não por má vontade do professor, que muitas vezes faz das tripas coração para tentar dar uma aula mais atraente. Mas por falta de estrutura total. No mundo de hoje, com tanta tecnologia, e com as mudanças na sociedade é difícil acreditar que na maioria das escolas, suas aulas se resumem a ''cuspe e giz''. Isso quando existe sala de aula. Em algumas cidades do interior do norte e nordeste do país, alunos tem que assistir aulas em baixo de árvores. Um horror total! Isso com certeza não prende a atenção dos alunos, o que faz com que eles percam o interesse na escola.

As escolas particulares conseguem se sair melhor, por causa de suas mensalidades caras, e por investir mais na infra-estrutura. Mas aí vem o outro lado da moeda. Muitos professores reclamam de ter que ouvir a máxima ''eu estou pagando seu salário, então cala a boca'' dentre outras idiotices. Chamar atenção de aluno? Deus me livre! Aí acontece que nem aconteceu com o professor citado no início da reportagem: leva um soco na cara do aluno, e quase apanha do pai também.

As escolas particulares expulsam o aluno. As públicas simplesmente transferem os alunos. Resumindo: somente transferem o problema, ou se livram dele, e não resolve nada.

A consequência disso tudo é óbvia: cada vez menos pessoas querem seguir carreira no ensino. Já há um déficit de professores de Matemática, Biologia, Química, Geografia. Ninguém mais quer dar aula. Muitos por medo. Muitos pelos salários baixos. E assim, nossa educação vai cada vez mais indo pro brejo. Será que um dia isso vai mudar?

Fica a pergunta no ar...

O Poder Virtual

Frequento a internet exatamente desde novembro de 1996. E desde aquela época até hoje, o tal poder virtual é algo que continua com tudo.

Mas o que seria exatamente o poder virtual? No Chat do UOL não existia muito disso, mas quando passei a frequentar o IRC, percebi que certas funções geravam status. E pior, isso subia a cabeça de certas pessoas. Ser operador de um canal grande era motivo de todo mundo ficar lambendo o fiofó da pessoa. Ser IRCOP então nossa!! Era um tal de se achar Deus que era impressionante! E pior que os caras levavam isso a sério. Com direito a ameaças de banir caso não fizessem o que eles queriam, dentre outras coisas ridículas por aí. Muitas vezes o cara na vida real era o maior banana, mas chegava no IRC com seu status de OP ou IRCOP, virava o rei!

O tempo foi passando, o IRC foi caindo em desuso, e surgiu o orkut. Aí o tal poder virtual passou pros donos de comunidades. Ser dono de uma comunidade grande era motivo de orgulho. Além disso, quanto mais amigos, mais status. Aí vinham aberrações como abrir o orkut e dar de cara com um monte de gente que nunca vi na minha vida querendo ser meu amiguinho. Só pra dizer que tinha mil amigos.

Agora, a onda da vez é o Twitter. E mais uma onda de poder virtual chegou: a quantidade de followers. Eu entrei no Twitter por pura curiosidade, isso uns dois anos depois de um amigo meu ficar falando pra eu entrar porque era legal. Por fim entrei. Tem dias que nem posto, fico só observando o pessoal que eu sigo. É um tal de ''Faltam tantos pra 10 mil seguidores!! me ajuuudemmm''. Gente, qual é o intuito disso? Só pra dizer que tem trocentos seguidores (muitos deles estão nem aí pro que vc escreve). Uma coisa é você indicar pessoas que vc acha interessante como uma dica, outra coisa é ficar desesperado caçando seguidores por aí. Eu sempre achei essa atitude tão sem noção!

Há uns meses atrás, um amigo veio falar comigo no msn dizendo que havia ressucitado a Rede Sul, a rede de IRC que mais frequentei no passado, e me convidou pra entrar. Achei a idéia interessante e acabei topando. E fiquei surpresa ao constatar que.. As brigas por poder continuavam as mesmas!!! Impressionante!!!

Por fim, as manias da internet passam.. mas o poder virtual continua sendo bem sedutor.. Vamos ver qual será a nova moda daqui a pouco..

segunda-feira, agosto 31, 2009

Pra começar a semana rindo.

Quando a gente pensa que não pode piorar, piora. O Youtube realmente é o site que reúne as maiores tosqueiras e bizarrices que os seres humanos são capazes.. Esse vídeo aqui eu achei vasculhando o orkut:



A cara do apresentador já é uma figura total.. Assistam até o final e vejam a que ponto a viagem na maionese chega. Tosquérrimo.. Mas me rendeu ótimas gargalhadas no fim de semana. Photobucket

Boa semana a todos! \o/

quinta-feira, agosto 27, 2009

A modernidade e as pessoas sem noção.

Lá na década de 90, quando a telefonia celular finalmente chegou no Brasil, os celulares serviam somente para uma coisa: telefonar. Aliás, digo.. mal e porcamente telefonar, pois além das tarifas serem caríssimas, quem recebia também pagava a ligação, sem contar que o sinal era uma bela porcaria.
O tempo foi passando, chegou a privatização, com ela a concorrência. Finalmente o sinal analógico foi dando lugar à tecnologia digital. Aos poucos foram surgindo celulares com joguinhos.. câmera.. com rádio.. tocador de mp3.. E hoje em dia as pessoas usam o celular mais pra postar no twitter, tirar foto, escutar música do que pra.. telefonar!
Até aí tudo bem, e viva a tecnologia. Mas infelizmente, pessoas sem educação e noção de boa convivência não sabem lidar com ela. Aliás, acho que a maioria nunca ouviu falar de algo super útil para quem curte escutar música em trens, ônibus, metrô, ou até mesmo na rua: o fone de ouvido. Esse objeto tão útil que faz com que você escute sua música (ou poluição sonora) numa boa, sem incomodar ninguém. Mas não. Elas fazem questão de compartilhar com todo mundo que tá no transporte público seu gosto musical sofrido (desculpe quem curte, mas eu não considero Axé, funk, Calypso e derivados música, nada pessoal). E fazem questão de botar bem alto! Não se é uma vontade imensa de mostrar pra todo mundo o celular recém comprado em 36 vezes nas casas Bahia, ou se realmente acha que todo mundo tem a obrigação de achar suas músicas o máximo. Outra vez, fui pra Sorocaba visitar meu avô e tinha um infeliz sentado não sei em que banco, escutando funk na maior altura durante a viagem toda. Sinceramente, tem horas que eu queria ter poderes paranormais, e fazer aquele celular voar longe... e o infeliz também.
Quer escutar música? Seja ela qual for.. Use fone de ouvido! Tão fácil! Infelizmente esse povo sem noção pelo visto não vai se tocar nunca..
E pra quem pensa que isso é exclusividade da fuleiragem do Brasil.. NÃO! Existe esse tipo de fuleiragem na Inglaterra também! Só que lá não é funk, e sim aqueles gansta rap horrendos.. Acho que eles lá também não sabem da existência do fone de ouvido...

sábado, agosto 22, 2009

Tem banda que é melhor continuar só no estúdio...

Acredito que não é segredo pra ninguém o fato de eu ser mó fã de música dos anos 80 e 90. De todas as bandas que marcaram essa década, destaco o Information Society. Curti, e continuo curtindo muito suas músicas, principalmente por me fazer lembrar momentos ótimos da minha vida. Quando vi o anúncio de que eles viriam ao Brasil, até pensei em ir. Afinal, seria a chance de poder assistir ao vivo uma das bandas que mais escutei na minha adolescência. Por motivos que nem eu sei explicar direito, acabei não indo. E esqueci do assunto.
Eis que, há um tempo atrás uma amiga minha veio me perguntar se eu tinha assistido à eles tocando no Faustão. Disse que não, e ela me mandou alguns vídeos no youtube da apresentação deles. Gente, o que era aquilo? O vocalista com aquela cara de réu, cantando pior que uma taquara rachada, sem carisma nenhum. Aliás, o vídeo em si é uma caricatura, vejam por vocês mesmos:



Sinceramente não sei o que é pior. O Faustão falando suas merdas usuais, o doido do Kurt 'cantando' com toda a 'boa vontade' do mundo.. ou aqueles dançarinos totalmente fora de órbita. Tudo bem que Faustão é fim de carreira, quanto a isso não é preciso comentar. Agora putz, nunca imaginei que eles se apresentassem tão mal assim!
Sinceramente, tem banda que não devia se aventurar ao vivo. Devia continuar em estúdio, afinal, fazer apresentações não é pra qualquer um. Só sei que.. ainda bem que eu não fui. Pagar caro pra assistir à isso... prefiro ficar em casa mesmo!

terça-feira, agosto 18, 2009

E a história se repete...

Mais uma vez prenderam ladrões de carga na Rua 25 de Março. Não é a primeira, nem vai ser a última vez que esses bandidos roubarão. Todo mundo xinga, fala bem feito, acha um horror eles fazerem isso. Eu também concordo. Aliás, sou a favor de pegar pesado mesmo contra essas pessoas, pois além de gerar concorrência totalmente desleal com lojas que pagam seus impostos e geram empregos, concorre deslealmente com as mercadorias da loja roubadas! Enfim, a mídia fala sobre um lado da história, mas se esquece do outro, que na minha opinião é mais sombrio: quem sustenta esses crimes. E quem mais poderia ser? Os compradores, claro! Assim como o tráfico de drogas existe porque existem compradores, os roubos não só na Rua 25 de Março, mas também nas estradas do Brasil são incentivados pelos compradores. Afinal, comércio que não tem compradores fecha não é mesmo?
Mas aí o carinha 'espertinho' vai dizer. 'Ah, mas na loja é mais caro, no camelô é mais barato'. Só que na loja, os impostos são pagos, os vendedores são registrados em carteira, o que gera mais gastos. O mesmo vale praqueles carinhas que vendem 3 barras enormes de chocolate por 1 real no trem. Alguém aqui acredita que aqueles chocolates são conseguidos honestamente? Legal, agora conta a do Coelhinho da Páscoa.
Infelizmente essa quadrilha que foi presa logo logo estará nas ruas. A justiça brasileira é uma piada, e logo logo mandará soltá-los. E eles voltarão a cometer o mesmo crime, pois os espertinhos que acham legal comprar mais barato em barraquinhas de camelô continuarão incentivando esse crime. E claro, quem tem suas lojas, paga toneladas de impostos, continuarão se ferrando pra tentar trabalhar. E assim a vida vai andando.. Aí reclamam do Sarney.. Pois é.

quinta-feira, agosto 13, 2009

É isso aí...




Gente, vamos combinar... Só agora 'descobriram' as falcatruas do Sr Edir Macedo e compania? Tá bom.. Agora conta a do Papai Noel.
Não vou entrar no assunto de religião aqui, pois cada um tem a sua, e discutir sobre isso é dar murro em ponta de faca. Cada um acredita no que quer e ponto final.

Mas que essa guerrinha entre Globo e Record tá ridícula, ahhh isso tá. Ali é o sujo falando do mal lavado. Eles que se matem lá. Prefiro ficar na internet, assistir meus DVDs ou ler um livro.

E vamos que vamos...

terça-feira, agosto 11, 2009

Existe justiça no Brasil?

Um país em que pobre rouba margarina e vai preso, e rico que mata namorada pelas costas (Caso Pimentta Neves) está solto, mesmo sendo condenado pela justiça. Sim, infelizmente, no Brasil quem tem dinheiro não vai preso. Pode matar, roubar, estuprar, enfim, fazer o que for. Mas fica solto. Acredito que a única exceção foi o caso da Suzane Richthofen, devido ao clamor popular enorme.

Eu fico muito triste em saber que a justiça no meu país é uma merda. Amo o Brasil, não tenho planos de ir embora daqui, mesmo com todos os seus defeitos. Mas me entristece muito assistir à reportagens como essa:



Jovem que atropelou dois adolescentes em São Paulo está solto


O cara claramente atropelou com intenção de matar duas pessoas. Está lá, claramente no vídeo. Mas o cara de pau do advogado diz que não, que o cliente dele não viu nada. E pior, o juíz ACEITOU o pedido de habeas corpus. Isto é, o cara se apresentou à polícia, deu depoimento, e continua.. SOLTO!! Mesmo atropelando duas pessoas, matando uma e deixando outra em estado vegetativo. ELE ESTÁ SOLTO! Aí alguns dizem, tudo bem a lei permite. Mas nem tudo que a lei permite é justo. Cadê o bom senso?

Será que num dia nossa justiça poderá ser chamada realmente de JUSTIÇA? Eu ainda tenho esperanças, por mais descrente que estou.. Mas a dita cuja está agonizando...

***** EDIT *****

Não pude deixar de editar esse post pra postar sobre O suspeito preso de matar a médica na Bahia
. O cara responde por vários processos por estupro e roubo. Estava preso. Aí vem a pergunta.. O que que o coitadinho tava fazendo na RUA? Foi solto com essa palhaçada de indulto de dia dos pais. Ridículo! Aí aproveitou pra assassinar mais alguém. Como se não bastasse vários bandidos que não vão pra cadeia, os que vão estão por aí, soltos por causa dessas palhaçadas de indulto de dia das mães, natal, ano novo e bla bla bla. Não tem como não se revoltar com isso PQP!!