quinta-feira, fevereiro 18, 2010

Valores distorcidos...

Maria Islaine de Morais. Cabeleireira. Depois de muito tempo implorando por proteção após sofrer ameaças de morte do ex marido, foi covardemente assassinada pelo mesmo, sem dó nem piedade.

Ezequiel Toledo de Lima. Um 'dimenó' (que agora é 'dimaió') infrator, que junto com seus comparsas arrastou até a morte João Hélio, uma criança de 6 anos no Rio de Janeiro. Cumpriu sua pena socio-educativa, como prevê nosso 'maravilhoso' ECA. E agora, provavelmente será recompensado por isso, tendo a possibilidade de ir morar na Europa por estar sofrendo ameaças.

Vejam a 'pequena' diferença. Nenhuma ONG se interessou por Maria Islaine. Mas infelizmente ela cometeu o crime de nascer em um país machista, hipócrita, em que ainda existe a mentalidade de ''briga de marido e mulher não se mete a colher''. Já Ezequiel está com a vida feita. Simplesmente porque cometeu um crime (bárbaro, diga-se de passagem) enquanto era menor. E só por isso já basta para sair do Brasil pela porta da frente.

E pensar que tantos brasileiros honestos, com toda documentação em dia são covardemente barrados e humilhados nos aeroportos americanos e europeus.

Inversão de valores total. Realmente para Ezequiel, o crime compensou. E muito.

10 comentários:

Maldita Futebol Clube disse...

Uma palhaçada,por isso sou a favor da pena de morte ou de trabalhos forçados para o goiverno em um campo agrícola de máxima proteção. beijos.

Si Wasabi disse...

A vida como ela é!!! Eu prefiro pensar que o mundo dá voltas e uma hora cada um vai ter o que merece, pra não perder a fé no mundo...

bjsss

Mauro S disse...

Estou desiludido com tudo isto, com o sistema ao contrário aplicado no Brasil, e não é de hoje.
Menor deveria ser preso aos 14 anos se praticasse algum crime, e aos maiores nada de matar e depois de um tempo ganhar a rua, trinta anos tem que ser 30 anos, e os direitos humanos devem se preocupar em primeiro lugar com as vítimas e não com os assassinos sem escrúpulos, e o governo tem que dar mais valor a saúde e a segurança ao invés de fazer do Brasil um roteiro de férias, enfim, enquanto nós brasileiros não soubermos mudar, começando pelo voto, o Brasil continuará assim, e esta inversão de valores continuará acontecendo.
Este ano tem eleição, e achas que vai mudar alguma coisa?
Eu acho que não, perdi as esperanças há muito tempo, para tudo, e inocentes continuam se dando mal ao passo que sacanas se dando bem e criminosos sendo protegidos... TEM QUE MUDAR!

Mauro S disse...

Estou em diversos programas na internet, mas nada de jogos porque não gosto mesmo, gosto de curtir uma amizade, é isto, beijos.

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Você viu Denise!
Eu achei totalmente absurda essa ideia do Ezequiel ter essa oportunidade... só pq sofre ameaças... gostaria que fosse diferente, o que vai ter dimenó que cometeu crimes beneficiados depois dessa brecha não é brincadeira... deveriam brecar isso já!

Pq não levam meu priminha de 14, que não fez nada de errado na vida... dá pra ficar revoltado!!

Até concordo de levarem para outro estado, pra outra cidade, pra outro cafundó com outro nome, mas pra outro país da Europa ainda, pra ter oportunidade foi demais.

hehe, tô Revoltado hoje com isso!

Roberto Tramarim disse...

Apenas lembrando que tudo o que estaria acontecendo neste caso é consequência de uma lei absurda, o ECA que limita a permanência do menor por mais do que 3 anos detido.
As pessoas que criticam o episódio devem ter consciência de que o ECA precisa ser revisto, porém lei se discute, mas se cumpre.
Entendo a indignação de muitos, é a minha também, mas é fato que qualquer pessoa que esteja sendo ameaçada pelo motivo que for deve sim ser protegida pelo programa de proteção a ameaçados.
O erro não é proteger Ezequiel se este realmente estiver ameaçado, o erro foi não ter protegido TAMBÉM a Maria Islaine, que ja havia feito vários B.O.s contra o homem que finalmente a matou.
Não basta resmungar contra as leis, é necessário lutar pra muda-las, este ano tem eleições e vamos eleger legisladores. Pensemos nisto pois.

Silvia 'Sam' Cássivi disse...

Lembro que eu chorava toda vez que via sobre esse crime do menininho, um horror!!!!!!
Sabe o que é pior? quando completam 18 anos, não impoirta o quanto tenham aprontado, os criminosos têm as fichas 'zeradas', entram na vida adulta só com uma notinha de que estiveram em alguma casa assistencial.
Tá na hora de mudar!!!! mas só Deus sabe quando isso vai acontecer.

Nana disse...

Eh revoltante mesmo. Bjs e fik com Deus.

Lú Silva disse...

Para mim o crime nunca compensa, apesar de ver muitas coisas erradas no mundo.
Sabe Dê, hoje em dia as pessas não estão sendo tratadas como pessoas. Ou seja, com amor. Só o amor pode vencer tantas coisas ruins. O mal está por todo o lado, mas vejo que o amor, o nosso olhar, pode sim mudar o mundo. O que escrevo parece papo de idealista, mas vejo o mundo assim.

bjos fofos

Srta.Lua disse...

É triste!, mas é como minha vó diz: "Tenha fé!!!"

mas ando meio cansada de ter fé!