sexta-feira, março 06, 2009

Vasculhando pelo orkut, achei um tópico sobre extintores de incêncio, que dizia o seguinte:

''Resoluções do Contran - extintores de incêndio

Agora é norma do CONTRAN e dá uma multa de R$ 127,50 para quem for apanhado fora da lei : "O extintor de fogo obrigatório do carro tem que estar livre do plástico que acompanha a embalagem." Então, tirem a embalagem plástica dos extintores de seus possantes e deixem o acesso livre. Se um agente de trânsito parar seu carro e verificar que o extintor está protegido pelo saco plástico - ele vai te autuar 5 pontos na carteira; e você só segue viagem após tirar o plástico, desde que o bendito extintor esteja com a validade em dia (e mais os tais R$ 127,50). Outra Resolução dispõe sobre a obrigatoriedade do extintor classe A,B,C e não só B,C. Os novos extintores de incêndio veiculares com pó ABC são dotados de uma tecnologia que os tornam mais eficientes do que os atuais equipamentos, uma vez que se destinam a apagar também princípio de incêndio da classe A, ou seja, materiais sólidos combustíveis, como revestimentos, estofamentos, pneus, painéis, tapetes. O extintor ABC, além de abranger todos os materiais presentes nos veículos, tem uma maior capacidade extintora e apresenta, ainda, como vantagem adicional sobre o extintor BC a garantia de cinco anos. Hoje, o extintor original de fabrica com pó químico “BC” possui três anos de garantia e os recondicionados, um ano.''

Tentei achar a resolução propriamente dita no google pra poder colocar uma fonte mais confiável que o orkut, mas a preguiça me impediu de vasculhar mais ainda e acabei deixando pra lá.

Sinceramente? Acho interessante ter extintores de incêndio em carros, mas euzinha aqui, se me deparar com um carro pegando fogo, a minha primeira reação vai ser correr o mais rápido que eu posso e evaporar do local! Tenho muito medo de fogo, e a última coisa que eu quero ter que passar, é enfrentar um carro pegando fogo com um extintor de incêndio que provavelmente só vai dar pra amenizar, mas não extinguir propriamente dito.

Ao ler esse tópico, me lembrei de uma situação tosca, mas engraçada quando eu tinha uns 14 anos mais ou menos. Naquela época meu pai sempre me levava pro colégio de carro antes de ir trabalhar. Tínhamos um Voyage - que era uma bomba ambulante, ô carrinho horrível - , e nem preciso dizer que vivia dando pau. Um belo dia, estávamos eu e meu pai no nosso queridíssimo Voyage bomba, quando de repente, começa a sair uma fumaceira do caramba do capô. Só sei que saímos do carro, ele abriu o capô e saiu aquela mega fumaceira. Caramba, me deu um medo tão grande que eu não pensei duas vezes: disse tchau, atravessei a rua e fui pegar um ônibus. Ah sim, meu pai já havia conseguido ajuda, e definitivamente eu só iria atrapalhar ali. Tá, eu sei que muitos devem estar pensando ''que filha mais desnaturada'', mas sinceramente, meu medo fala mais alto. Não sei se hoje teria a mesma reação, mas acredito que provavelmente iria me afastar o máximo possível.

Bom, quanto ao carro da minha mãe, nem faço idéia que tipo de extintor tem lá. Vou até dar uma olhada só por curiosidade. Como moramos perto de tudo que precisamos, o pobre carro está criando raízes na garagem do prédio... E se depender de mim, vai criar raízes profundas, não dirijo e nem faço questão de voltar a dirigir. Talvez um dia minha mãe se empolgue, e volte a dirigir. Mas antes temos que verificar o extintor.. E rezar pra nunca precisar usá-lo.

5 comentários:

Fábio Carvalho disse...

... Ainda bem que o meu ta em dias.^^

Graças a Deus nunca usei...hehe

;-)

Dedo disse...

aahhahahahahahahah

quanto medo do fogo! só por que ele é quente e queima? hahahahhahahha

extintor, sabendo usar resolve vários problemas. ;]

luluonthesky disse...

Fico em pânico qdo ouço falar em incêndio. Obrigada pela visita.
Feliz dia internacional da mulher.
Big Beijos

Simoninha disse...

Jura que não tão usando o carro?
Que coisa boa!
Bjs

Simoninha disse...

Jura que não tão usando o carro?
Que coisa boa!
Bjs