quinta-feira, janeiro 14, 2010

Hipocrisia humana.

Até antes de ontem, quase ninguém sabia que o Haiti existia. A maioria dos países estavam pouco se lixando pra um país miserável na América Central, com algumas poucas exceções.
Eis que a natureza resolveu castigar o já tão castigado povo daquele país, e mandou ver num terremoto de alto poder destrutivo.
E de repente todo mundo 'descobriu' o Haiti. Agora pipocam notícias a todo momento da desgraça no Haiti. Descobrem parentes até que moram no Alasca e os entrevistam, com direito a choradeira e plin plin plin no fundo.
Todo mundo se mobiliza com doações e mais doações pro povo que sofreu no terremoto. E durante semanas ouviremos falar sobre o mesmo assunto, com direito a desdobramentos dramáticos dentre outras coisas a mais.
A verdade é: o mundo caga e anda pro Haiti. E quando passar a febre, ou quando acontecer outra desgraça pra substutuir, logo logo o país será esquecido, e seu povo mais uma vez largado na miséria total, como sempre foi.
Já vimos esse filme antes não é? No Tsunami que ocorreu na Ásia há uns anos atrás, a localidade mais pobre da Indonésia, Banda Aceh, foi a mais atingida. Pois bem, lá continua uma droga até hoje. Voltando mais atrás ainda, para a década de 80. Quem nasceu antes dessa década deve lembrar do Michael Jackson reunindo todo mundo pra arrecadar dinheiro pra Etiópia com a famosa música We Are The World. Pois bem.. A Etiópia continua terra de ninguém até hoje. O povo continua miserável, e os governantes super corruptos continuam fazendo a festa por lá. Claro, praonde o dinheiro arrecadado foi? Pra eles, e o povo continua na merda.
Pra onde será que vai toda essa ajuda que estão mandando para o Haiti? Eu queria muito acreditar que vai chegar no lugar certo. Ajudar quem realmente precisa. Mas a realidade é pior, e eu tenho uma ligeira impressão que muitas das coisas não chegarão. Assim como não chegou na Etiópia. Assim como não chegou no Vale do Itajaí - muitas doações foram simplesmente roubadas, ou pior ainda, jogadas no lixo. Aliás, alguém aí ainda ouve falar de Angra dos Reis? São Luis do Paraitinga? Cunha?

É triste. É deprimente. Mas infelizmente é a realidade. O ser humano adora desgraça, mas por pouco tempo. Logo logo enjoa. Aí vem a próxima.. E assim a vida vai seguindo seu rumo, muitas vezes injustamente.

Mas no meio de tanto falso moralismo e hipocrisia, existem pessoas que fazem a diferença, como Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança. Infelizmente ela foi uma das vítimas do terremoto. Ela sim fará falta, e deixará um legado lindíssimo de serviços comunitários. Um exemplo a ser seguido. Zilda era gente que ia lá e fazia, e não ficava só na frente de uma câmera falando besteiras como a maioria dos nossos governantes - e isso vale pro mundo todo - dentre outros. Que o mundo aprenda com ela a agir, e não só ficar choramingando e correndo atrás de notícias desgraçadas.

*edit*

Esse texto aqui é muito interessante, experiência de quem está lá e está vivendo a situação.

14 comentários:

Mauro S disse...

O que é bonito eu gosto de fotografar, mas deixo os jardins para quem sabe tratá-los e como você disse, cada um na sua, eu com a internet, a máquina de fotografia (apesar da minha timidez e vergonha de fotografar em público, coisas, pessoas, lugares), enfim...
Beijos, Mauro

Zandali disse...

O Brasil ligava pr'o haiti... tinha um montão de soldado brasileiro lá, trablhando a questão da miséria... Tinha a Zilda cuidando das crianças... E faz tempo q os brasileris estão lá, fazendo trabalho de base! mas quem vai salvar o haiti... o mundo! Isso eu acho o pior: acredita que o emergencial recupera o país! a hipocredia do capitalismo! affff!

Bom linkar os posts no twitter! fica mais fácil de acessar! hehehe

beijooooooooooooooooooooooooo

Mauro S disse...

Escrevestes tudo, e assim será sempre sim, lugares tristes e esquecidos, povos na miséria, mas só mesmo com desgraças assim para serem lembrados, e quando povos reúnem-se para ajudá-los, será que o arrecadado chega mesmo ao destino?
Não acredito viu, não acredito mesmo, como você também não.
O que fazer?
Beijos.

Mauro S disse...

Infelizmente editei o post "3g e as fotos" por precaução, mas salvei-o no meu notebook, só sinto que estou sendo roubado.
Beijos, Mauro

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Oiie Denise, voou ter que discordar de vc nessa questão. Muitos países se preocupavam sim com o Haiti, até mesmo o Brasil! É que o Mundo é muito grande e o que importa mesmo é a informação do dinheiro. Tanto é que se importam que quando aconteceu tudo isso, o olho do mundo inteiro se voltou a esse lugar.. sem falar que eles já são bem visto como o primeiro país da América Latina a ter sua independência decretada.. Além do mais quando teve ditadura, os países até se importavam, mas é como numa família vizinha.. vc acaba não pondo muito o bedelho na educação que os pais dão para seus filhos, mas está de olho e se acontecer alguma vc liga para a polícia!

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

É mesmo a Zilda Arns fará falta. E é difícil falar que o pessoal não tira o dinheiro das doações, bem eu queria que não.. mas a corrupção existe de verdade!

Ótimo texto com sempre!
Beijo

Ivanhoé disse...

É muita hipocrisia. Por onde andam estes bons samaritanos quano realmente se precisa deles? Onde estavam durante a ditadura do Baby Doc? Onde estavam nos ultimos 10 anos? Nem precisa ir tão longe prá ver esse tipo de coisa. Vc. falou do "We Are The World"; pois bem, lembrei-me de que os artistas brasucas entraram na onda e fizaerm uma cópia para ajudar as vítimas da seca no Nordeste. Seca no Nordeste sempre teve e ainda tem. E onde estão aqueles artistas todos?

Dependendo do ponto de vista; miséria e sovrimento podem ser muito lucrativas e fazer bem pro ego!

Bêjoss!!

Palazzo disse...

D. Zilda foi para o andar de cima.
Uma grande perda para a humanidade.
abçs

Srta.Lua disse...

putz eu tinha amigos lá em missão de paz!
estou preocupadíssima com eles, mesmo sabendo que eles estão "bem"
quanto a Zilda Arns se rá uma pessoa que fará com certeza muita falta!
e a falta de olhar pra esses países com mais carinho, mas piedade e solidariedade, deixa o mundo cada vez mais pobre!
triste, muito triste

Mauro S disse...

Venho colocando fator 30, mas tive que tomar um banho de propetor solar porque o sol estava queimando pra caramba, coloquei camisa depois e mesmo assim, até agora só dois dias de praia, porque não gosto mesmo, sou mais do lugar, não da praia.
Beijos, Mauro

profjuvenal disse...

A verdade nua e crua é que as grandes potências só olham para os países mais pobres na hora de dar uma esmola, para enganar os menos inteligentes espalhados pelo mundo.
Nada fazem para tirarem os países pobres da miséria.
Outra coisa: soa poético "participação do Brasil na força de paz".
Pergunto:
Força de paz ou camisa de força?

profjuvenal disse...

Muito lúcida e inteligente sua opinião.
Abraços e fique na paz de Deus.

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Querida, desejo Ótimo Fim de Semana pra você, aproveita o quanto puder!!
Volto logo aqui a partir do próximo post seu!
Beijo

Si Wasabi disse...

Na mídia, uma tragédia é sobreposta pela outra: primeiro só falavam de Angra, agora só do Haiti, e daqui a pouco, de outra coisa que aconteça... bjsss