quinta-feira, abril 16, 2009

Letrinhas mutantes

Ao contrário de muitas pessoas, minha escrita muda com o passar dos anos. É interessante ver que algumas amigas minhas tem a letra praticamente igual desde a época de colégio. Já a minha não, sofreu uma profunda transformação desde que eu aprendi a escrever até agora.

Quando eu entrei no colégio, minha letra era um terror. Corrigir minhas provas era o pesadelo pra qualquer professora, pois até conseguir decifrar minha letra levava um tempo. E não é exagero não. Eu odiava caligrafia, odiava ter que fazer as letrinhas como o caderno exigia. Na época eu era apenas uma criança, e não entendia direito o motivo de odiar tanto caligrafia. Bom, hoje talvez eu saiba. Dependendo do meu humor, eu escrevo de um jeito, ou de outro. E a caligrafia me obrigava a escrever sempre igual.

Com o passar do tempo, minha letra foi ficando mais legível, mas não era lá grandes coisas. Até que eu comecei a escrever cartas. Foi aí que fui me obrigando a melhorar, pois não tem coisa pior que receber uma carta com letra ilegível, ainda mais em inglês.

Quando me mudei de Blumenau pra cá, joguei muita coisa fora, incluindo minhas agendas da época em que eu era adolescente. Antes de queimá-las, eu li algumas coisas, e comecei a reparar como minha letra mudou! Antes ela era redonda e enorme. Agora ela é pequena e pontuda. Meu ''a'' maiúsculo mudou do arredondado pro A de imprensa. Meu ''r'' também mudou. E etc..

Mas mesmo assim, continuo escrevendo diferente do que eu escrevia há um ano atrás. Não sei explicar o motivo disso, mas posso afirmar que hoje em dia fiz as pazes com minha letra, e hoje gosto dela. O único problema é minha letra ''d'' maiúscula. Eu escrevo de dois jeitos. E quando vou assinar meu nome tenho que lembrar qual o ''d'' maiúsculo que tá na carteira da identidade.. Tosco, mas real. Dizem que a nossa escrita reflete nossa personalidade.. Vai saber..

8 comentários:

Fábio Carvalho disse...

eu acho que tudo vai da experiência e prática;
quando aprendemos a escrever, em razão da inexperiência, escrevemos meio "tortamente" por falta de prática...

O mesmo se passa quando aprendemos à dirigir..., que atire a primeira pedra quem nunca deixou o carro morrer numa subida, logo nos primeiros passos...

Laura disse...

A minha muda, mas não muito, só que continua feia.. odeio minha letra e ainda tem um agravante, eu escrevo rápido, aí piora tudo! =\

MaK-PG disse...

Diziam que minha letra era desenhada de tão perfeita que era. Levava muito a sério os cadernos de caligrafia, provavelmente refletia minha personalidade perfeccionista e organizada. Minha letra mudou também, agora parece de médico, são rabiscos angulosos de vertíces agudos. Nem quero saber o que representa na mudança de personalidade... hehehe

Lucia disse...

aaaaaa, corrigi prova com letra ruim é horrível, mas o pior é aquela prova toda suja e borrada. A minha letra muda toda hora, já tive letra de forma, manuscrita. Depende do dia.

Marisa disse...

Oi Denise!
Desde já agradeço a tua visita ao meu blog =) Fico feliz de dar a conhecer melhor o meu país!
Gostei imenso do layout do teu blog. Simples mas muito bonito.
Realmente a minha letra talvez se alterou bastante desde a primária até hoje... No entanto a minha sempre foi legível!
Acredito que seja um pesadelo para os professores corrigirem testes/fichas com uma letra ilegível... LOL =)
Bju*

Julis disse...

a minha mudou mas até que nem tanto assim... acho rsrsrs

Mauro S disse...

Minha letra é tão simples, lembro dos cadernos de caligrafia, mas não da minha época escrevendo neles, pois o colégio faz parte de um passado muito distante pra mim, principalmente nesta época do começar a escrever, mas ora escrevo tudo maiusculo, ora minusculo, e não tenho uma assinatura ímpar, diferente, nem letra de médico como acho que era a sua quando menor e pelo texto, até pouco tempo atrás.
Gostando de seus posts, prendem a leitura, como disse, sigo neles!
Sigo no seu blog.
No meu venho raramente, sou mais dos flogs.

Lindy disse...

A minha muda até conforme a caneta que uso... Tem dias que fica linda, tem dias que argh!hehe
Não se sinta só! Ha²²²²²