quarta-feira, setembro 23, 2009

Punição correta ou exagero?

Punição a aluno que pichou escola logo após mutirão de pintura gera polêmica em cidade do Rio Grande do Sul

Bom, eu vi o vídeo ontem no Jornal Hoje, e sinceramente? Não vi nada demais. Eu achei corretíssima a atitude da professora sim. É de cedo que se aprende limites. É claro que limites se aprende em casa, mas infelizmente hoje em dia não é bem isso que vemos. O que vemos é exatamente isso: pais defendendo os filhos até embaixo d'água, e não os ensinando a ter limites. É uma pena, pois se os pais não dão, a vida vai dar lá na frente, e geralmente da pior maneira possível.

Não tem nada mais desanimador do que uma comunidade fazer um trabalho desses, pintar toda a escola, deixar tudo limpinho, pro guri simplesmente chegar lá e pichar tudo. Nada mais justo do que ele limpar!

Além do que, quem expos o garoto nem foi a professora propriamente dita, e sim um aluno da mesma sala, que filmou com o celular e colocou na net. Isso ninguém fala. A professora somente fez a sua parte, isto é, o puniu por ter feito algo errado. Ela não o agrediu, não utilizou de palavras de baixo calão, não bateu. Sinceramente, se sentir ofendido por causa de um 'bobo da corte', ah, conta outra vai. Sem comentários!

Está na hora de pararmos de passar a mão na cabeça de alunos como se eles fossem santos, e os professores carrascos. Uma coisa é agredir. Outra é punir. E o caso acima com certeza foi uma punição mais do que merecida.

13 comentários:

Mauro S disse...

Fiquei sabendo do caso hoje, este guri é um marginal, e lugar de marginal, mesmo menor, é na prisão, vivo dizendo isto, diviam punir menores infratores a partir de 14 anos, e não virem com estas distorções de conselhos que querem apagar o mal que um marginalzinho fez e punir quem quer ensinar.

A PROFESSORA ESTÁ CERTÍSSIMA!
Os pais errados, e estes conselhos... LAMENTÁVEL!

É assim que ensinam?
Na minha época, era diferente, eu tive educação, estes pestinhas não sabem o que é isto, e o governo com suas leis medíocres assinam embaixo.
É hora de mudar.

E de gritar também.
Parabéns pelo teu post.

Mauro S disse...

Exagero contra quem quer ensinar, a punição foi correta, o vídeo ter parado na internet não é culpa da professora, de nenhum educando, mas de outro menino/adolescente... não sei a idade.
Em função do teu post fiz um agora.
Na minha época e também na tua, fomos bem educados, mas hoje a má educação vem de cima, de dentro de casa, e dos exemplos que se veem por aí, e que querem empurrar goela abaixo como coisas comuns e corretas.
Todo dia que vejo ou ouço alguma notícia, vejo e ouço coisas completamente erradas e aquele que faz o mal se dando bem, e o que vive bem, penando para ter uma vida sossegada.
Assim não dá mais.
Algo tem que ser feito lá em cima, e para o bem de todos os justos, porque de bandido já chega.
Beijos!

Lú Silva disse...

Dê verdade viu! A impunidade não deve prevalecer em nenhuma hipótese. É o que penso.

ahhhh é muito bom a rede ser usada para disseminar conhecimentos sim!
Muuuito bom!!!!!

bjos fofos

Lú Silva disse...

Seus textos são semrpe muito bem escritos e de muito bom gosto. Parabéns viu !!!!

bjos

Julis disse...

Achei super correta e digo mais: cortaria os bracinhos e as mãozinhas, assim não pixaria mais nada, e cortaria a lingua da palhaça da mãe, assim pararia de falar besteiras tbm rs

Isaac Melo disse...

Denise,

a educar também exige algumas posturas firmes. A autoridade é o professor e não o aluno. É claro que o respeito a ambos é imprescindível.

Abraços!

Ivanhoé disse...

Em outros tempos, esse tipo de questão não seria nem discutida: sujou, limpou!!!

Criar polêmica em rede nacional por isso? E ainda tem gente capaz de defender o garoto.

Realmente, os tempos estão muito mudados!!!

Bêjoss!!!

Mauro S disse...

Tem selinho para você, beijos, Mauro

As Dores do Silêncio disse...

Oi td bem eu estou passando pra lhe comunicar que eu considero o teu blog um sonho;

Passe no meu e pegue o selinho!
e siga as regras!

buon giornata
baci
ciao

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Tenha um ótimo dia!

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

As coisas se invertem de tal maneira que educar pode ser uma coisa considerada errada.
Ela falou "Bobo da corte" pq ficou revoltada de ver o rabisco na parede. Isso tem que relevar,; como vc disse ela não usou palavras de baixo calão, nem agrediu, nem nada. O importante foi que ela quis a parede limpa de volta... e quem mandou o bobão rabiscar mesmo.hehe

Ótimo final de semana, Denise!
Seus escritos são muito bons!
Continue assim, ou melhor é dífícil. Não tô falando pra agradar não, vc escreve coisas muito relevantes, Parabéns!

Srta.Lua disse...

Olha eu achei uma atitude correta, o Bestão tinha que pintar a parede pra ver o trabalho que dá, quanto aos pais do aluno, ah faça-me o favor, tinha que ir pintar a parede tbem, pra ver se ele ia continuar passando a mão na cabeça do filho!

ah e vc viu a mãe que deu umas porradas no filho na delegacia, por que roubou? eu não achei errado não! Eu fiquei com dó da mãe que sai pra trabalhar dignamente e de repende descobre que o filho está entrando no caminho da marginalidade!

Meus pais sempre foram de conversar comigo, com meus irmãos, mas se nossos, ouvidos não funcionassem eles sabiam muito bem usar a linguagem de sinais que era umas boas cintadas, e graças a essas cintadas crescemos como cidad~oes de bem!

agora deixando de discurso ahuahuahua, bom final de semana, e tem selo pra ti lÁ NO BLOG

http://odiariodasrtalua.blogspot.com/2009/09/presentinhos-da-madrasta-e-selos.html

bjos!

Mauro S disse...

Saudades quando postavas mais seguido?
Muito trabalho?
Beijos.