terça-feira, outubro 25, 2011

Ilhabela

Até sábado passado não conhecia absolutamente nada de litoral de São Paulo. Pra não mentir, conhecia somente Praia Grande, e de passagem, confesso que a impressão não foi uma das melhores mas...

Finalmente tive a oportunidade de conhecer um pedacinho do litoral norte. O Vander vivia me dizendo que eu tinha que conhecer, e finalmente fomos. Já estava entrando em síndrome de abstinência de pegar estrada, pois desde que bateram no nosso carro não viajamos mais. E como o bendito ainda não voltou, decidimos alugar um carro. Saiu caro, mas pelo menos deu pra matar as saudades da estrada.

Murphy nos avacalhou com o carro, mas nos deixou em paz no quesito tempo. Pegamos dias lindos, e além de matar saudades de pegar estrada, matei saudades de tomar banho de mar, pois desde a minha viagem traumática para Aracaju não sabia o que era dar um bom mergulho no mar.

Eu simplesmente adorei a ilha. Bem que o Vander havia me falado que o local era muito agradável, e realmente, é. A pousada que ficamos, Villa Vittoria é muito fofa! E o atendimento impecável. Tem até besouros simpáticos. Não que eu ache isso uma vantagem, mas foi hilário chegar na mesa do café da manhã e dar de cara com um besourão te dando bom dia. Tá, quase saí correndo, mas a experiência foi marcante...

O que eu mais curti lá é o fato de ser bem preservada a mata nativa. Felizmente a especulação imobiliária não chegou lá, e sinceramente, espero que não chegue. Basta ver o que aconteceu com Florianópolis, onde chegaram ao cúmulo de construírem um shopping em cima de um manguezal...

Mas voltando à Ilhabela: chegamos na madrugada de sexta pra sábado lá pras 3 e pouca da manhã. Demos entrada na pousada, dormimos, e 9 da manhã estávamos prontos pra tomar o café (e sermos recepcionados pelo besouro simpático rs), e irmos pra praia. Decidimos ir na Praia do Curral, que era ali do lado. Uma praia deliciosa! A água estava bem geladona, devido à frente fria que passou recentemente por aqui, mas eu encarei mesmo assim. Ê que delícia! Nem lembrava mais como é bom tomar um bom banho de mar!

Ficamos um tempo lá, e depois decidimos dar umas voltas pra conhecer melhor a ilha. A vista da estrada é a coisa mais linda, aquele marzão lá embaixo.. De tirar o fôlego!





Depois fomos dar uma volta pelo centro antigo, e aproveitei pra tirar foto das esculturas de lata que tem lá perto:







Andamos pelo centrinho, voltamos pra pousada pra descansar um pouco, pois eu estava pior do que zumbi.. Lembra que eu falei que Murphy deu uma trégua no quesito tempo? Pois é. Mas ele sempre tem que avacalhar, então no quesito resfriado ele caprichou. E obviamente que estava super cansada por não ter dormido o tanto que precisava, e com aquele nariz podre. Era pra ter dormido meia hora e acabei dormindo por uma... Mas deu tempo de voltarmos ao centro antigo e jantar na Lanchonete Borrachudo. Infelizmente estava com o cérebro tão pifado que esqueci a máquina (sim, eu tive essa capacidade!) e não tirei foto do lugar. Troféu joinha pra mim! Hunf!

No dia seguinte tínhamos só a parte da manhã pra curtir praia, pois ao meio-dia fechava a diária, e infelizmente já tinha gente pra entrar. Decidimos ir até a Praia Grande, que era ali perto também. O dia estava mais lindo ainda, e sinceramente, tive pena de ter que ir embora. Por mim ficaria mais uns dois dias lá tranquilamente.

Voltamos ao hotel, fechamos a diária e fomos almoçar no restaurante Nova IorquI. Sim, isso mesmo, uma comédia.



Tinha até uma Estátua da Liberdade anã:



Divertidíssimo! O lugar era super agradável, e a comida, deliciosa! Recomendo! Ah, e caso você se esqueça do repelente, lá tem. Citronela. E foi o que salvou meus pés de serem devorados por borrachudos.

Depois do almoço delicioso em um lugar agradável, infelizmente era hora de partir. Seguimos em direção à balsa. Com aquele dia lindo deu gosto de sair do carro e observar o mar. Ê que lugar lindo!







Adorei aquele lugar. Faço questão de voltar em breve!
Aliás, uma curiosidade: lá não aceitam Visa em praticamente nenhum lugar. Só Mastercard. O porquê disso não faço idéia, mas caso vocês só tenham Visa (como eu), tirem dinheiro. #ficadica