domingo, dezembro 24, 2006

Natal é uma época engraçada.
Eu acho que sou uma pessoa um pouco ET nesses quesitos, pq ao contrário do que a maioria das propagandas falam sobre o Natal (alegria, amor, confraternização e bla bla bla), eu acho que o Natal é uma das datas mais falsas que existem.
Jesus? Ninguém nem lembra dele. As pessoas sentem uma obrigação enorme de compra presente até praquele familiar de anos luz de distância de parentesco. As pessoas se endividam todas, o comércio vira uma loucura, shoppings e ruas ficam lotadas de um jeito que vc não consegue nem respirar direito. Aí a pessoa se endivida, e fica o ano inteiro pagando a pendura do Natal. Isso quando consegue pagar.. hehehehe
Aquele vizinho que quer mais que você tome no cu o ano inteiro vem todo feliz te dar um abraço de feliz natal. Aquela tia falsa que fofoca de você o ano inteiro chega toda querida na ceia. Aquele filho desnaturado que sacaneia a mãe até não poder mais vem todo cheio de alegria dando presentinhos e abraços nela. Aquele marido fdp que bate na mulher esquece tudo e vem cheio de amor pra dar. E no dia seguinte da ceia, já esqueceram isso tudo, e já voltam ao estado antigo, isto é, o vizinho quer mais que vc continue tomando no cu, a tia fofoqueira fofoca o triplo, o marido fdp volta a espancar a mulher e o filho volta a querer que a mãe se ferre. Divertido né?
Não me interpretem mal, não tenho ódio mortal peloo natal. Claro que é bom ganhar presente, e dar presentes também. Mas eu dou presentes pra quem eu acho que realmente merece, isto é, alguns poucos amigos e minha família - que se resume a meus pais somente, já que sou filha única. Não me sinto na obrigação de distribuir presentes pra rua inteira por exemplo, e não tenho nenhum peso na consciêndia por causa disso.
O que eu acho sem sentido é essa loucura que ronda essa data, que aliás, não é nada mais do que uma data criada pelo homem, visto que provavelmente Jesus nem nasceu no dia 25 de Dezembro. E viva as dívidas... hehehehehehe

See Ya!

Photobucket - Video and Image Hosting Century - Lover Why

sexta-feira, dezembro 15, 2006

Ultimamente a criatividade anda em baixa, como vocês devem ter reparado. Mas mesmo assim, resolvi atualizar meu blog hoje com essa singela oração que eu recebi via email:


ORAÇÃO

Pelo projeto político do deputado Clodovil
Pelo "espetáculo do crescimento" que até hoje ninguém viu
Pelas explicações sucintas do ministro Gilberto Gil
Senhor, tende piedade de nós

Pelo jeitinho brejeiro da nossa juíza
Pelo perigo constante quando Lula improvisa
Pelas toneladas de botox da Dona Marisa
Senhor, tende piedade de nós

Pelo Marcos Valério e o Banco Rural
Pela casa de praia do Sérgio Cabral
Pelo dia em que Lula usará o plural
Senhor, tende piedade de nós

Pelo nosso Delúbio e Valdomiro Diniz
Pelo "nunca antes nesse país"
Pelo povo brasileiro que acabou pedindo bis
Senhor, tende piedade de nós


Pela Cicarelli na praia namorando sem vergonha
Pela Dilma Rousseff sempre tão risonha
Pelo Gabeira que jurou que não fuma mais maconha
Senhor, tende piedade de nós

Pela importante missão do astronauta brasileiro
Pelos tempos que Lorenzetti era só marca de chuveiro
Pelo Freud que "não explica" a origem do dinheiro
Senhor, tende piedade de nós

Pelo casal Garotinho e sua cria
Pelos pijamas de seda do "nosso guia"
Pela desculpa de que "o presidente não sabia"
Senhor, tende piedade de nós

Pela jogada milionária do Lulinha com a Telemar
Pelo espírito pacato e conciliador do Itamar
Pelo dia em que finalmente Dona Marisa vai falar
Senhor, tende piedade de nós

Pela "queima do arquivo" Celso Daniel
Pela compra do dossiê no quarto de hotel
Pelos "hermanos compañeros" Evo, Chaves e Fidel
Senhor, tende piedade de nós

Pelas opiniões do prefeito César Maia
Pela turma de Ribeirão que caía na gandaia
Pela primeira dama catando conchinha na praia
Senhor, tende piedade de nós


Pelo escândalo na compra de ambulâncias da Planam
Pelos aplausos "roubados" do Kofi Annan
Pelo lindo amor do "sapo barbudo" por sua "rã"
Senhor, tende piedade de nós


Pela Heloisa Helena nua em pêlo
Pela Jandira Feghali e seu cabelo
Pelo charme irresistível do Aldo Rebelo
Senhor, tende piedade de nós


Pela greve de fome que engordou o Garotinho
Pela Denise Frossard de colar e terninho
Pelas aulas de subtração do professor Luizinho
Senhor, tende piedade de nós


Pela volta triunfal do "caçador de marajás"
Pelo Duda Mendonça e os paraísos fiscais
Pelo Galvão Bueno que ninguém agüenta mais
Senhor, tende piedade de nós

Pela eterna farra dos nossos banqueiros
Pela quebra do sigilo do pobre caseiro
Pelo Jader Barbalho que virou "conselheiro"
Senhor, tende piedade de nós

Pela máfia dos "vampiros" e "sanguessugas"
Pelas malas de dinheiro do Suassuna
Pelo Lula na praia com sua sunga
Senhor, tende piedade de nós

Pelos "meninos aloprados" envolvidos na lambança
Pelo plenário do Congresso que virou pista de dança
Pelo compadre Okamotto que empresta sem cobrança
Senhor, tende piedade de nós


Pela família Maluf e suas contas secretas
Pelo dólar na cueca e pela máfia da Loteca
Pela mãe do presidente que nasceu analfabeta
Senhor, tende piedade de nós

Pela invejável cultura da Adriana Galisteu
Pelo "picolé de xuxu" que esquentou e derreteu
Pela infinita bondade do comandante Zé Dirceu
Senhor, tende piedade de nós

Pela eterna desculpa da "herança maldita"
Pelo "chefe" abusar da birita
Pelo novo penteado da companheira Benedita
Senhor, tende piedade de nós

Pela refinaria brasileira que hoje é boliviana
Pelo "compañero" Evo Morales que nos deu uma banana
Pela mulher do presidente que virou italiana
Senhor, tende piedade de nós

Pelo MST e pela volta da Sudene
Pelo filho do prefeito e pelo neto do ACM
Pelo político brasileiro que coloca a mão na "m"
Senhor, tende piedade de nós


Pelo Ali Babá e sua quadrilha
Pelo Gushiken e sua cartilha
Pelo Zé Sarney e sua filha
Senhor, tende piedade de nós

Pelas balas perdidas na Linha Amarela
Pela conta bancária do bispo Crivella
Pela cafetina de Brasília e sua clientela
Senhor, tende piedade de nós

Pelo crescimento do PIB igual do Haití
Pelo Doutor Enéas e pela senhorita Suely
Pela décima plástica da Marta Suplicy
Senhor, tende piedade de nós


Por fim :
Para que possamos festejar juntos os próximos natais
Senhor, dai-nos a paz


Dezembro 2006

domingo, dezembro 10, 2006

A ARTE DE ESCREVER
(recebi via email)



NO DOUTORADO:

O dissacarídeo de fórmula C12H22011, obtido através da fervura e
evaporação de H2O do líquido resultante da prensagem do caule da
gramínea Saccharus Officinarum Linneu, 1758, isento de qualquer outro
tipo de processamento suplementar que elimine suas impurezas, quando
apresentado sob a forma geométrica de sólidos de reduzidas dimensões e
arestas retilíneas, impressiona favoravelmente as papilas gustativas e
apresenta considerável resistência a modificar suas dimensões.

NO MESTRADO:

A sacarose extraída da cana de açúcar, que ainda não tenha passado pelo
processo de purificação e refino, apresentando-se sob a forma de
pequenos sólidos tronco-piramidais de base regular, impressiona o
paladar, porém não altera suas dimensões lineares ou suas proporções
quando submetida a uma tensão axial.

NA GRADUAÇÃO:

O açúcar, quando ainda não submetido à refinação e, apresentando-se em
blocos sólidos de pequenas dimensões e forma tronco-piramidal, tem sabor
deleitável, todavia não muda suas proporções quando sujeito à
compressão.

NO ENSINO MÉDIO:

Açúcar não refinado, sob a forma de pequenos blocos, tem o sabor
agradável do mel, mas não muda de forma quando pressionado.

NO ENSINO FUNDAMENTAL:

Açúcar mascavo em tijolinhos tem o sabor adocicado, mas não é macio e
nem flexível.

NA SABEDORIA POPULAR:

Rapadura é doce, mas não é mole não!


Photobucket - Video and Image Hosting Ultravox - The Voice

terça-feira, dezembro 05, 2006

O youtube é um site fantástico.. As vezes fico horas vasculhando as coisas bizarras por lá. Hoje resolvi compartilhar um dos meus vídeos favoritos com vocês.




Divertidíssimo!!!

:P

sexta-feira, novembro 24, 2006

Voltei novamente!
Passei uma semana maravilhosa em Sampa, revi meus amigos (pena que não consegui ver todos), festei no sábado, e fiz piquenique no Parque do Ibirapuera domingo. Meu aniversário foi na segunda, mas comemorei sábado e domingo.

Nem voltei e já estou com saudades de lá. Não vejo a hora de ir pra ficar de vez. Mas eu espero mais um pouco.. esperei tantos anos, então não custa esperar mais um pouquinho.

Hoje, ao ver o Jornal do almoço, me deparei com uma notícia no mínimo bizarra. Em Florianópolis, vizinhos de uma escola estavam reclamando do barulho que crianças faziam na hora do recreio. Saiu até no Terra. Realmente, catarinenses, em grande número são bem provincianos. Não vou cair na besteira de generalizar, é óbvio que existem muitos que são mente aberta e pessoas ótimas. Mas a quantidade de provincianismo aqui as vezes me assusta, e cada dia que passa eu vejo mais ainda que aqui não é o meu lugar.
Lá onde meu tio mora em São Paulo, é do lado de um grande colégio. Na hora do recreio, é uma barulheira, isso contando com o trânsito, e com a faculdade que tem em frente ao prédio. Sinceramente, nunca ouvi falar de nenhuma reclamação (se houvesse, com certeza sairia em noticiário nacional, como saiu essa de hoje). Q q tem de errado crianças fazerem barulho durante o recreio? Isso que o recreio não costuma durar muito tempo, será que incomoda tanto assim? Ah, não sei, eu duvido mesmo.
Há uns anos atrás, aqui em Blumenau, um infeliz que mora perto de uma Igreja Luterana - uma das maiores da cidade - reclamou do sino que tocava por algums poucos minutos duas vezes por dia. E pasmem, o cara ganhou a causa. Não sei quem é mais retardado, o cara que abriu uma ação dessas, ou o juiz que acatou com o pedido... A Igreja tava ali bem antes da anta amargurada se mudar pra lá, não seria ele que deveria se adaptar a isso? Afinal, quando ele se mudou praquela localidade, com certeza já sabia que existia uma igreja, e que o sino tocava duas vezes ao dia.
Eu queria saber se essa gente morasse em uma cidade grande. Será que iriam ordenar o fechamento dos aeroportos por causa dos barulhos dos aviões? Olha, eu não duvido nada.. E viva o provincianismo catarinense...

Photobucket - Video and Image Hosting Cazuza - Vida Louca Vida

domingo, novembro 05, 2006

Esse texto é enorme, mas eu achei ele fantástico!
Aliás, fala ser não é verdade. Banheiro público já é uma bosta, feminino então vix maria.. :P


Minha mãe ficava histérica com os banheiros públicos, quando pequena me
levava ao banheiro, me ensinava a limpar a tampa do vaso com papel
higiênico e cobrir cuidadosamente com tiras de papel em toda a borda.
Finalmente me instruía: "Nunca, NUNCA se sente em um banheiro publico".

Logo me mostrava "A posição" que consiste em se equilibrar sobre o vaso em
uma posição de sentar sem que o corpo entre em contato com o vaso.
Isso foi há muito tempo, mas ainda hoje em nossa idade adulta, "a posição" é
dolorosamente difícil de manter quando a bexiga está quase estourando.
Além do que é muito perigoso, pois a bacia pode quebrar e ser
fatal.........oh, até isso temos que enfrentar.

Quando você "tem que ir" a um banheiro público, sempre encontra uma fila
de mulheres que te faz pensar que as cuecas do Brad Pitt estão à venda pela
metade do preço.
E assim espera pacientemente e sorri amavelmente às outras mulheres que também
estão discretamente cruzando as pernas.

Finalmente é a sua vez, você olha cada cubículo por baixo da porta pra ver
se não há pernas. Todos estão ocupados, mas finalmente uma porta se abre e
você entra quase jogando a pessoa que está saindo. Você entra e percebe que
o trinco não funciona, mas não importa...

Você pendura a bolsa no gancho que tem atrás da porta e, se não tem
gancho, você a pendura no pescoço mesmo, enquanto se equilibra, sem contar
que a alça da bolsa quase corta a sua nuca, porque está cheia de porcarias
que você foi jogando dentro, das quais não usa a maioria, mas as tem aí,
para o caso de "e se eu precisar?"

Mas, voltando à porta... Como não tinha trinco só lhe queda a opção de
segurá-la com uma mão, enquanto com a outra você abaixa a calcinha e fica
"em posição"... Alívio... Ahhhhhh... Mais alívio, aí é quando suas pernas
começam a relaxar e você adoraria sentar, mas não teve tempo de limpar o
vaso e nem cobrir com papel, nessa hora você quase tem um treco de tão
aliviada, ai dá uma desequilibrada e erra a mira.
Pronto, o suficiente pra ficar molhada até as meias, e é óbvio que dá pra notar.

Para afastar o pensamento dessa desgraça, você procura o rolo de papel
higiênico... Maaaas.. Hehehe, o rolo tá vazio!
E as suas pernas continuam querendo relaxar.
Ai você lembra de um pedacinho de papel que tá na bolsa, meio usado porque você
já limpou o nariz com ele, mas vai ter que servir, você amassa ele pra absorver
o máximo possível, mas ele é muito pequeno, e ainda tá sujo de meleca.

Nisso alguém empurra a porta e, como o trinco não funciona, você recebe
uma baita portada na cabeça.

Aí você grita "tem genteeeeee" enquanto continua empurrando a porta com a
mão livre e o pedacinho de papel que você tinha na mão cai exatamente em uma
pequena poça que tinha no chão e você não sabe se é água ou xixi...
Ehehe ai você vai de costas e desequilibra, caindo sentada no vaso.

Você se levanta rapidamente, mas já é tarde, seu traseiro já entrou em
contato com todos os germes e formas de vida do vaso porque VOCÊ não o
cobriu com papel higiênico, que de qualquer maneira não havia, mesmo se você
tivesse tido tempo de fazer isso.

Sem contar o golpe na cabeça, o quase corte na nuca pela alça da bolsa, a
espirrada de xixi nas pernas e nas meias, que ainda estão molhadas...
A lembrança de sua mãe que estaria terrivelmente envergonhada de você, porque
o traseiro dela nunca sequer tocou o assento de um banheiro público, porque,
francamente, "você não sabe que tipo de doença poderia pegar ai".

Mas a aventura não termina ai...
Agora a descarga do banheiro, que tá tão desregulada que jorra água como se
fosse uma fonte e manda tudo pro esgoto com tanta força que você tem que se
segurar no porta-papel (quando tem) com medo de que aquele negócio te leve
junto e te mande pra China.
Ai é finalmente quanto você se rende, está ensopada pela água que saiu da
privada como uma fonte.
Você está exausta. Tenta se limpar com uns papeizinhos de chiclete Trident que
estavam na bolsa e depois sai discretamente para a pia.
Você não sabe muito bem como funcionam as torneiras automáticas também, e
então dá uma limpadinha nas mãos com saliva mesmo e seca com toalha de
papel.
E sai passando pela fila de mulheres que ainda estão esperando com as pernas
cruzadas e nesse momento você é incapaz de sorrir cortesmente.

Uma alma caridosa no fim da fila te diz que você tá com um pedaço de papel
higiênico do tamanho do rio Amazonas grudado no sapato!
Você puxa o papel do sapato e joga na mão da mulher que disse que tava grudado e
lhe diz suavemente: "Toma! Você vai precisar!" e sai.

Nesse momento, seu namorado ou marido que entrou, usou e saiu do banheiro
masculino e teve tempo de sobra pra ler " Guerra e Paz" enquanto esperava,
te pergunta: "Porque demorou tanto?"
É nessa hora que você dá um chute no saco dele e o manda pra puta que o pariu!



Isto é dedicado a todas as mulheres de todas as partes do mundo que já
tiveram que usar um banheiro público.


E finalmente explica a vocês, homens, por que nós demoramos tanto.*



Desconheço a autoria...


Photobucket - Video and Image Hosting Captain Hollywood Project - Only with you

sábado, novembro 04, 2006

Rapaz é morto por engano ao tentar salvar o pai

Bruno Ribeiro de Macedo, 19 anos, foi morto na tarde desta sexta-feira por policiais do 3º BPM (Méier) na esquina da rua Viúva Cláudio com João Mário Belo, na favela do Jacarezinho. O rapaz, que trabalhava como entregador de pizza, tentava socorrer o pai, João Rodrigues Ribeiro, 77 anos, que estava enfartando. Bruno foi com um amigo numa moto até a entrada da favela para conseguir um táxi e levar o pai ao hospital. Depois de abordar um taxista, quando já entrava na favela, foi baleado pelos policiais identificados como Dias e Cruz, morrendo na hora.
(reportagem completa no link)


Vamos ver até quando esse caso vai na mídia. Um rapaz, que morava numa favela, pobre, trablhador, tentando salvar o pai que estava enfartando é alvejado por policiais simplesmente pq esses mesmos acharam que ele era um bandido. Fico aqui imaginando a dor dessa mãe, perder o marido e o filho de uma maneira estúpida dessas. Mas, como moramos no país da hipocrisia, infelizmente esse caso será esquecido.

Há uns meses atrás, alguns rapazes da alta sociedade do Rio morreram estupidamente num acidente, provocado pelo motorista, que dirigia bêbado e em alta velocidade. O caso passou na mídia exaustivamente, chegando ao cúmulo de aparecer no fantástico até o ritual de cremação de alguns dos que morreram naquele acidente.

Não estou menosprezando a dor dos pais desses jovens, afinal, perder um ente querido dessa forma deve ser uma dor indiscritível. Somente não consigo entender a inversão de valores da nossa sociedade. Rico fazendo coisa errada morre: coitadinhos, ganham matéria no fantástico, seu enterro é filmado e bla bla bla. Pobre morre tentando socorrer o pai simplesmente pq é um favelado. E não houve nenhum estardalhaço na mídia. Logo logo esse rapaz será esquecido. Resta a mãe, na sua dor e indignação pela impunidade que reina nesse país. Aliás, alguém sabe que fim deu aquele caso da chacina em Nova Iguaçu ano passado? Pois é.. evaporou da mídia também.

Que mundo merda que vivemos...

Photobucket - Video and Image Hosting Titãs - Miséria

domingo, outubro 29, 2006

Sumi novamente. Mas dessa vez foi por um bom motivo. Minha amiga Clarissa veio passar uns dias aqui, e nos divertimos horrores.

Começando pela semana passada. Ela ficou um tempo na casa da prima dela, que mora em Curitiba. Sexta passada fui pra lá, e no dia seguinte fomos para Ponta Grossa visitar o Pablo, amigo dela. Ponta Grossa tem algo bem peculiar: O monumento Cocozão. Tem até comunidade no orkut, quem quiser conferir, a comunidade é essa.
É claro que a gente queria conhecer o famoso Cocozão de Ponta Grossa, e fomos lá no sábado mesmo. Cara, aquilo é muito bizonho. Confiram vocês mesmo:

Photobucket - Video and Image Hosting


Agora vem a parte mais tosca. Descobri, depois que já tinha voltado pra Blumenau, que isso aí era pra ser uma araucária. Isso mesmo, uma ARAUCÁRIA. Acho que quem fez isso nunca viu uma araucária na vida.

Comparem o por do sol com uma bela araucária:

Photobucket - Video and Image Hosting

Agora, um por do sol com o Cocozão de fundo:

Photobucket - Video and Image Hosting

Photobucket - Video and Image Hosting

Sinceramente, eu ri muito quando me falaram isso.

Enfim, nossa tarde no Cocozão foi proveitosa. Sentamos lá e ficamos boiando a tarde inteira. Eu sou a turista mais bizonha. Adoro ir em lugares nada convencionais. Acho que eles são mais interessantes.

Essa foi a parte mais engraçada da nossa viagem. Viemos pra Blumenau na segunda feira, e ficamos a semana inteira passeando - aqui, em Floripa, e até em Pomerode. Pomerode é uma cidade aqui do lado, pra quem não conhece. A cidade mais alemã do Brasil, e um ovo. Mas, como ela queria conhecer, fomos lá.

Agora minha vida volta ao normal. Tenho que voltar a estudar, escrever as toneladas de cartas que estão paradas, emails, por aí vai!

See Ya!!

Photobucket - Video and Image Hosting Antares - You Belong to Me

quarta-feira, outubro 18, 2006

Hoje estava com preguiça de cozinhar, então peguei uma daquelas tortas prontas da Sadia (acho que era, não lembro direito a marca hahaha) pra assar. Qual não foi minha surpresa ao ver escrito na embalagem: "Agora com 500g. *Peso anterior: 700g. Redução 200g/28,5%". Mas o preço reduzido que é bom nada.
Comecei a lembrar de tudo que já sofreu redução na quantidade. Desde Nescau, até papel higiênico. E PH, diga-se de passagem tá cada vez pior. Cada vez mais lixa, e mais caro. E com menos papel no rolo. Os papéis higiênicos que vêm em maior quantidade no rolo tá num preço que sinceramente não compensa. Eu não tenho coragem de pagar 7 reais pra um papel que vou limpar a bunda e jogar fora.
Estamos cada vez mais ferrados. Tudo bem que lucro é essencial na sociedade onde vivemos, mas poxa, acho que o mínimo de respeito com o consumidor deve-se existir. Diminuir a quantidade e deixar o mesmo preço é uma p** de uma sacanagem. E pra variar, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco, que é o povo. Aliás, acho que o povo nasceu pra se ferrar mesmo...


Photobucket - Video and Image Hosting Ethnic Beats - Alla Fiera Dell'est

quarta-feira, outubro 11, 2006

Desde criança sempre tive cachorros. Cresci com uma fêmea da raça Pastor Alemão, a Bianca, que era uma cachorra extremamente sociável. Ela aceitou na boa quando pegamos a Pink, minha poodle que viveu com a gente durante 15 anos.
Todos os outros cachorros que tivemos depois dela sempre se deram bem. Até que eu peguei a Sendi. Essa é completamente anti social. Não aceita nem os filhotes dela, imagina outro cachorro.
Hoje quando voltava pra casa, debaixo de um temporal ferrado, e tentando não molhar pelo menos a cabeça embaixo da sombrinha, pq o resto já estava tudo molhado, um cachorro do nada me vê e começa a me seguir. Não faço nem idéia daonde saiu aquele animalzinho simpático, só sei que eu fiz de tudo pra ele parar de me seguir, sem sucesso.
Fiquei tão triste em não poder pegar aquele cachorrinho, ele era tão bonitinho, e me parecia tão dócil. Ele veio me seguindo até a porta da minha casa, e infelizmente tive que espantá-lo, pois se a Sendi escapasse pela porta ao abrir, não sei o que seria do coitado.
Só que esse cachorrinho é brasileiro e não desiste nunca. Está até agora sentado na porta da minha casa, esperando eu abrir. Aiii que pecado! Photobucket - Video and Image Hosting
Dei um pouco de ração pra ele, e amanhã se ele estiver aqui ainda, vou convencer minha mãe de levá-lo ao veterinário, com certeza lá ele arranjará alguém pra doar. Ahh, mas eu queria poder ficar com ele.. Photobucket - Video and Image Hosting

Fui!


Photobucket - Video and Image Hosting Billy Ocean - Caribbean Queen

domingo, outubro 08, 2006

Eu sei que provavelmente ninguém mais aguenta ouvir falar sobre o vôo da Gol que caiu, mas nas minhas andanças pelo orkut, me deparei com esse texto. Achei ele muito interessante e resolvi postar aqui. Gostaria de ter o link daonde foi tirado, mas infelizmente não tenho.

Que fique para reflexão :)


O MAIOR DESASTRE AÉREO

David Lerer

A queda do Boeing da Gol durou dois minutos e meio. A Aeronáutica concluiu que a asa esquerda do avião menor, o Legacy, cortou um pedaço da asa direita do Boeing, e que este caiu na selva em espiral da altura de 37 mil pés.
Dois minutos e meio. Imaginem o terror dos 154 inocentes encerrados no gigantesco ataúde de aço em queda livre. Fico me indagando quantos segundos sofreram a antevisão da morte certa, antes de perderem os sentidos com a despressurização e a falta de oxigênio. Horror. Não há palavras para descrever.
Além da dor dos familiares e da impotente compaixão diante do irremediável, cai-se agora no capitulo das responsabilidades. E aí entra o "money, money, money" linguagem que os americanos entendem bem e gostam, quando é a favor deles. Dessa vez é contra, e muito, e eles estão correndo atrás do prejuízo.
O avião. Um Boeing 737-800 igual ao que foi derrubado custa de 66 a 75 milhões de dólares, dependendo do kit conforto que tiver dentro.
As vidas. Vidas não tem preço, mas de qualquer maneira 154 famílias terão de ser indenizadas. Haverá uma batalha jurídica de proporções monumentais. O seguro da ExcelAire, companhia americana de táxi aéreo dona do Legacy e empregadora dos pilotos envolvidos no acidente, não cobre falha humana.
Os dois pilotos americanos tiveram seus passaportes apreendidos pela Aeronáutica. Na prática estão detidos para averiguações, o que é perfeitamente justo. É o mínimo, aliás. E aí estão acontecendo coisas surpreendentes.

Para os jovens que não tiveram tempo de aprender o que nós mais velhos queríamos dizer com "imperialismo americano", temos aí uma exposição a vivo e em cores. O triste episódio é uma aula magna sobre como os arrogantes vizinhos do Norte nos enxergam e como se comportam em momentos de crise, principalmente quando se trata de defender o sagrado direito de suas empresas e cidadãos fazerem o que bem entenderem no país dos outros e saírem ilesos.
Radares da Amazônia. O jornalista do New York Times que estava a bordo do Legacy, e que tem tanta autoridade técnica quanto eu ou você, desqualificou o sistema de controle aéreo brasileiro em entrevista fartamente divulgada mundo afora. No dia seguinte outra reportagem levanta duvidas sobre o bom funcionamento do transponder (receptor-transmissor do avião que dá o sinal para a torre de controle) do jato fabricado pela brasileira Embraer. No terceiro dia o advogado dos pilotos afirma que os pilotos entraram em contato sim, mas a torre não respondeu.
O advogado ex-ministro. Da maneira como eles enxergam o Brasil, um bom advogado tem de ser um ex-ministro da Justiça, capaz de fazer amigos e influenciar pessoas, como o dr. José Carlos Dias. O proprietário da ExcelAire, Bob Sherry, declarou: 'Se houver qualquer pessoa por lá (no Brasil) que tenha influencia política ou qualquer outra forma (grifo meu) de trazer nosso pessoal de volta, nós agradecemos'. Para bom entendedor...
Até mesmo a secretária de Estado Condoleezza Rice está sendo mobilizada para retirar os dois do Brasil o mais rápido possível, e com isso prejudicar as investigações.
Como disse um indignado oficial da Força Aérea Brasileira, "se fosse um avião brasileiro atingindo um avião comercial norte-americano, o piloto já estaria preso na Base Guantanamo, sendo tratado como terrorista".

Meu amigo Abelardo Gomes de Abreu, morador antigo e estimado de São Sebastião, foi há dois meses representar o Brasil num campeonato de remo nos Estados Unidos e teve de se despir no aeroporto para ser revistado dos pés à cabeça.
Ou seja, um turista brasileiro nos Estados Unidos é tratado como suspeito. Ao passo que dois super-suspeitos americanos do maior desastre aéreo no Brasil devem ser tratados como turistas. "mperialismo americano", crianças, é isso.
Na dolorosa tragédia de oito dias atrás o único que talvez se saia bem é o Legacy produzido na vizinha São José dos Campos. Vai vender, e como. Afinal, um aviãozinho daqueles derrubar um Boeing e só danificar a pontinha da asa, é porque é muito bom.

David Lerer é médico e ex-deputado federal


Photobucket - Video and Image Hosting Paul Carrack - Don't Shed A tear

sexta-feira, outubro 06, 2006

E a Oktoberfest desse ano começou. Já fui mais empolgada pra essa festa, quando era mais nova, talvez exatamente por isso, ser mais nova. Continuo festeira como sempre, apesar de não ter saído com frequência. Primeiro por que a grana anda curta, e segundo, falta de compania. Confesso que estou curiosa pra ver como está a Oktober esse ano, principalmente pq a PROEB não existe mais, e assim agora é Parque Vila Germânica. Demoliram tudo quando eu ainda estava no Canadá, e construíram um complexo muito legal por lá (pelo menos por fora).

Pra mim, a Oktober já foi bem melhor. Eu sinto muita falta dos eventos paralelos que tinham há alguns anos atrás. O Skol Rock foi uma ótima idéia, pena que durou somente 3 anos. As pessoas dizem que isso estraga a tradição da festa. Eu acho que não estraga nada, principalmente pq os shows eram em locais completamente diferentes da festa propriamente dita. Mas enfim, a mentalidade provinciana blumenauense venceu, e tiraram o festival. Hoje, o terreno aonde eram realizados os shows virou reduto de drogados e prostitutas. Sem contar que o rio Itajaí Açu comeu metade do mesmo. Infelizmente, lá se foi um lugar ótimo para realizar shows ao ar livre na cidade.

Esse ano, estão querendo colocar uma tenda eletrônica na festa. Bom, eu sou suspeita pra falar, pq eu curto eletrônica, portanto vou curtir se realmente tiver. O que acontece é que já veio um monte de gente reclamando. Dizendo que não tem nada a ver com a festa em si, e que vai fazer barulho (???).. Dentre outras coisas. Mas peraí? Barulho, as bandas também fazem, e diga-se de passagem, o que é mais tosco: uma pequena tenda eletrônica na festa lá afastado, ou bandinhas alemãs tocando funk? Isso sim deveria ser proibido. Bandas deveriam tocar música alemã. Mas não é isso que ocorre, já vi bandinhas tocando até pagode. Terrível.

Sou completamente a favor da volta dos eventos paralelos que tinham antes. Público tem, e o povo vai. Mas infelizmente não vejo luz no fim do túnel.

Ponto positivo: finalmente abriram a Oktoberfest pras cervejarias locais venderem chopp. Antigamente era um monopólio, só Brahma e Antarctica podiam vender. Depois passaram pra Kaiser. Agora, podemos saborear chopp artesanal, fabricado aqui em Blumenau e em cidades vizinhas, todos eles ótimos, diga-se de passagem. Ponto pros organizadores.

Bom, seja lá como está sendo, amanhã irei conferir a festa. Vamos ver como está o novo lugar, espero que esteja legal. Além do que, sairei um pouco de casa, pois ultimamente meus fins de semana têm sido um tédio mortal...

Aproveitem vocês o findi!

Fui!

Photobucket - Video and Image Hosting Paradise Lost - Smalltown Boy

domingo, outubro 01, 2006

Ninguém vai antes da hora.
Essa frase pode ser clichê até dizer chega, mas é a mais pura realidade.
Desde que perdi minha amiga em janeiro, vítima de leucemia, passei a ver a morte de uma maneira digamos.. mais "familiar", se é que pode ser chamada assim. Até então, nunca tinha perdido ninguém tão próximo, e a morte, apesar de ser a única certeza da vida da gente, era algo distante para mim.
Confesso que até hoje é esquisito ver fotos dela, ver alguns objetos dela que ficaram aqui em casa. Acho que pra mim ela continua viva. Em algum lugar por aí..

O acidente com o avião da Gol que ocorreu na sexta feira chocou o Brasil inteiro, inclusive a mim. Antigamente, quando ocorria algo assim, ficávamos chocados, mas era algo que ficava distante. O máximo que aparecia eram cenas do acidente (chocantes, óbvio), e reportagens nas revistas e jornais, mas nada além disso. Aliás, não tão antigamente assim, basta voltarmos 10 anos, quando houve o acidente com a TAM. Hoje em dia, com toda tecnologia de internet, com orkut, fotologs, blogs, e etc, parece que essas pessoas, mesmo que nunca tivéssemos contato com elas, são próximas. Ontem, no orkut, achei vários perfis das vítimas desse vôo. Pessoas recém casadas, pessoas que tinham filhos, que viajavam a negócios, a lazer, dentre outras coisas. Elas se foram, mas as páginas estão lá. Conhecemos seus gostos, suas ambições, suas vontades, seus cônjuges, filhos, família, etc. Confesso que senti uma tristeza profunda em ver todas aquelas vidas interrompidas de uma maneira tão trágica, e fiquei mais triste ainda em tentar imaginar a dor de seus familiares. É, infelizmente a hora chega pra alguns de uma maneira mais trágica do que pra outros. Histórias de pessoas que perderam o vôo, de pessoas que transferiram, que viajaram antes, ou depois aparecem toda hora. A verdade nua e crua é que, realmente, ninguém vai antes da hora. O difícil é se conformar com isso. Que essas famílias consigam superar essa dor, por mais difícil que seja.

See Ya!


Photobucket - Video and Image Hosting The Outfield - Voices of Babilon

quarta-feira, setembro 27, 2006

Eu fico impressionada com a capacidade de certas pessoas não se tocarem que estão incomodando. Fico mais de cara ainda quando chamam a atenção, e a pessoa em questão ainda faz cara de cu.
Ontem, estava voltando pra casa, peguei o ônibus, e vi que tava empacado pra entrar. Quando me dei conta, uma imbecil descerebrada, falando no celular na frente da catraca, como se ela fosse a rainha do ônibus. E pior, ela não passava, e obviamente o povo ficava lá com cara de tanso, esperando a belíssima rainha do busão se tocar. Até que o motorista mandou a guria sair dali, e ela deu um espaço. Só que fez uma cara de cu cheio de hemorróidas. Até pensei em fazer uma piadinha com a pessoa em questão, mas fiquei com medo, vai que é uma psicopata.
Isso me lembrou meus tempos de Canadá. O povo de lá tem uma atração por portas, seja de metrô, ou seja de ônibus, que é impressionante. As vezes o cara ia saltar lá na puta que pariu, mas ficava na frente da porta paralisado. Uma vez, estava voltando pra casa, era de noite, busão vazio, e tinha um baita negão estilo jogador de basquete, com uma mochila enooorme nas costas. E adivinha onde o viajão parou? NA PORTA! hahahaha, cara, inacreditável. Q q esse povo tem na cabeça? merda? :P

Fui!


Photobucket - Video and Image Hosting Haddaway - Fly Away

quarta-feira, setembro 13, 2006

Mulher decepa pênis de marido para colocá-lo em conserva

Uma mulher alemã decepou o pênis de seu marido recém falecido para colocá-lo em conserva como lembrança do seu casamento. Uta Schneider, 65 anos, usou um cutelo para retirar o membro do marido, Heinrich, 68 anos, dentro do hospital de Stuttgart, de acordo com o The Sun.

Ela enrolou o membro em papel alumínio e o colocou dentro de uma marmita para levá-lo para casa. Quando estava de saída a mulher foi parada por uma enfermeira e presa. Uta, casada com Heinrich há 35 anos, é acusada de mutilação.

Depois de presa, Uta declarou que "era o melhor dote de Heinrich e me dava muito prazer. Eu queria colocá-lo em conserva para a eternidade, ele teria gostado. Nós o chamávamos de joystick. Eu queria lembrar de meu marido ao ver o seu membro."



Tudo bem que a gente morre e não vê tudo mas nossa... essa foi pra acabar.. Ele deve ter usado muito bem o instrumento hein.. hahahahahaha!
Poxa, achei sacanagem a mulher ser presa, poxa, podiam ter deixado ela ficar com a lembrança (por mais bizarra que fosse)..
Mas enfim, doideras são doideras. Isso foi realmente bizarro.


Photobucket - Video and Image Hosting Cyndi Lauper - Hole in my heart

quinta-feira, agosto 31, 2006

Realmente, hoje eu ganhei o prêmio da Cagada mór universal. Que eu sempre tive azares sinistros, acho que todo mundo que acompanha esse blog sabe, mas hoje eu realmente consegui me superar.
Tenho orkut desde 2004, e nunca tive problemas com eles. Nunca fui de participar ativamente de nenhuma comunidade, só em vez em quando em algumas, e nunca comprei briga com ninguém. Hoje, fui logar na minha conta, e simplesmentente me deparo com a bela mensagem: "sua conta foi deletada, pois uma ou mais fotos suas não condizem com os termos de uso do orkut"... imaginem minha bela cara de boia total: Photobucket - Video and Image Hosting. Com tanto perfil pornô, pedófilo, e etc naquele orkut, os caras vão deletar logo a minha conta, que só tinha foto do show do U2, e algumas poucas fotos com amigos e amigas minhas. A única conclusão que eu pude chegar é que.. Alguém me denunciou sabe lá Deus pq motivo.
Mas tudo bem. Há males que vem pra bem, e acredito que esse foi um deles. Fazia tempo que tava afim de fazer uma limpa na minha lista de amigos, e tive a oportunidade, mesmo que forçada. Sinto pelos testimoniais que eu perdi, mas fazer o que... nada é perfeito.. Agora, serei bem mais seletiva, só entra quem eu conheço. Chega de autorizar gente que nunca vi na vida, e só pq deixou um scrap lá. É isso aí...

See Ya!!


Photobucket - Video and Image Hosting - Dr Alban - Let the beat go on

segunda-feira, agosto 21, 2006

Mais um da série recebi por email:



Joe Arpaio é o xerife do Condado de Maricopa no Arizona já há bastante tempo e continua sendo re-eleito a cada nova eleição.

Saiba por quê:


Ele criou a "cadeia-acampamento", que são várias tendas de lona, cercadas por arame farpado e vigiado por guardas como numa prisão normal.

Baixou os custos da refeição para 40 centavos de dólar que os detentos, inclusive, tem de pagar.

Proibiu fumar, não permite a circulação de revistas pornográficas dentro da prisão e nem permite que os detentos pratiquem halterofilismo.

Começou a montar equipes de detentos que, acorrentados uns aos outros, (chain gangs), são levados à cidade para prestarem serviços para a comunidade e trabalhar nos projetos do condado.

Para não ser processado por discriminação racial, começou a montar equipes de detentas também, nos mesmos moldes das equipes de detentos.

Cortou a TV a cabo dos detentos, mas quando soube que TV a cabo nas prisões era uma determinação judicial, religou, mas só entra o canal do Tempo e da Disney.
Quando perguntado por que o canal do tempo, respondeu que era para os detentos saberem que temperatura vão enfrentar durante o dia quando estiverem prestando serviço na comunidade, trabalhando nas estradas, construções, etc.

Em 1994, cortou o café, alegando que além do baixo valor nutritivo, estava protegendo os próprios detentos e os guardas que já haviam sido atacados com café quente por outros detentos, sem falar na economia aos cofres públicos de quase US$ 100,000.00/ano.
Quando os detentos reclamaram, ele respondeu:
- Isto aqui não é hotel 5 estrelas e se vocês não gostam, comportem-se como homens e não voltem mais.

Distribuiu uma série de vídeos religiosos aos prisioneiros e não permite quaisquer outros tipos de vídeo na prisão.
Perguntado se não teria alguns vídeos com o programa do partido democrata para distribuir aos detentos, respondeu que nem se tivesse, pois provavelmente essa era a causa da maioria dos presos ali estarem.

Com a temperatura batendo recordes a cada semana, uma agencia de noticias publicou:
-Com a temperatura atingindo 116 F, (47 C), em Phoenix no Arizona, mais de 2000 detentos na prisão acampamento de Maricopa tiveram permissão de tirar o uniforme da prisão e ficar só de shorts, (cor de rosa), que os detentos recebem do governo.

Na última quarta feira, centenas de detentos estavam recolhidos às barracas, aonde a temperatura chegou a atingir a marca de 138°F, (60°C).
Muitos com toalhas cor de rosa enroladas no pescoço estavam completamente encharcados de suor.
Parece que a gente está dentro de um forno, disse James Zanzot que cumpriu pena nessas tendas por um ano.

Joe Arpaio, o xerife durão que inventou a prisão-acampamento, faz com que os detentos usem uniformes cor-de-rosa e não faz questão alguma de parecer simpático.

Diz ele aos detentos:
- Nossos soldados estão no Iraque onde a temperatura atinge 120°F (50°C), vivem em tendas iguais a vocês, e ainda tem de usar fardamento, botinas, carregar todo o equipamento de soldado e, além de tudo, não cometeram crime algum como vocês, portanto calem a boca e parem de reclamar?.

-------------------------------------------



Achei sensacional. Não sou a favor do jarguão "bandido bom é bandido morto", e sim "bandido bom, é aquele que trabalha na cadeia". Regalia na cadeia? Nem pensar, afinal, se quisesse regalia, não teria feito merda e ido parar lá.

Pq aqui no Brasil ninguém tem culhão pra fazer isso? Duvido que existiria essa zona de rebelião, se aquele bando de vagabundo que tá na cadeia trabalhasse pra pagar o que come. Mas não, aqui no Brasil quem sustenta bandido na cadeia somos nós, que pagamos nossos impostos, enquanto isso, eles ficam lá, coçando o saco e planejando a próxima rebelião, e os próximos ataques contra a população.

Quem quiser conferir a veracidade da reportagem, é só procurar no google, tem trocentos sites, em inglês, alguns falando sobre os prós e contras da prisão.

Ah sim, antes que venham atirar pedras pra cima de mim, não sou baba ovo dos Estados Unidos, aliás, não sou baba ovo de país nenhum, pois sei que paraíso não existe. Só gostaria de ter alguma esperança no Brasil, pq realmente, tá difícil..


Photobucket - Video and Image Hosting Billy Ocean - Loverboy

sexta-feira, agosto 18, 2006

Recebi esse texto por email. Deconheço a autoria, mas achei ele ótimo, e por isso resolvi postar aqui


"CRIANÇA ESPERANÇA? QUERO QUE SE FODA!"

E quero que todos vão tomar no cu: Xuxa, Angélica, Ana Maria Braga,Chitãozinho e Chororo Renato Aragão.... E qualquer outro artista que participar desta bosta de campanha Criança Esperança. Não vou contribuir com um puto centavo sequer. Não é minha obrigação sustentar crianças miseráveis, famintas ou abandonadas. Essa obrigação é do Governo. Está na constituição! Minhas únicas obrigações são: obedecer as leis e pagar os impostos (que pago rigorosamente em dia) para que o governo faça isso. Mas o que os nossos digníssimos políticos fazem? Enfiam o MEU (e o SEU também) dinheiro na cueca e depois dizem na maior cara de pau, na TV em rede nacional que isso é folclore, que não sabem de nada!Se a Rede Globo quer dinheiro, ela que vá pegar o dinheiro que está atochado no rabo da corja do PT.Ficou puto comigo? Acha que eu sou insensível e que não me preocupo com a situação da sociedade, com as crianças famintas? Me preocupo sim.
Não tenho coração de pedra. É justamente por isso que estou aqui escrevendo sobre esse assunto. Eu estou é cansado de ser roubado e ainda pagar para cobrir os roubos.Veja abaixo a lista de impostos que eu pago sobre cada produto que eu consumo: (VOCÊ TAMBÉM PAGA!)

Achocolatado - 37,84%
Açúcar - 40,4%
Água mineral - 45,11%
Agua - 29,83%
Água sanitária - 37,84%
Álcool - 43,28%
Aparelho de barbear - 41,98%
Aparelho de som - 38,00%
Armário de madeira - 30,57%
Arroz - 18%
Automóvel - 43,63%
Batedeira - 43,64%
Bicicleta - 34,50%
Biscoito - 38,5%
Brinquedos - 41,98%
Cachaça - 83,07%
Cadeira de madeira - 30,57%
Café - 36,52%
Cama de madeira - 30,57%
Caneta - 48,69%
Carne bovina - 18,63%
CD - 47,25%
Cerveja - 56%
Chocolate em barra - 32%
Cigarro - 81,68%
Cobertor - 37,42%
Computador - 38,00%
Condicionador de cabelo - 47,01%
Copos - 45,60%
Desinfetante - 37,84%
Desodorante - 47,25%
Detergente - 40,50%
DVD - 51,59%
Energia elétrica - 45,81%
Ervilha - 35,86%
Esponja de aço - 44,35%
Farinha de Trigo - 34,47%
Feijão - 18%
Ferro de Passar - 44,35%
Fertilizantes - 27,07%
Fogão - 39,50%
Frango - 17,91%
Frutas - 22,98%
Garrafa térmica - 43,16%
Gasolina - 57,03%
Lápis - 36,19%
Leite - 33,63%
Lençol - 37,51%
Liquidificador - 43,64%
Livros - 13,18% *
Macarrão - 35,20%
Margarina - 37,18%
Mensalidade Escolar - 37,68%
Mesa de madeira - 30,57%
Microondas - 56,99%
Milho verde - 37,37%
Molho de tomate - 36,66%
Motocicleta acima de 125 cc - 49,78%
Motocicleta de até 125 cc - 44,40%
Móveis - 37,56%
Óleo de soja - 37,18%
Ônibus interestadual - 16,65%
Ônibus metropolitano - 22,98%
Ovos - 21,79%
Panelas - 44,47%
Papel Higiênico - 40,50%
Papel sulfite - 38,97%
Passagens aéreas - 8,65%
Pasta de Dente - 42,00%
Peixe - 18,02%
Pratos - 44,76%
Refresco em pó - 38,32%
Refrigerador - 47,06%
Refrigerante - 47%
Remédios - 36%
Roupas - 37,84%
Sabão em barra - 40,50%
Sabão em pó - 42,27%
Sabonete - 42%
Sal - 29,48%
Sapatos - 37,37%
Saponáceo - 40,50%
Sofá de madeira/plástico - 34,50%
Suco concentrado - 37,84%
Talheres - 42,70%
Tapete - 34,50%
Telefone - 47,87%
Telefone Celular - 41,00%
Telha - 34,47%
Tijolo - 34,23%
Tinta - 45,77%
Toalhas de mesa e banho - 36,33%
Transporte Aéreo de Cargas - 8,65%
Travesseiro - 36%
Vassoura - 26,25%
Ventilador - 43,16%
Vídeo-cassete - 52,06%
Xampu - 52,35%

E além de tudo isso, sou obrigado a pagar: Plano de Saúde, Plano de Aposentadoria Privada, Segurança Privada e Universidade Particular, pois
o governo é incapaz de cumprir sua obrigação constitucional apesar de ser RÉGIAMENTE PAGO para isso.Até quando isso vai continuar? Quando esse povinho de merda vai acordar e perceber que só toma no cu?Fernando Collor foi banido da política por causa de uma simples Fiat Elba.O que a corja do PT ainda precisa fazer para que se tome a mesma atitude que expulsou o "collorido"?Aos que ainda não me conhecem, peço desculpas pela linguagem desbocada e agressiva. É que estou muito puto da vida e de saco cheio desta MERDA chamada Brasil.

* Observação Importante: Em países decentes, livros não tem imposto algum.Em países desenvolvidos, são subsidiados pelo governo. No Brasil, um país administrado por intelectuais estupidos e por agitadores de uma massa imbecil que aceita um analfabeto patife e seus asseclas, é cobrado 13,18%.

UM BRASILEIRO REVOLTDADO QUE RESOLVEU GRITAR, MESMO SABENDO QUE NUNCA
SERÁ OUVIDO... Haaaa!!! E ONDE SÃO APLICADOS OS MILHÕES E MILHÕES QUE A
REDE GLOBO ARRECADA COM O CRIANÇA EXPERANÇA??? NAQUELA ESCOLINHA FEITA
PARA MILIONARIOS DE 18 CRIANÇAS NO LEBROM, NAQUELA ENTIDADE QUE NUNCA
OUVIMOS FALAR DE COPACABANA.... ONDE? SÓ QUERIA SABER SE NÃO FOR
OFENDER..."

** No Canadá, não é cobrado imposto sobre alimentos básicos, como frutas, verduras, carnes, etc. Já aqui.... **


Photobucket - Video and Image Hosting Colour - The heat of the night

quarta-feira, agosto 16, 2006

Infelizmente começou o horário político. Como em todas as eleições, as propagandas políticas se resumem às mesmas ladainhas de sempre, as mesmas promessas, e tosqueiras. Tudo muito certinho, bonitinho, e muito sem graça. Sempre curti escutar a Antena 1 na cozinha enquanto preparo o almoço, e infelizmente minha festa acabou. Photobucket - Video and Image Hosting
Propaganda política legal mesmo foi a primeira pra presidente, em 1989. Eu nem votava na época, tinha 13 anos, mas era tanta aberração, que eu não perdia uma. Era muito engraçado ver o Enéas falando em tempo recorde, e dar o berro final: "meu nome é Enééééééééééééas".. Ou então, ver o PG - Paulo Gontijo, cujo apelido carinhoso dado por mim e uma amiga era "Progressão Geométrica", puxando a descarga com nomes como Maluf, Afif, Lula, Collor, e etc. Outra coisa linda era uma mulher, que não consigo lembrar o nome, que fazia sua propaganda política num fogão, fingindo que cozinhava em um panelão. Aquela época ainda era divertido assistir propaganda política, por mais tosco que era, pelo menos a gente ria. Já hoje em dia, é tudo sem graça, inclusive as mentiras, que de tão batidas, acho que ninguém mais acredita nelas. Uhm.. acho que acredita. Afinal, provavelmente o Lula vai ganhar de novo.. Photobucket - Video and Image Hosting
Para quem quiser relembrar, ou ver pela primeira vez mesmo alguns pedaços da famosa eleição de 89, é só clicar aqui. Pena que não tem o Progressão Geométrica e nem a cozinheira. Mas mesmo assim tá valendo.. Photobucket - Video and Image Hosting

See Ya!!


Photobucket - Video and Image Hosting Styx - Show me the way

domingo, agosto 13, 2006

Tirando as teias de aranha desse blog.

Tenho andado bem fora de órbita pra escrever aqui, mas vamos lá..
Eu amo meu blog, mas infelizmente, tem épocas que não sai nada. Aliás, é ruim quando a vida fica naquela rotina total, sem nada de novo, nem de extraordinário.
Claro que existem várias coisas acontecendo ao mesmo tempo no mundo, poderia comentar.. O mundo está cada dia mais tosco, com terroristas pra todos os lados, e os bons sempre se ferrando. Só que não estou afim de falar sobre isso hoje... Talvez no meu próximo post.
Mas enfim, como hoje é dia dos pais, resolvi então deixar um Feliz dia dos pais pra todos os papais (e futuros papais). Tá, dia dos pais é todo o dia, mas como hoje é o dia imposto pela sociedade, então deixo aqui um voto de felicidade para todos.

E infelizmente, vamos ter racionamento de água. Caramba, era tudo que eu não queria, ainda mais que agora está quente pra dedéu (estou me sentindo no deserto do saara). Eu espero que chova e logo. Porque sinceramente, racionamento de água é uma bosta. Chuvaaaaaaaaa, cadê você???

Esse post está completamente tosco. Meus neurônios não está com as sinapses em dia, aí já viram né... hehehehe

See Ya!!


Photobucket - Video and Image Hosting U96 - Brain Killer

segunda-feira, julho 31, 2006

Meu som tem vontade própria.
Não é de hoje que eu estou reparando que o estéreo dele tá meio esquisito. A caixa de som da esquerda parece que não tá funcionando direito. Eu estava reparando isso há tempo. Até que ontem, estava escutando uma música, e vi que estava funcionando direitinho. Hoje, não está mais.
Meu som é temperamental. Ele funciona quando ele quer, assim é com o toca fitas. Quando ele sisma em não funcionar, não tem Cristo que faça. Aí do nada, ele desemperra, e volta a funcionar normalmente, como se nada tivesse acontecido. Isso não é emocionante. Cd player pifou faz tempo. Rádio nem sei se funca, acho que sim, mas eu escuto no meu som que trouxe do Canadá. Mas enfim, eu o amo mesmo assim :P

See Ya!!


Photobucket - Video and Image Hosting Queen - Innuendo

quarta-feira, julho 26, 2006

Uma das coisas que eu mais adoro é conhecer pessoalmente as pessoas na qual eu mantenho contato via internet. Nesses anos de tecladas, blogadas e fotologadas, conheci bastante gente desse meio, e domingo conheci a Mari. Ela veio passar uma semana em Floripa, e eu a convidei pra passar o domingo aqui. Veio ela e uma amiga, a Eliane.
Passeamos pelo centro de Blumenau e tiramos muitas fotinhos poéticas :P.. O pequeno detalhe é que, como eu sou uma cagada, óbvio que alguma coisa tinha que acontecer.
Sábado eu fui na Rivage. Teve a rave lá, e eu não podia perder. Antes, fui a casa de uma amiga minha, e tomei conhaque com energético. A Rave em si foi maravilhosa, dancei a noite toda, só que no final da noite, senti um enjôo. Pensei.. chego em casa, boto o dedo na garganta pra botar essa pinga pra fora e pronto. Engano meu. Não era enjôo de vômito, e sim uma puta gastrite se formando. Acordei 8 da manhã de domingo com a sensação de que tinha um buraco no lugar do meu estômago. Conclusão.. fiquei morrendo o dia inteiro.
Mesmo assim, tirei forças do além pra conseguir andar pelo centro de Blumenau inteiro com as meninas, e tiramos várias fotos poéticas. Aos poucos estou postando elas no Fotolog :)
Meu fim de semana foi ótimo, apesar do rombo no estômago.. Vivendo e aprendendo. Só sei que nunca mais quero ver conhaque na minha frente, nem nas trufas de café+chocolate+conhaque que eu tanto gostava... *trauma*

See Ya!!


Photobucket - Video and Image Hosting Swing out sister - Breakout

sexta-feira, julho 14, 2006

O mundo está em convulsão. Cada dia que passa é mais desgraça. É bomba no Oriente Médio, é PCC detonando com o estado de SP, é a violência crescendo, ódio, ignorância.. É o ser humano cada vez mais destruindo o planeta.
Sinceramente? Fico com medo de pensar no que vem daqui pra frente. Estamos entrando num ciclo perigoso. Não temos paz em lugar mais nenhum do mundo. Até aonde isso tudo pode chegar? Até aonde nosso planeta pode aguentar? Até aonde vai a ignorância humana?
São perguntas que até agora, não têm resposta... (e nem sei se terão..)

See Ya!!

Photobucket - Video and Image Hosting The Prodigy - Out of Space

quarta-feira, julho 12, 2006

Será que alguma alma caridosa pode me ajudar a usar essa porra de IPOD, antes que eu jogue essa merda no lixo??????????

segunda-feira, junho 26, 2006

Fundação expõe lixo como forma de alerta

O lixo que se vê, há 16 dias, empilhado ao lado da Praça Ramiro Ruediger não é mero descaso. Técnicos da Fundação Municipal do Meio Ambiente, auxiliados por 50 policiais militares, retiraram os resíduos do Ribeirão da Velha e colocaram ao lado do parque para chocar a população.

- Ribeirão não é local de lixo, acrescenta Jorge Müller, presidente da Faema.

Entre a sujeira, estão muitos pneus, um sofá-cama, baterias e plástico. O lixo não foi pesado, mas cinco caminhões foram necessários para transportar toda a sujeira. Müller afirma que o lixo ficará ao lado do parque por mais duas semanas. A limpeza do Ribeirão da Velha foi feita no dia 10, durante a Semana Municipal do Meio Ambiente. Junto à pilha de lixo, está uma faixa com a mensagem: "É assim que parte da população trata os ribeirões da cidade".


Photobucket - Video and Image Hosting

É isso aí. Vamos entupindo nossos rios de lixo. Só depois não reclamem quando a casa de vocês ficar inundada, e todos seus pertences forem por água abaixo.
Falta muita consciência para o povo brasileiro.
Uma minoria se preocupa em separar o lixo para reciclar, vejo aqui pela minha rua, somente aqui em casa, e mais umas 3 casas da rua separam seus lixos, isso que toda semana religiosamente passa o caminhão do lixo reciclável pra recolher.
Estamos passando por um período de maior seca, e tem babaca que fica lavando carro e lavando calçada fim de semana, jogando água fora. Como se não bastasse isso, entope os rios com todos os tipos bizarros de lixo. Gente, o que passa pela cabeça de uma pessoa de jogar um sofá no rio????? Pqp viu...
Sinceramente, tenho medo do futuro desse planeta...

See Ya!!


Photobucket - Video and Image Hosting Duran Duran - Save a prayer

quarta-feira, junho 21, 2006

Copa do mundo é legal, mas acho que demora demais. No começo é aquela empolgação, depois começa a encher o saco. Mas enfim, estou empolgada pro jogo de amanhã, confesso que mais pela bagunça. Finalmente poderei assistir o jogo na Rivage, acabei nem indo domingo pq minha amiga estava gripada, com febre. E agora, quem está gripada sou eu. Mas não cheguei a ter febre, aliás, já estou quase boa, tirando meu nariz que está um desastre ecológico, mas isso é somente um pequeno detalhe.

Hoje o dia está chuvoso, depois de tantos dias seguidos de céu azul e limpo. Fiquei feliz com essa chuva, apesar de que, ela e nada é quase a mesma coisa. Infelizmente pra encher os rios e reservatórios, é preciso de muita chuva, e não esses pequenos pingos, mas ainda assim, é melhor do que nada. Já mencionei quinhentas vezes aqui que dias chuvosos me deixam saudosista e um pouco melancólica. Aliás, eu tenho até a minha trilha sonora de dias chuvosos, e fiz a listinha dela. Gostaria de poder usar meu ipod pra colocar essa pequena trilha, mas não tive mais coragem de mexer no coitado desde que aquela merda de itunes deu pau no meu computador.
Eis minha listinha chuvosa:

* Depeche Mode - Enjoy the Silence
* Van Halen - When Its love
* Pet Shop Boys - West End Girls
* Wilson Phillips - Hold On
* A-ha - The Sun Always Shines on TV
* Duran Duran - Save a prayer
* John and Vangelis - Deborah
* Human League - Don't you want me

Não sei o que essas músicas têm a ver com dias chuvosos, mas eu me sinto bem escutando elas nesses dias.. :P.. Viagem total..

Fui!


Photobucket - Video and Image Hosting Human League - Don't you want me

terça-feira, junho 13, 2006

E o Brasil ganhou. Míseros 1 x 0 mas melhor do que nada. Só sei que quase cuspi meu coração durante o jogo lá no shopping. Sinceramente, esperava que o Brasil fosse fazer pelo menos 2 gols né.. Mas enfim, domingo tem mais. Brasil x Austrália.. Vamos ver como isso vai ser.. Esse primeiro jogo eu assisti no telão do shopping, esse segundo provavelmente irei na Rivage. A copa de 94 eu acompanhei praticamente todos os jogos lá, e confesso que assistir os jogos naqueles telões e com aquele sistema de som, a sensação é de estar dentro do estádio. Só espero que o Brasil faça bonito, bem mais bonito do que fez nesse primeiro jogo, se não o negócio vai ficar feio :P

Ontem, eu e meu amigo Carlos inauguramos nosso blog. Resolvemos fazer um blog estilo consultoria sentimental, isso mesmo, responderemos perguntas das mais diversas sobre relacionamentos e afins.. Eu sempre gostei de conversar sobre várias coisas que diz a respeito de relacionamentos e afins, acho que esse blog vai ser legal. Enfim, quem quiser conhecê-lo, é só clicar Aqui. :)

Até mais :)

Fui

Photobucket - Video and Image Hosting Activate - I say what i want

terça-feira, junho 06, 2006

Eu sou fã número um de sites de amizade. Confesso que estou ficando de saco cheio de orkut, sempre a mesma coisa, e ainda mais agora com aquele festival de vírus, peixinhos, bombas, cartões de origem duvidosas, dentre outras coisitas a mais. Como eu não sei ficar parada, sempre estou em busca de novos lugares. Estou procurando fazer mais amizades com gente do exterior, principalmente pra praticar meu inglês. Segundo idioma é sempre assim, se a gente não pratica, bye bye. Enfim, dentre zilhões de sites, me simpatizei com o Friendster. É estilo orkut, mas menos zona. Eu fui convidada pra ele por uma amiga alemã ano passado, mas nunca dei bola. Um belo dia, recebi uma msg lá, e fui ver o que era. Era um rapaz das Filipinas querendo conversar. Desde então, tenho vasculhado por lá, e tenho conhecido pessoas legais de vários lugares. Outro site muito legal é o Cyberfriends. A única restrição de lá, é que não é permitido troca de emails nem messengers. Por um lado é ruim, mas por outro até que é razoavelmente aceito, pois a proposta do site é ser exatamente um site anônimo. Conheci muita gente show de bola lá, eu recomendo pra quem quiser conhecer gente de vários países do mundo, e de quebra dar uma praticada no inglês, ou outro idioma que queira. Apesar de não poder trocar emails, o site tem um sistema bacana de troca de emails por ele mesmo, mensagens em guestbook, e até um chat. Mas como nada é perfeito, pra ter mais de 5 amigos na lista, tem que pagar, mas isso é outra história. :P. Também tem o Mailfriends, que é praticamente o mesmo esquema do CF, mas com menos restrições. Pode-se trocar messengers e emails, assim como trocar mensagens privadas. Só sei que eu viciei nesses 3 sites, e fico logada nos 3 ao mesmo tempo. Divertidíssimo :)

See Ya!


Photobucket - Video and Image Hosting Melissa Auf Der Maur - Real a Lie

domingo, junho 04, 2006

Já que a Shiri e a Li atualizaram os blogs delas, eu resolvi atualizar o meu.
Pra ser sincera, tenho andado sem inspiração pra nada. Nada que acontece por aqui me empolga mais, sinceramente, estou de saco cheio. Ao contrário do que muitos podem pensar, não estou depressiva.. Apenas estou precisando de viver coisas diferentes. Eu sabia que não deveria ter voltado pra Blumenau... mas isso é outra história. Há um tempo atrás, teve show do Barão Vermelho. Foi uma das poucas coisas que me empolguei, e nem pude ir, pq todo mundo deu pra trás em cima da hora. Que saco. Tenho zilhões de cartas e emails pra responder.. Mas quem disse que eu sei o que escrever pra eles? Espero que essa fase nebulosa passe rápido..

Mas enfim.. Fico aqui, viajando ao som de Ultravox..
Até vou postar a letra dela aqui.. faz tempo que não posto letra de música né...

Photobucket - Video and Image Hosting Ultravox - Reap the wild wind

Reap the wild wind. (Repeat 3 times)

A finger points to show a scene. (Take my hand. Take my hand.)
Another face where mine had been. (Take my hand. Take my hand.)
Another footstep where I once walked. (Take my hand)
Take it all.

Chorus:

You take my hand and give me your friendship.
I'll take my time and send you my slow reply.
Give me an inch and I'll make the best of it.
Take all you want and leave all the rest to die.

Reap the wild wind.

A footprint haunts an empty floor. (Take my hand. Take my hand.)
A fading coat that I once wore. (Take my hand. Take my hand.)
Oh, desolation where I once lived.
I have seen in times gone by.
I have felt a different shadow on the wall,
A stranglehold on a certain feeling.

(Chorus)

Reap the wild wind. (Repeat 2 times)

(Chorus)

Reap the wild wind.


Fui!

sábado, maio 27, 2006

Aqui no sul estamos passando por um período de estiagem. Não é comum ficar muito tempo sem chover, mas desde que eu voltei do Canadá, eu reparei que tivemos um verão seco, e o outono não está sendo muito diferente. Consequentemente, estamos quase entrando num racionamento forçado, e no litoral, a água do mar já chegou nos rios, prejudicando o abastecimento de água em toda a região.
Obviamente, a mídia e o governo estão pedindo para economizar o quanto pode a água, para evitar um racionamento propriamente dito.
Infelizmente, o povo brasileiro está acostumado a fartura de água, o que faz com que não tenha consciência em usar somente o necessário, sem desperdícios. Aqui em Blumenau, o negócio é mais grave ainda. Não sei pq os retardados mentais que habitam essa cidade sismam em ficar horas lavando seus belos carros na rua, gastando litros e mais litros de água. Aliás, pior que isso, o blumenauense, e povo da região, tem uma mania no mínimo bizarra. Molhar calçada e rua. Sim, imaginem. Ficam mó cara com a mangueira esguichando altos litros da preciosa água, simplesmente molhando calçada, tirando folhas e etc. Aí eu me pergunto, pra que isso? Qual é o objetivo de molhar calçada? Eu sou a favor de multar essas pessoas. Pq infelizmente, só quando mexe no bolso que o povo se conscientiza, e para com essa palhaçada.
Realmente fico revoltada quando vejo no verão esse povo molhando calçada. Devia enfiar a mangueira no fiofó pra molhar as tripas.. seria interessante.. :P

See Ya!


Photobucket - Video and Image Hosting The Twins - Ballet Dancer

segunda-feira, maio 22, 2006

No meu aniversário de 13 anos, ganhei uma cachorrinha, a Pink. Era uma poodle, e parecia um pompom preto, a coisa mais fofa.
O veterinário recomendou calcigenol pra ela tomar até não sei quantos meses de idade, não lembro. Mas eu achva ele tão gostoso, que era uma colherinha pra ela, e trocentas goladas pra mim. Tinha uma época que eu tomava calcigenol igual água (e minha mãe estranhando pq estava acabando tão rápido).
Não sei se isso tem alguma coisa a ver, mas o que eu posso dizer é que, meus ossos são realmente muito fortes, e isso vale pros meus dentes. Em 96, sofri um acidente de automóvel, em que bati a cabeça com toda a força no teto do carro, e não aconteceu nada. Já levei tombos homéricos, e nunca quebrei um osso. E hoje, mais do que nunca, vi que realmente eu tenho ossos e dentes fortes.
Estava vendo um filme, e minha mãe pediu pra eu imprimir um treco na minha impressora. Só que, precisava ligar o pc do meu pai pra rede funcionar. Eu, toda estabanda, fui até a biblioteca, liguei e corri. Só que não vi os jornais que estavam no chão, e caboung! Foi tudo tão rápido que nem deu tempo de pensar. Caí literalmente de cara no chão, ou melhor de queixo. Só senti os dentes batendo uns nos outros, e levantei correndo, com a cabeça latejando de dor. Por milagre, não quebrei nenhum dos meus queridos dentes, graças a Deus. Meu queixo agora está parecendo uma bolinha. Que meigo. Não sei se foi graças ao festival de calcigenol na minha pré adolescência, só sei que provavelmente mal não fez.. Photobucket - Video and Image Hosting

See Ya!




Photobucket - Video and Image Hosting Yazoo - Situation

sábado, maio 13, 2006

Infelizmente, os bandidos ganham de novo. Estou acompanhando essa rebelião toda em SP, com a bandidarada toda revoltada pois seus líderes foram transferidos para prisões de segurança máxima. Coitadinhos deles. Eles são tão santinhos. A sociedade é que é cruel, pois ela que os criou, agora eles têm que cobrar seus direitos de continuar estuprando, matando, traficando, dentre outros crimes que nem são mais tão considerados assim, pois até isso querem afrouxar. Realmente, cheguei a conclusão que vale a pena ser bandido no Brasil. Bandido tem todas as regalias. Bandido pode matar, roubar, estuprar, pois se vai pra cadeia, logo logo é solto. Se não for, basta se rebelar, sair por aí matando todo mundo, que nada acontece. Afinal, mesmo eles fazendo toda merda do mundo, eles tem direito a indultos de dia das mães, natal, ano novo e tudo mais. Além do que, os bandidos contam com total proteção das entidades de direitos humanos. Basta ferir um bandidinho se quer, e pronto, todas as entidades aparecem ao mesmo tempo condenando tudo e todos.
Agora... Cadê essas mesmas entidades para se manifestar contra essa matança de policiais em SP? Até agora não vi nenhum, e olha que estou acompanhando as notícias na internet o dia praticamente inteiro. Dois pesos e duas medidas? Policiais não são seres humanos então? Que eu saiba, direitos humanos deveriam ser para todos.
Viu como vale a pena ser bandido no Brasil? Eles são sempre protegidos, sempre os coitadinhos, os inocentes, as vítimas da sociedade. E nós, cidadãos do bem, cada vez mais confinados nos nossos mundinhos dentro de casa, pois não temos o direito de ter um carro legal, uma roupa legal, de podermos andar na rua em paz, não temos o direito de tirar 10 reais no caixa eletrônico pra comprar algo, não temos direito nem sequer de sermos livres. Sim, somos prisioneiros, prisioneiros dos bandidos. Cada vez mais colocamos grades nas nossas casas, cachorros, alarmes. Cada vez mais gastamos dinheiro com seguros, dentre outras coisas. Enquanto bandido vai pra cadeia, não trabalha, e ainda come de graça. Aliás, as nossas custas.
Isso se chama Brasil...

domingo, maio 07, 2006

Fazia tempo que eu não ficava na net até essas horas da manhã, mas como amanhã (ou melhor, hoje) não tenho nada pra fazer, resolvi ficar.. Fim de noite já é um desastre ecológico, fim de noite + sono então, sem comentários. Fim de noite mais sonhos de conhecer a Turquia, fazem com que ela fosse no Youtube procurar vídeos sobre o país. O resultado não foi bem o esperado, mas rendeu gargalhadas fenomenais em plena 2:30 da manhã:


Mariana: gente!
hahahahahaha
procurei por turkey no youtube,
pra ver videos da turquia
e achei perus se fodendo.
hahahahhahaa
turkey fucking!
hhahahahaha
puta que pariu!
mt bisonho!
hahahahahahah
ahhahaa
cara, quem foi o doente que fez esse filme...

me: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
meuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
não acredito UHAUHAHUAHUAHAHAHAH
nossa, deve ser uma cena...
huahuahuahuahuahua!

Mariana: hahahahah
tem varios.
em diferentes locais.
putz.
hahahahahhahaha
me: affffff
q horror
HAHAHAHAHAHAHAHA"

Mariana: fazer oq?
oq vc tah fazendo ae?

me: tô quase mijando nas calças de rir
fuia té contar isso pra minha mãe
huahuahuauhahahahuahuahuahua

Mariana: hahahahhaahhaha
vc tinha que ver o clipe... cara
hahahahahahhaha
pior eh que eu vi.
hahahahaha
a turca.
hahaha

me: hahahahahahahahahahahaha!!
Mariana: perua

me: a turca fudendo
ahhhh
uhahuauhauhauhauhahuauhahuahuahuahuahuahuahuahuahuaa

Mariana: sendo esmagada pelo peru
hahhahaha

me: hahahahahahahahahahahahahaa
Mariana: pelo peru do peru

me: meu deus hahahahahahahahaha

Mariana: hhahahahhahahahahahahhahhahhahhahhahhahhhhahhaha
hahahahahhahhahahahhahahahahahah

uma perua e um peru.
me: meu, tô passando mal aqui hahahahahahahaha

Mariana: fodendo;
hahhahahhahahahaha
(ha)

me: cara.. como alguém perde tempo filmando peru trepando.. puta que pariu

Eu estou com a barriga doendo até agora de tanto rir, só de imaginar a cena bizarra que deve ter sido isso... E a cara dela ao ver tal vídeo.. Esperando um belo vídeo sobre Istambul, e aparece ... perus tranzando... eu morro e não vejo tudo hein!! Pra quem tiver curiosidade, cliquem aqui e vejam a cena bizonha! hahahahahahaha!

Depois dessa, vou até dormir.. Valeu as gargalhadas...

See Ya!!

quinta-feira, maio 04, 2006

Desde domingo, quando começou a esfriar, tem feito dias lindos! Faziam anos que não fazia um tempo assim, ventando o dia literalmente inteiro, e frio. Não está frio como antes, mas os dias lembram muito como eram. Já estou matando minha saudade de poder sair de calça jeans e manga comprida, coisa que já nem lembrava mais o que era. É tão bom andar na rua e não suar.
Esses dias ensolarados e frios lembram da minha infância/pré adolescência, quando eu gostava de ficar no sol lendo e escutando música. Era aquele sol gostoso, que não esquentava, ou se esquentava, era na medida certa, sem torrões.
Ultimamente tenho me sentido.. Estranha. Sinto como se todas as lembranças da infância e juventude me passassem pela cabeça ao mesmo tempo, criando aquele emaranhado de sentimentos, bons e ruins, mas predominantemente bons. Vamos ver até quando continuo assim...

See Ya!!

Photobucket - Video and Image Hosting Bad Boys Blue - Jungle in my heart

sexta-feira, abril 28, 2006

Comprei uma chapinha pra mim. Fazia tempo que estava afim de comprar uma, e agora finalmente tenho uma aqui, disponível só pra mim. Confesso que não tenho muito saco pra ficar mexendo em cabelo toda hora, mas como cabelereiro está caro pra kct, o jeito vai ser aprender na marra.. Vamos ver como eu me saio. :P
Um dia ainda terei dinheiro pra fazer meu tão sonhado Photon Hair.
Como é bom ter dinheiro né... Pode não ser tudo na vida, mas que a gente faz muita coisa boa com ele, ah faz.. Tudo bem que tem as ruins.. mas nada é perfeito..
Sim, hoje estou chata. Aliás, estou chegando a conclusão que provavelmente serei uma eterna perdida nesse mundo.. Será que nasci no mundo certo? Sei lá..

See Ya!


Photobucket - Video and Image Hosting Journey - Wheel in the sky

domingo, abril 23, 2006

Apesar de eu ser uma pessoa baladeira, tem horas que curto um pouco de sossego.. E assim foi meu feriadão de Tiradentes.. mais sossegada impossível.. aproveitando o dia lindo pra visitar várias praias, e tirar várias fotos.. Adoro sentar em pedras de vista pro mar e ficar pensando na vida.. É bom pra dar uma arejada no cérebro. Também aproveitei pra visitar a Praia da Tainha, que na minha opinião, é um pequeno pedaço do paraíso. A praia é minúscula, e só se tem acesso por um morrão, que é intransitável em dia de chuva. O morro é uma desgraça, mas o sacrifício compensa e muito. Aquela praia minúscula transmite uma paz tão grande, que a vontade é de sentar numa das pedras que tem ali, e esquecer da vida. Se eu pudesse, teria uma casa ali. Aliás, queria ter duas. Uma ali, e outra na minha amada Balneário Camboriú. Quando estivesse afim de recarregar as energias, fugia pra lá. Seria uma ótima idéia né. Image hosting by Photobucket
Sonhar por enquanto é de graça né.. É melhor até falar baixo, antes que os políticos escutem e criem um imposto pra isso. Do jeito que a coisa anda, não duvido.. hehehehehe!!

Tenham todos uma ótima semana!


Image hosting by Photobucket Dream Theater - Another Day

domingo, abril 09, 2006

Papo altamente filosófico


Brynhild... alcoolizada diz:
quero ver o chile...
Brynhild... alcoolizada diz:
mas morar lah jah eh demais.
Brynhild... alcoolizada diz:
eles falam espanhol...
Brynhild... alcoolizada diz:
eh brochante
Millenia. diz:
vc não curte espanhol ?
Brynhild... alcoolizada diz:
não...
Brynhild... alcoolizada diz:
eu curto alemão... noruegues.
Brynhild... alcoolizada diz:
lugares com loiros altos, saca?
Brynhild... alcoolizada diz:
hahahhahaahah
Millenia. diz:
Image hosting by Photobucket
Millenia. diz:
eu tô falando do idioma..
Brynhild... alcoolizada diz:
eu sei!
Brynhild... alcoolizada diz:
mas dah na mesma!
Brynhild... alcoolizada diz:
haahhahaha
Brynhild... alcoolizada diz:
agora que eu percebi oq eu disse.
Brynhild... alcoolizada diz:
hahahahahah
Brynhild... alcoolizada diz:
meu deus.
Brynhild... alcoolizada diz:
eh o alcool.
Brynhild... alcoolizada diz:
eu acho o espanhol mais ou menos... mas em geral brochante.
Millenia. diz:
Image hosting by Photobucket
Brynhild... alcoolizada diz:
eu gosto de linguas do norte europeu, ou leste...
Millenia. diz:
ai meu deus!!
Brynhild... alcoolizada diz:
que vem de brinde com caras gatinhos!
Brynhild... alcoolizada diz:
hahahahaha
Millenia. diz:
eu também não tenho muito saco com espanhol não
Brynhild... alcoolizada diz:
eh mt obvio.
Brynhild... alcoolizada diz:
eu gosto de desafios
Brynhild... alcoolizada diz:
e de caras loiros!
Millenia. diz:
nem é por isso
Millenia. diz:
eu tomei birra de espanhol por causa daqueles argentinos pau no cu que vinham ´pra cá cagar o litoral e blumenau
Millenia. diz:
uuuuuuuuuuuuuuurgh!!
Brynhild... alcoolizada diz:
eles cagavam mesmo???
Millenia. diz:
Image hosting by Photobucket
Millenia. diz:
bom.. não vi nenhum argentino agachado no meio da rua cagando..
Millenia. diz:
mas enfim, o "cagar" foi no sentido de gíria mesmo
Brynhild... alcoolizada diz:
hahahahhahahhahahhahahahhah


Image hosting by Photobucket Rádio Israelense na Web