domingo, julho 25, 2004

Conversando com um amigo meu há uns tempos atrás, sobre pirataria de cds, mp3, etc e tal, fiquei pensando comigo mesma. O que é pirataria afinal de contas?
As gravadoras querem processar quem baixa mp3. Mas eu não acho que o fato de baixar mp3 pode ser considerado pirataria. Pirataria, creio eu, é o ato de ganhar dinheiro com a obra alheia, seja música, filme, dentre outras coisas a mais.  Agora, pessoas como eu por ex, que baixo as músicas, apenas para uso pessoal, sem nenhum ganho financeiro em cima disso.. pode ser considerado pirataria?
Poxa, a internet bem usada, nos proporciona um leque de conhecimento muito maior. Eu lembro quando eu era adolescente, lá pros meus 12, 13 anos. Não existia nada disso. Era vinilzão, e muita coisa a gente não achava, tendo como única solução colocar a fita no tape deck e gravar do rádio mesmo. Sem contar que era tudo muito limitado. Muitas bandas simplesmente não tocava em rádio, e só quem fuçava muito descobria, pois não tinha a informação que se tem hoje. Não existia mídia especializada, pelo menos não no Brasil. MTV? o que era isso? (tudo bem, muitos vão dizer que MTV é lixo, bla bla bla, mas vamos reconhecer que é uma mídia especializada na área musical). TV a cabo? q q era isso?
Aos poucos, foram chegando todas as tecnologias.. Chegou finalmente o sistema de TV a cabo no Brasil, o que facilitou pra caramba muitas coisas em termos de informações. E claro, finalmente chegou a internet.
Eu posso dizer que graças a Internet, descobri as bandas que mais amo hoje em dia, inclusive o HIM. Que com certeza, sem internet nem saberia que eles existem, pois se depender da "divulgação" deles no Brasil.. pff. Os cds deles eu estou fazendo questão de comprar os originais. Geralmente quem é fã, compra os cds originais. Mas como eu descobri eles? na base da mp3!  E isso não me impediu de eu adquirir os cds originais da banda!
Muitas músicas eu baixei em mp3.. Inclusive músicas cantadas em sueco, em finlandês, coisas que eu NUNCA acharia pra vender no Brasil. Agora vem os gananciosos da indústria fonográfica querer processar quem faz download de mp3? Eu considero isso uma ditadura, e uma proibição do meu direito de conhecimento. Pois música também é conhecimento, é cultura.
E tem outra: muitas músicas nunca acharemos em cd pra comprar. Eu tenho várias aqui na minha playlist que com certeza, se procurar em cd, a probabilidade é mínima de achar. Então, o que que tem de errado em eu tê-las no meu computador?  q q tem de errado eu gravar um cd com a seleção musical que eu curto pra escutar no discman? Eu comparo isso na época em que se fazia uma seleção de músicas em fita pra escutar no walkman.
Sou completamente contra a pirataria. Sempre comprei cd original, e os que eu tenho gravados, ou eu ganhei, ou eu quem gravei pra escutar no discman quando eu viajava. Mas nenhum deles eu obtive lucro financeiro, nem dei lucro pra ninguém. Se eu curto a banda mesmo, eu compro o original com certeza. Acho que é uma maneira de privilegiar o trabalho da banda/cantor/a. Agora,  sou contra a ditadura das gravadoras de querer tentar me proibir de escutar uma música que eu curto no meu computador, ou de me proibir de descobrir novos grupos musicais que eu possa vir a curtir, e pq não, comprar o cd original mais tarde.

See Ya!!

In Flames - The Quiet Place
 

Nenhum comentário: