segunda-feira, maio 26, 2008

É impressionante como as pessoas têm facilidade de inventar doenças para fugir do xilindró. Antes de fazer a cagada, todo mundo é perfeitamente saudável, feliz e contente. Depois que vai pro xilindró, ou ameaça ir, vira depressivo, hipertenso, e pasmem, até esquizofrênico! Eu particularmente fiquei estarrecida ao saber desse caso. O cara avança o sinal, quase atropela uma família. O pedestre simplesmente reclamou, como qualquer pedestre normal numa situação dessas. E o que a figura fez? Deu a ré, tentou atropelar todo mundo, e não satisfeito com o fracasso, saiu do carro com uma barra de ferro e meteu na cabeça do sujeito. Os filhos adolescentes tiveram que lidar com a horrenda cena do pai agonizando no chão.
O cara claro, fugiu, e até agora tá evaporado por aí. E hoje, veio a notícia que ... ele seria.. esquizofrênico! yuhu!!!
Bom, das duas uma: ou o cara é muito filho da puta pra inventar algo assim pra tentar escapar da merda que fez... Ou a avaliação psicotécnica para tirar carteira de motorista e nada é a mesma coisa. Qual será o real motivo?
Sinceramente, esse não é um país sério. Aliás, a julgar por todas as barbaridades que têm acontecido no trânsito ultimamente.... Está na hora de rever nosso código penal, e principalmentre o código de trânsito. Tem muita gente aí que merecia ter a carteira suspensa por no mínimo uns 5 anos...
Mas, como isso é Brasil, e nada provavelmente vai acontecer.. O jeito é pedir proteção a Deus cada vez que saímos de casa, pq só a lei divina mesmo pra dar jeito nisso.
Meus sentimentos a família deste homem que foi covardemente agredido, e sabe Deus se sairá com vida dessa. Esteramos que sim..

Nenhum comentário: