sábado, janeiro 08, 2011

Exposição excessiva ou invasão de privacidade?

A mídia brasileira está em polvorosa com a presença da cantora Amy Whinehouse. Aliás, por onde ela passa, o povo vai atrás tentando flagrar alguma coisa bizarra que ela apronta, afinal, grande parte da sua fama infelizmente é devida mais às bizarrices do que suas músicas. Não vou tecer comentários sobre seu talento musical, afinal, gosto é gosto, cada um escuta o que quer e eu não tenho nada a ver com isso. Na verdade o que me chamou a atenção foi uma matéria publicada dizendo que ela deu piti e proibiu fotos de seu show que será realizado hoje em Florianópolis.
Eu acho que dar piti não vai adiantar nada. Sou contra toda essa perseguição, e acho que o que ela faz da vida dela, é problema única e exclusivo dela, e em nada influencia na minha vida. Acho ridículo ficar tirando foto dos hematomas em sua perna e publicar isso como se fosse algo extraordinário.
Mas por outro lado, pessoas públicas tem que ter a consciência de que qualquer coisa mínima que elas fizerem, sempre terá alguém pra tirar foto e postar em qualquer lugar. Ela mostrar os peitos na varanda do hotel é direito dela. Mas é óbvio que tiraram fotos e publicaram. Ela é pessoa pública, famosa no mundo inteiro. E isso não é privilégio da mídia brasileira. O mundo inteiro é assim. Aliás, os tablóides de seu país são os que mais avacalham com ela. E nem por isso ela ficou dando piti por aí.
Eu sou da opinião de que cada um faz o que quer da vida, desde que não prejudique ninguém. Mas a partir do momento em que você se torna uma pessoa pública, sua privacidade é afetada. É o preço que se paga pela fama. Cabe às pessoas a aprender a lidar com isso. E tentar se expor o mínimo possível quando quiserem um pouco de privacidade. E não ficar dando piti por aí e proibindo de tirar fotos de shows. Mesmo porque hoje em dia isso é algo praticamente impossível. Sempre vai ter alguém com um celular que tirará fotos.
Aliás, tá aí algo que eu nunca vou entender, proibir de tirar fotos de shows. Bom, cada um é cada um né...

10 comentários:

Vander Leão disse...

De, sou totalmente contra perseguição q esses artistas sofrem, mais a Amy adora se expor, alias ela tem toda essa fama mto pelo o q ela causa na mídia....agora não adianta reclamar, ela eh a maior culpada e o pais dela afora isso :D
bjss

Julis disse...

o problema é que o povo adora um assunto, por mais inútil que seja, mas sempre tem um pra cuidar da vida alheia, seja famoso ou não

Palazzo disse...

Olá Millenia!
Caramba a chuva atingiu o seu PC :-)
Deixa ela pra lá, ela não merece nossa atenção, é doida ;-)
abçs

웃 Lu Silva 웃 disse...

Denise neste caso entendo como invasão de privacidade mesmo viu hehe
eitaaaaaaaaaaaa

bjos fofos

웃 Lu Silva 웃 disse...

Ah! blog de cara nova hein... eita
É bom mesmo renovar!!!! bjos

SBIE disse...

Já até apareceu ela consumindo craque... existe privacidade mais invadida que essa. o^O

SBIE disse...

Desejo a você um Feliz Ano Novo, que você tenha muita felicidade e ideias novas para escrever em seu blog!

Ruby disse...

Denise, penso como vc, gosto é gosto e cada um ouve o que quer, porque só assim vai se entender o porquê dessa cantora atrair multidão, eu só conheço uma música dela (rehab) e pelo que li do show em SC, ela deu um vexamezinho básico, mas o povo brasileiro é assim, adora o que é de fora, depois eles saem falando que nem o Stallone fez e o povão acha ruim.

Nana disse...

Ja cansei dessa novela. Bjs e fik com Deus.

SBIE disse...

Consegui 2 cenas da Amy:

Um quando ela mostra os peitos:
http://indicoesse.blogspot.com/2011/01/peitos-da-amy-winehouse.html

E outro quando ela cai:
http://indicoesse.blogspot.com/2011/01/amy-winehouse-cai-tombo.html

Lógico que isso não é muito importante mas mostra como ela é humana e não deve ser super valorizada a não ser pelo seu talento.

Ótimo final de semana!