domingo, setembro 19, 2010

Scorpions!

Finalmente chegou o grande dia! Dia 18 de setembro, tão esperado desde que comprei o ingresso. O que posso dizer?
Foi um dos melhores shows que eu já fui até hoje. Scorpions foi uma das bandas cujas músicas fez parte de praticamente toda minha vida. Desde a infância, passando pela adolescência e até a vida adulta. Nunca imaginei que iria vê-los ao vivo algum dia, mas ainda bem que tive a oportunidade. E foi única, pois infelizmente a banda está encerrando suas atividades.
Só sei de uma coisa: os caras não são bons. Eles são excelentes. A voz de Klaus Meine é exatamente a mesma. O cara canta muito! Digo isso pois é comum ao vivo a voz mudar um pouco, mesmo porque música de estúdio é sempre trabalhada. Mas a voz dele é magnífica ao vivo. A banda toda manda muito bem! E também interagem com a platéia o tempo todo, o que torna o show mais atrativo ainda. As músicas escolhidas foram as mais agitadas, contrariando muita gente que sempre falou que 'Scorpions só toca balada'. As baladas deles são ótimas, mas as 'rock n' roll' são tão ótimas quanto.

Quando fomos comprar os ingressos, escolhemos ficar na platéia, pois na pista é muita muvuca, e não enxergamos nada. Ainda mais eu que sou baixinha, só vejo cabeças, cabelos e braços. Lá na pudemos ver o palco, eles pequeninininhos, e os telões. Só sei que pulei muito, e cantei muito também!

Pequenininhos...



O local onde ficava a platéia era bem elevado, o que foi ótimo. Aliás, o Credicard Hall lá dentro é um lugar bacana, mas a organização...
Chegamos às 21 horas, sendo que o show estava marcado pras 22:00. E ainda não tinham aberto a casa pro pessoal entrar. Resultado: juntou uma mega muvuca, e ninguém sabia onde a fila começava, muito menos onde terminava. Nem os funcionários da casa sabiam informar direito onde era a entrada da pista nem da platéia. Descobrimos perguntando pras pessoas que estavam lá. A entrada pra platéia não era fila, e sim um aglomerado de gente. A casa abriu às 21:20. Enfim, acho que o Credicard Hall deveria organizar melhor as filas, e abrir mais cedo, pois ninguém merece chegar lá e estar aquela muvucada toda e nem sabermos onde fica a fila certa. Além do que, ninguém está fazendo um favor ali, estamos pagando, e caro, pra assistir a um show, e temos o direito de um atendimento mais organizado.

Mas o show compensou a desorganização da casa! E agora fica aquela 'depressão pós-show'. A mesma sensação de 'quero mais' que senti quando fui no show do U2 em 2006.. Agora é esperar o show do Bon Jovi em outubro. Esse será no Morumbi, lá as filas costumam ser mais organizadas. Que venha Bon Jovi!

3 comentários:

Lucia disse...

Ir num show de uma banda que a gente conhece tudo e fez parte da nossa vida é tudo de bom, mesmo com algum inconveniente. Que bom que gostou.

Mauro S disse...

Q bom q gostou, mas ql a cidade q foi o show dos Scorpions?
Mal posso digitar, por isto td abreviado. Bjs.

Lindsay disse...

Que demais!
Com Scorpions aprendi a fazer as dobras vocais (sem sequer ter a menor noção do que isso significava! hahahah)

Mesmo com esses probleminhas de muvucas, nada se compara ao rolo de Curitiba.
Que dó de quem foi ao show lá... Foi podríiiíííssimo! A (DES)organização foi de lascar.

Bitocas!