terça-feira, junho 28, 2011

Viagem durante o feriado de Corpus Christi - Primeira parte.

Sempre tive vontade de conhecer Dionísio Cerqueira, cidade no extremo oeste de Santa Catarina, e que fica em uma localização curiosa: faz divisa com o Paraná e com a Argentina. Só que nunca quis ir sozinha, e nunca tinha achado algum maluco pra me acompanhar. Só que agora tenho um namorado tão doido quanto eu, e que adora viajar para lugares improváveis então.. Lá fomos nós passar o feriado de Corpus Christi por aquelas bandas. Pegamos o vôo para Chapecó na quarta-feira a noite e lá fomos nós..
O pouso em Chapecó foi um desastre. Olha que já voei bastante, e nunca tinha visto um pouso tão bizarro. Mas tudo bem, chegamos vivos. As malas também chegaram (ufa). Pegamos o carro que alugamos, nosso companheiro dessa viagem, e pegamos estrada. Confesso que estava bem desanimada com a previsão do tempo, mas ao contrário do que eu esperava, o céu estava lindo, estrelado, e a lua foi sorrindo para gente durante toda a viagem.
Durante o caminho não faltaram fotos de placas e portais das cidades do caminho, claro!



















Depois de 3 horas e pouca de viagem, chegamos em Dionísio Cerqueira lá pras 5 da manhã. Estávamos exaustos, e logo fomos pro hotel, pra dormir e recarregar as energias para passear pela cidade na parte da tarde...

Acordamos, e estava um sol lindo. Mas infelizmente o frio tinha fugido! Que raiva! Eu louca pra pegar mó friozão no oeste catarinense, e ele fugiu de mim. Hunf!



Fomos andando pela cidade e quando nos demos conta... Estávamos na divisa com a Argentina. Estávamos hospedados há mais ou menos 10 minutos da fronteira! Atravessamos a pé mesmo e fomos dar umas voltinhas em Bernardo de Irigoyen.







Depois voltamos ao Brasil pra almoçar, e fomos visitar o marco das 3 fronteiras, que também era ali do lado. Lá era mais curioso ainda, pois não tinha anfândega nem nada. Dependendo do lado da calçada em que vc andava, estava ou no Brasil, ou na Argentina. Ah sim, e tinha o Paraná ali. Na verdade tinha hora que nem sabia se estava em Barracão ou em Dionísio Cerqueira. Divertidíssimo.

Metade em cada país



De um lado Argentina..

Do outro Brasil...

Essa proximidade da fronteira nos rendeu uma tosqueira com o carro, cuja entrada e permanência em território estrangeiro não era permitida, mas no dia certo contarei..

Depois de andarmos pelas fronteiras, pegamos o carro e resolvemos explorar as cidades ali perto. Fomos para Santo Antônio do Sudoeste, Pranchita e Pérola D'Oeste [cidade onde tiraram as pérolas e ficaram os buracos]. No próximo post conto sobre elas. Em breve!

10 comentários:

Vander Leão disse...

Esse primeiro dia realmente foi de agradáveis surpresas, dia lindo, hotel fantástico, fronteira ali do lado...tudo perfeito ;)
Vale lembrar dos preços super em conta no lado argentino hehe
Que venham os próximos posts....bjsss

Palazzo disse...

Millenia, o extremo oeste do oeste aqui, chama-se Mâncio Lima rsrsrs. Quando é que você vai tirar uma foto da divisa de Tarauacá com Feijó ou Cruzeiro do Sul?
Avisa antes para eu preparar um Paca ou um Jacaré, fica à sua escolha. Brincadeira, vou fazer um pirarucu de casaca pra você.
abraços

Palazzo disse...

AH! salvei a foto que diz que as malvinas são da Argentina. Me lembra que quando você voltar Londres eu mandar ela para o The sun rsrsrrs...

Denise disse...

ahahahahahahaha!!

SBIE disse...

Mais fotos legais, q show!

SBIE disse...

Do ladinho da Argentina,
as suas viagens devem ter sido muito boas!

Mauro S disse...

Eu fotografo carros antigos - coloquei todos no Facebook numa única pasta, só aquele do Doginho que rendeu bons comentários ficou no álbum Pelotas - e você placa de cidades, fronteiras, etc, mas cada um com o que vem pela frente.
Lindas fotos da mulher viajante.
Gostaria de saber e sei que não tens nem idéia, quantos quilômetros viajastes este ano.
Pena que nunca pensastes em marcar algo do tipo, seria bem interessante, como curiosidade, mas é sempre bom visitar teu blog - gosto de vir mesmo - e ver fotos belíssimas, passear através da amiga.
Beijos, Mauro

Long Haired Lady disse...

o melhor da vida, viajar!

Ruby disse...

Nossa, denise,q ue inveja boa, cara, você viaja bastante, acho isso um das coisas boas da vida, ter vontade de conhecer um lugar e realizar essa vontade e viajar com amigos é melhor ainda.

Julis disse...

Caramba que pernada, heim?