sexta-feira, março 27, 2009

É de se espantar a quantidade de gente que simplesmente descarta seus animais de estimação. Em Blumenau, todo fim de ano era uma desgraça. Cansava de ver animais nas ruas, inclusive de raça, pois todo mundo fugia pra praia, e ninguém queria saber de gastar dinheiro com bicho de estimação, e nem levá-los junto.
Muitos descartam porque eles aprontam. Eles acham um filhotinho, seja de gato ou cachorro fofinho, mas esquecem que eles mordem, destróem as coisas - principalmente se não forem educados, coisa que muitos donos não tem paciência de fazer - te acordam de madrugada (gatos são mestres nisso), descobrem o puxa-saco na cozinha e tiram todas as sacolas pra fora (eu deparei com essa cena hoje de manhã), escalam no box do banheiro (gatos também são mestres nisso), dentre outras estipulias a mais. Muita gente acha que o animal tem que ficar parado, que nem um bichinho de pelúcia o dia inteiro. Se esquecem que animais são seres vivos, que fazem xixi, cocô, vomitam, podem ficar doentes, e por aí vai.
Fora os gastos. Sim, um animal de estimação tem seus gastos, com vacinas, ração, castração (castrar evita doenças e crias indesejáveis,), caixa de areia + areia no caso dos gatos, escovação, banho e passeios diários no caso dos cachorros. Tudo isso gasta dinheiro. É normal. Mas muita gente acha que não. Aí, joga o pobre animal na rua.

Eu tenho 3 gatos. Como disse anteriormente, eles aprontam, como qualquer gato saudável. Descobrem coisas que até Deus duvida. Aprenderam a abrir a porta do móvel de TV a da sala. Descobriram o puxa-saco na cozinha, e fazem a festa com as sacolas - Ultimamente eu tiro de lá antes de dormir. Em vez em quando um deles escala o box do banheiro. São uns pestinhas, mas eu os amo mesmo assim. E tenho plena consciência que desde que os peguei da rua, que eles merecem ser bem tratados, e como qualquer ser vivo, tem seus defeitos. Afinal de contas, seres humanos também tem defeitos, e muitas vezes piores que simples sacos plásticos espalhados pelo chão. Além do que, a alegria que eles me dão compensa todas as traquinagens que eles fazem!

Conheçam meus filhinhos:

Photobucket



Então.. Se você não tem um animal de estimação e está pensando em ter um, pense bem. Mas pense mesmo! Você tem paciência para educar um filhote? Tem como manter as vacinas em dia, dar ração que tenha pelo menos o mínimo de boa qualidade? Tem consciência de que ele pode ficar doente, e precisar de tratamento? No primeiro móvel arranhado já vai ficar com raiva e pensar em dar fim no animal? Tem tempo pra dar atenção e carinho? Pra brincar um pouco com ele? Reflita bem, e tenha em mente que um bicho de estimação pode viver até 15 anos, então, lhe acompanhará por um bom tempo. Caso não tenha toda essa disposição, melhor não ter. Tenha um bicho de pelúcia.

6 comentários:

MaK-PG disse...

Siameses???

Cidinha disse...

é miguxa... no mínimo precisamos dar um lar pra eles!!!
a minha Nina mesmo, ela tava abandonada e eu peguei pra cuidar.

Clarissa disse...

seus filhinhos são linduXus!! e eles são meus amiguinhos (ha)
adoooooooro eles!!
e vc nem conheceu a minha filhinha né??? hunf... deixa vc....

bjuuuuuuuuuu

Lucia disse...

a pet shop aqui da esquina tá sempre doando bichinhos. e não sao poucos.

Lucia disse...

aliás, seus gatos são lindos

Gata Lili disse...

Os seus três filhotinhos são lindos. eles tiveram muita sorte de terem sido adotados por uma mãe responsável como você.

infelizmente, algumas pessoas pensam que animais de estimação são como brinquedos e esquecem que são seres vivos.

parabéns por você ser a pessoa que você é!