quarta-feira, outubro 11, 2006

Desde criança sempre tive cachorros. Cresci com uma fêmea da raça Pastor Alemão, a Bianca, que era uma cachorra extremamente sociável. Ela aceitou na boa quando pegamos a Pink, minha poodle que viveu com a gente durante 15 anos.
Todos os outros cachorros que tivemos depois dela sempre se deram bem. Até que eu peguei a Sendi. Essa é completamente anti social. Não aceita nem os filhotes dela, imagina outro cachorro.
Hoje quando voltava pra casa, debaixo de um temporal ferrado, e tentando não molhar pelo menos a cabeça embaixo da sombrinha, pq o resto já estava tudo molhado, um cachorro do nada me vê e começa a me seguir. Não faço nem idéia daonde saiu aquele animalzinho simpático, só sei que eu fiz de tudo pra ele parar de me seguir, sem sucesso.
Fiquei tão triste em não poder pegar aquele cachorrinho, ele era tão bonitinho, e me parecia tão dócil. Ele veio me seguindo até a porta da minha casa, e infelizmente tive que espantá-lo, pois se a Sendi escapasse pela porta ao abrir, não sei o que seria do coitado.
Só que esse cachorrinho é brasileiro e não desiste nunca. Está até agora sentado na porta da minha casa, esperando eu abrir. Aiii que pecado! Photobucket - Video and Image Hosting
Dei um pouco de ração pra ele, e amanhã se ele estiver aqui ainda, vou convencer minha mãe de levá-lo ao veterinário, com certeza lá ele arranjará alguém pra doar. Ahh, mas eu queria poder ficar com ele.. Photobucket - Video and Image Hosting

Fui!


Photobucket - Video and Image Hosting Billy Ocean - Caribbean Queen

Nenhum comentário: