terça-feira, junho 02, 2009

E a semana começou... bem mal.

Acredito que todo mundo está sabendo do avião da Air France que caiu. O pior de tudo isso é que, pelo fato de ele ter caído no mar, as chances de acharem os corpos são pouquíssimas, o que agrava o sofrimento das famílias.

Mas o que eu quero falar nem é sobre isso, afinal, os noticiários estão toda hora atualizando informações. O que eu acho tragicômico, é essa mania de, sempre quando acontece uma tragédia dessa, aparecem videntes sabe lá Deus de onde dizendo que sabiam que isso iria acontecer e bla bla bla. E pra piorar, aparece um bando de baba-ovos lambendo o fiofó dessas pessoas totalmente sem escrúpulos.

Lembro quando aconteceu o acidente aéreo com os Mamonas Assassinas. Foi tanto sensacionalismo em cima da morte dos caras que fiquei enojada. Agora, com essa tragédia com o vôo da Air France, já estão aparecendo várias ''Mães Dinás'' com a mesma ladainha. A Sônia Abraão é outra que deve estar feliz da vida, afinal, vai ter assunto pro programa fútil dela por pelo menos uns 6 meses.

Assistindo à tudo isso, me vem na cabeça a ignorância de muitas pessoas. Tenho amigas que são Psicólogas clínicas, e vivem pastando com os calotes que levam dos pacientes. Isso quando não abandonam o tratamento no meio, alegando ser caro demais. Pagar uma consulta no médico? Nem pensar! Pra que gastar dinheiro com um profissional que estudou, e está preparado? Agora, se uma vidente picareta pede 500 reais pra garantir qualquer coisa, a pessoa é capaz até de se prostituir pra conseguir o dinheiro e pagar. E o que falar dessas pseudo-igrejas, lideradas por estelionatários e picaretas? Se deixar, o cara é capaz até de dar o fiofó pra conseguir um lugarzinho no céu. Cansei de ver histórias de gente que pagou mil, dois mil, ou até mais para pastores, videntes, curandeiros, e claro, se ferraram com força. E sinceramente? Não tenho dó não. Mesmo porque, se fosse pra pagar um profissional competente, mesmo com a consulta bem mais barata, essa gente não pagaria. Preferem dar tudo que tem pra pessoas duvidosas.

Sinto muita pena das famílias, que além de provavelmente não poder enterrar seus mortos, ainda têm que se deparar com esse tipo de gente dizendo que ''previu tudo''. Santa ignorância!

7 comentários:

Srta.Lua disse...

Realmente, ô meu São sinfronio!

Se previu por que não avisou? ninguém embracaria não é mesmo!
Fácil prever depois que aconteceu!

ah! caso alguém queira ler o meu futuro faço a a seguinte proposta: "quero os 6 números da mega- sena, assim que sair e o resultado e eu ficar rica, eu pago!" ;_O # o que acham?

ah! eu sempre acreditei em probabilidade, não em bruxaria!
minha vó vive dizendo que eu tenho contato com os espíritos!

Uma merda que eu tenho! eu tento explicar pra ela que isso se chama observação, não mandiga! rsrsrs

mas é isso aí! assunto bem abordado, tá de parabéns! ;-)

Mauro S disse...

Você está certa, Denise, totalmente certa.
Ainda não vi notícias com estes caras que disseram ter previsto o acidente, mas querem se aparecer num momento de dor, não só de familiares, mas de todos, porque um acidente destes une a todos.
Quando chegar a minha hora, quero ser cremado, ficar na natureza, mas em nenhum momento jogado no mar.
O mar assusta.
Fico pensando se sofreram, se perceberam alguma coisa ou se quando aconteceu, foi de uma vez?
Tomara que não tenham sofrido nada.
Deus abençoe a todos que ficaram, e que os que partiram não tenham sofrido, beijos, Mauro

Tati E. disse...

Acho justo o assunto que colocasse em discussão. As pessoas preferem com certeza acreditarem no que estes "picaretas" dizem. É mais fácil tentar acreditar que era algo que iria acontecer. Acidentes, por mais trágicos que são sempre acontecem e no mundo todo. Basta estarmos vivos para que estejamos a mercê do destino. É difícil, muito difícil lidar com a perda e a morte. Não poder enterrar seu ente querido é mais dolorido, pois sempre ficará a esperança de encontrá-lo vivo. Por isso, é importante pensar no presente e vivê-lo como sendo especial. Pois a vida é curta.

Ivanhoé disse...

Olá Denise!!!

Realmente muito triste isso. Tanto o acidente, o sofrimento pelo qual passam as fmaílias e também esses Nostradamus de fundo de quintal que já sabiam de tudo. Se sabiam, pq. não diseram antes? Também fico indignado com essa atitude do povo brasileiro, como descreveste: "Pra que gastar dinheiro com um profissional que estudou, e está preparado? Agora, se uma vidente picareta pede 500 reais pra garantir qualquer coisa, a pessoa é capaz até de se prostituir pra conseguir o dinheiro e pagar". O mesmo também vale para economistas!!! O povo que tudo sem fazer força, e ainda vem com boca-dura do tipo "eu estou pagando uma consulta e ainda vou ter que me esforçar?"

Ontém mesmo ouví isso na casa espírita que frequento: é 80% do paciente e 20% do profissional ou da instituição religiosa. Nosso povo tem dificuldade para entender isso. Médicos, psicólogos, advgados, economistas e demais profissionais sérios (e mesmo entre eles há muitos picaretas) são pagos para indicar caminhos, não para percorre-lo carregando o cliente no colo.

Enfím, enquanto esta cultura não mudar...

Bêjoss!!

Gaby disse...

Olá Dê!
Bom, realmente é sempre aassim, e quando acontece essas coisas, é praticamente 24hrs na TV, isso cansa, nao sei como as pessoas aguentam. E esses programas então... não sei como alguem consegue ver rs.

Bjinhus flor

Lucia disse...

Quanto aos psicólogos que levam calote, eu diria que eles acabam entrando no jogo dos pacientes. Aprender a exigir o que lhe é devido e valorizar o próprio trabalho. Esse negócio de largar o tratamento no meio porque é muito caro é pura desculpa. Como você mesma falou, pra pagar vidente, o dinheiro aparece. Por isso que eu digo que os psicólogs acabam entrando no jogo e meio que compactuando com isso.

Julis disse...

Quer saber a real? Eu acho que todos esses videntes e mãe Dina, aquela safada gorda deveriam estar naquele avião no lugar das vitimas, eu não suportooo essa gente e povo brasileiro adora dar ouvidos à isso