terça-feira, janeiro 05, 2010

Impressões de Aracaju e redondezas

Continuando a falar sobre minha viagem para Aracaju no fim do ano.

No post anterior falei sobre a minha hospedagem desastrosa. Agora é hora de falar sobre o passeio propriamente dito.

Já no primeiro dia, pegamos um chuvão master. Fizemos o city tour, mas com aquela chuva sinceramente não deu pra ver muita coisa. Paramos no mercado. Ao descer do ônibus, fomos recepcionadas por um cheiro fortíssimo de xixi. E pior, como tinha chovido, tinha poças no chão, e eu tinha minhas dúvidas se era xixi ou água da chuva. Ou os dois. E pra piorar, tinha ido de chinelo. Nem tive coragem de andar muito na rua, voltei correndo pra dentro do ônibus. Antes disso, comprei dois imãs de geladeira.
Depois de passear pela cidade com aquele tempo horroroso, a chuva parou um pouco, e fomos almoçar. Nos levaram para o Cariri, um misto de restaurante com barzinho que toca música ao vivo. Fomos bem servidos, a comida veio rápida, e estava gostosa. Até aí tudo bem. Eis que resolvemos perguntar quanto saía uma mesa para passar o reveillon. O garçom responde: R$ 500,00 uma mesa de quatro pessoas, com direito a uma Champagne. Com a ceia né. NÃO! Os 500 reais era somente pra sentar na mesa, a ceia não tava no pacote. Como assim? Exploração é pouco pra descrever isso. E como nada é perfeito, uma família que veio conosco não conseguiu almoçar, pois haviam perdido o pedido deles e ninguém sabia o que havia acontecido. É, tivemos sorte...

Depois do primeiro dia desastroso, tivemos mais sorte nos passeios seguintes. Conhecemos a praia de Mangue Seco, famosa por ser o vilarejo de Tieta. O lugar é lindíssimo! Aquelas dunas são de tirar o fôlego. A praia é deliciosa, água nem fria demais, nem quente demais, e sem aquelas ondas que te espancam. O ruim é a viagem de barco. Na ida vamos empolgados. Na volta parece uma eternidade, não chegava nunca. Mesmo assim é um lugar que eu recomendo. O atendimento é bom, a comida gostosa, o restaurante que tem lá tem estrutura, as pessoas são atenciosas, e pasmem, tem banheiros limpos! Ponto pra Mangue Seco!

Brincando com a sombra nas dunas. :D

Outro passeio que eu amei, foi na Praia do Saco. Definitivamente, aquela foi uma das mais deliciosas praias que já conheci em toda minha vida. Que água gostosa, não dava vontade de sair do mar. O lugar é lindíssimo. Mas é preciso paciência se vc quiser ser servido na beira da praia. Pois as pessoas que trabalham lá não anotam os pedidos e vivem esquecendo. Uma isca de peixe demorou uma hora e meia - eu cronometrei - , e uma cerveja levou meia hora. Isso que chamamos o rapaz várias vezes, e ele com a cara mais viajona do mundo: ''ah!! a cerveja!''. Hilário!

Também curti bastante a viagem para os Canyons do Xingó. Aquilo é uma obra de arte da natureza (com uma mãozinha do ser humano) que não tem nem palavras pra descrever. A viagem é extremamente cansativa, pois atravessamos o sertão do Sergipe pra chegar lá, mas vale a pena. No link postado tem várias fotos, cliquem e contemplem. Ao vivo é mais lindo ainda!

E o que eu achei de Aracaju propriamente dita? No dia do city tour nem vi muita coisa direito por causa da chuva, mas nas outras vezes que saímos, tive a oportunidade de ter uma visão melhor. A cidade me pareceu bem tranquila. Eu achei que não tem cara de capital. É planejada, e a orla é muito bonita. Pena que o mar recuou, e recuou muito. Então, pra chegar lá tem que andar um bocado. Agora vem a primeira pérola da viagem: A guia, totalmente viajando na maionese simplesmente falou que o mar recuou por que as geleiras estão derretendo (!!!).

As praias de Aracaju, pelo menos as que eu passei por elas me pareceram praias comuns, dessas que a gente vê em várias cidades litorâneas do Brasil. A última que fomos, Pirambu, o mar era ruim pra tomar banho. Cheia de bancos de areia, e com muitas ondas fortes. Entrei rapidinho e saí correndo. E no último dia de viagem, descobri um termo muito interessante. ''Cheiro de pombo''. A guia começou a sacudir os braços igual que tivesse abanando asas e me solta essa pérola: ''Então, eu vou lá pra frente, sabe como é que é né, tô com cheiro de pombo''. Bom, eu nunca cheirei um pombo pra saber se tem cheiro de suvaco, mas sei lá né.. Sei que rendeu boas risadas!

Agora vem a parte chata: o despreparo das pessoas para atender turistas. Começando pela Nativa Turismo, receptivo da CVC lá. Quando ligamos pra gerente para reclamarmos dos problemas pelos quais estávamos passando, ela foi ríspida, disse que o problema não era dela, que ela não tinha nada a ver com isso, e que nós que tínhamos que ter visto tudo isso em São Paulo. A impressão que deu é que estávamos incomodando o descanso dela - mesmo sendo um dia útil. Os guias não parecem ser profissionais, fazem muita coisa no improviso, o que muitas vezes acaba sendo constrangedor. E os preços tanto dos passeios quanto dos serviços são caros (vide Cariri querendo cobrar 500 reais somente pra sentar na mesa). A impressão que eu tive é que por ser um destino turístico mais recente, eles querem ganhar dinheiro logo. Só que não é assim. Primeiro deve-se investir, e o dinheiro virá como consequência disso. Voltaria lá? Não sei. Não vou dizer nunca, mas talvez quando tudo estiver mais estruturado, incluindo aí a rede hoteleira, quem sabe?

15 comentários:

Palazzo disse...

500,00 Pila? ahahahahaha
Coisas de Laurinha do Norte...

PROFª TATI disse...

Denise,

Você deveria trabalhar como repóter turística...ahahaa vc descreve muito bem os locais...li somente sobre aracajú, mas já vi que nesse hotel, se um dia for, nem fico.
Mas um amigo - cujo apelido é judeu...imagine pq - disse que se quiser comer bem e pagar pouco tem é que ficar amigo do camelô....do pessoal da limpeza...que te indicam as coisas boas...ahahahah (em relação aos 500 do bar/restaurante/facada)....
Parabéns...ri bastante imaginando sua indignação da hora de escrever...

Lucia disse...

não conheço o nordeste direito, só salvador e olhe lá. Tenho muita vontade de conhecer essas praias famosas...

quanto a agência, é uma situação desagradável. a sensação que dá é que a gente só pode contar com as pessoas
quando não precisa....

Mauro S disse...

Oi Denise, seus posts ultimamente lembram daquelas revistas, se de carro, que detalham o carro, se de turismo, que detalham o lugar, mas está certo, tem que falar pra quem está do outro lado, nós, o que viu de bom, e o que não viu, pelo contrário, os absurdos da viagem, assim como venho falando dos absurdos das operadoras e do que encontrei nesta minha última viagem rodada vindo para minha cidade, e o povo é mal educado sim, mas sorte que não é regra.
Beijos e bom dia, Mauro

MarisaSLB disse...

Oi Denise.
Desde já Feliz Ano Novo!!!
Vejo qque tiveste uma viagem bem interessante a Aracaju...
Poças de xixi ninguém merece mesmo. Que horror... Mas as outras paisagens como a praia conpensaram, né? =)
Essa das geleiras estarem a derreter ser a causa de o mar ter recuado é bem "interessante"... LOLOLOL
Bju*

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Que gostoso, fiquei com vontade de conhecer a Praia do Saco que não deve ser nenhum pouco um saco.. ôoo vida boa, e demoraram tanto pra servir, hauauau, Por isso que ainda penso em ir trabalhar na Bahia por exemplo, não no lugar que vc foi né,... assim quem é trabalhador consegue ser muito valorizado né, ou não , sei lá, hehe

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

hauauau, noss.. eu que não queria pisar nessa água nem se fosse água da chuva ou só xixi, hauauaau, só do jeito que conta...

NOssss e o pior mesmo foi terem cobrado 500 reais pela mesa sem ceia, só pra sentar, que é isso,
... Pode isso?? geeeeennteeeee......pasmo, passado, cai a bunda da cara!!

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Mas foi boa a dica pq não vou querer visitar Sergipe tão cedo,... como se eu pudesse né, hauauauua

prefiro também que a rede hoteleira esteja melhor estruturada!!

Lidia Ferreira disse...

menina que loucura rsrs mas o bom que vc esta se divertindo e nos divertindo tb rsrs
Bjs

Nana disse...

Feliz 2010 e q Deus te abencoe. Finalmente, consegui postar no meu cantinho!!! Bjs e fik com Deus.

profjuvenal disse...

Bela descrição do seu passeio.
Vale a pena conhecer um pouco o nordeste.
Abraços.

Julis disse...

Dê vc deveria escrever em sites de viagens, graças a vc e suas dicas e toques é um lugar que vou fazer questão de passar longe rs

Julis disse...

esqueci de dizer, tirando é claro pela parte boa... mas o hotel que vc citou antes eu não iria rsrsrs

Ivanhoé disse...

Lugares magníficos. Ainda vou conecer todos, ou pelo menos uma parte. Só anotei o nome do hotel em que vc. ficou, prá não passar nem na porta - rs.

Bêjoss!!

Zandali disse...

Adoreeeeeeeeeeeeei!
hauhushhahshauhsah!
Vc é como eu... aproveita todos os momentos nos posts... rs!
Putz... quero conhcer Aracaju, mas acho que quero ir na seca! hauhahaua

beijoooooooooooooo