sexta-feira, junho 26, 2009

Morre, aos 50 anos, um dos maiores astros da pop music mundial.



Quem nasceu na metade da década de 90, não chegou a pegar a grande fase de Michael Jackson, mas quem nasceu na década de 70 como eu, e que passou a infância e adolescência nos anos 80 e começo dos anos 90 sabe bem o que Michael Jackson significou para o mundo pop. Independente de gostar ou não das músicas dele, temos que reconhecer, o cara era bom. Extremamente criativo, inovou os vídeo-clipes, inovou na sua maneira de dançar, nas suas músicas, e até mesmo no seu estilo esquisito.
Infelizmente, toda a sua fama e dinheiro não foi suficiente para fazer com que ele superasse sua infância conturbada. Não é segredo pra ninguém que Michael era uma pessoa extremamente infeliz, em eterno conflito com ele mesmo e solitário. E é triste ver que alguém que teve uma carreira brilhante, acabou exatamente desse jeito: infeliz e sozinho. Realmente, a fama não é pra qualquer um, são poucos que sabem lidar com ela, e Michael não soube.

Ele se foi, mas sua obra fica. Suas músicas, que marcaram algumas gerações, estarão sempre por aí. Que ele finalmente consiga a paz que sempre procurou, e em vida nunca conseguiu.

7 comentários:

MaK-PG disse...

Post legal Millenia...

Mauro S disse...

Dissestes tudo, Denise, foi-se o mito, fica a música.
Vivi aqueles anos de 80, e naquela época curti bastante Michael Jackson.
Que Deus o tenha!
Beijos!

Um belo post!

Srta.Lua disse...

Pois é denise, sou de 1985, mas ainda sim peguei um pedaço dessa época!

o cara não fazia show, ele era o show!

que descanse em paz!

Srta.Lua disse...

Pois é denise, sou de 1985, mas ainda sim peguei um pedaço dessa época!

o cara não fazia show, ele era o show!

que descanse em paz!

Lucineia Silva disse...

Denise... a saudade vai ficar...
Olha, não ei mesmo o que esta acontecendo...rsrs...poxa!
quando post um comentário de fato
fica tudo ok... hum... vamos aguardar se melhora...rsrs...

bjos e bom fim de semana!

Lucia disse...

é verdade, né. ele nunca conseguiu essa paz que buscava.

Julis disse...

vai deixar saudades né amiga?