sexta-feira, julho 01, 2011

Viagem durante o feriado de Corpus Christi - Segunda parte.

Depois de voltarmos da Argentina e almoçarmos, pegamos o carro e resolvemos dar umas voltas pelas cidades da redondeza. Sempre ouvi falar de Santo Antônio do Sudoeste e Pranchita, e como estávamos lá perto, resolvemos pegar o carro e ir até lá. Aí que começou o martírio das estradas bizarras. Na verdade nem consigo chamar aquilo de estrada, e sim de colcha de buracos. Lá fomos nós seguindo, e no meio do caminho tinha um local que servia café colonial. Infelizmente tínhamos acabado de almoçar, mas paramos pra tomar um café. Chegamos lá, pedi pra moça servir um café pra gente, e ela me veio com duas xícaras enormes e uma garrafa térmica (!!!) cheinha. Uau! Altos self-service! Pena que íamos pegar estrada depois, se não eu tomava mais. Me contentei com uma xícara enorme. E não resisti em comprar um brigadeirão.



Olhando assim pela foto parece que os brigadeiros não são tão grandes assim, mas não se iludam. Eles eram enooooooooooooormes... Mal cabiam na minha mão direito. E nossa, que delícia! O verdadeiro brigadeiro, feito com leite condensado, e não aqueles de padaria toscos feitos de Moça [argh] Fiesta.

O lugar tinha essa simpática plantação de alface. Lembrou os meus tempos de casa grande com terrenão!

Fomos seguindo estrada adentro...

Infelizmente não tivemos tempo de irmos até a divisa com o Mato Grosso :(

E chegamos em Santo Antônio do Sudoeste. Como era feriado, quinta-feira, não tinha absolutamente nada aberto. Cidade pequena é isso aí. Mas eu a achei ajeitadinha. Pelo que me falavam tinha uma impressão de que era uma cidade mais largada, mas que nada. O centro é uma graça. Praça bem cuidada, limpa.. Enfim, uma cidade agradável.

Poético nome.. ehehehe

Rotatória interessante.

Andamos um pouco por lá, e resolvemos ir até a cidade mais próxima: Pranchita. Essa é outra que já tinha ouvido falar, e sempre achei o nome muito engraçado.



A cidade é minúscula, e claro, tudo fechado também. Demos uma volta no carro mesmo, e partimos pra próxima cidade. Pérola D'Oeste. Também já tinha ouvido falar, e pelo nome, achei que era uma cidade interessante.



Digamos que.. Decepcionei-me. Na verdade a impressão que eu tive é de que tiraram as pérolas e sobraram os buracos. Ou melhor, crateras. Até a rua da praça central é cheia de buracos. Bom, pelo menos posso dizer que conheci ehehehe...

Até o próximo capítulo!

5 comentários:

Lucia disse...

os brigadeiros não parecem pequenos não, aliás, parecem bem gostosos, me deu uma fome. E essa plantação de alface tá lindinha.

SBIE disse...

Eta mulher viajeira gente, faz muito bem de viajar desse jeito!

SBIE disse...

Essas suas fotos faz qq um querer seguir seus passos, kakakkkakak,

Nana disse...

A foto dos brigadeiros me abriu o apetite. Bjs e fik c Deus. Tem 2 posts novos na área.

Vander Leão disse...

Foi um dia interessante, imaginávamos q a argentina ficava longe e que nada, estávamos do lado, o que foi mto bom pois compramos coisas baratas...hehe
Conhecemos cidadezinhas bem legais, mais o Grand Finale ficou com Pérola do Oeste....hahahaha...aquilo é o abandono em cidade, as pérolas foram retiradas deixando verdadeiras crateras no asfalto...mais tudo bem, valeu a pena conhecer e boiarmos juntos ;)