quarta-feira, setembro 03, 2008

E o povo se mata...

É impressionante como e que a simples compra de um ingresso pode virar uma zona. O mais bizarro de tudo é que há alguns anos atrás não era assim. Lembro que no show que o U2 fez no Brasil em 97, meus amigos que foram compraram ingressos numa boa. Sem fila, sem quebra-quebra, sem sofrimento.
Os anos se passaram, e comprar ingresso para um show de um grande artista no Brasil, que cada vez menos recebe artistas de grande porte como U2, Madonna dentre outros virou um suplício. Alguém tem alguma explicação lógica pra isso?
Lembro que consegui ir no show do U2 por acaso. Estava lá no Canadá, e quando fiquei sabendo que eles viriam pro Brasil, pedi a uma amiga, que também queria ir, pra comprar pra mim, que assim que eu voltasse, pagaria a ela. E quem disse que ela conseguiu? Quase morreu esmagada na fila, perdeu um dia de trabalho, e nem tchun de ingresso. Comprar pela internet? Outra piada de mal gosto. Infelizmente o Brasil ainda não tem cultura de compra de ingressos para grandes eventos na internet, e consequentemente os servidores desses sites são tão podres que ao ficarem sobrecarregados simplesmente caem. Enfim, meu amigo teve sorte que o CPF dele foi sorteado para compra de ingressos que sobraram pro show do U2 de gente que comprou no site e não pagou. E eu, como tava com a grana na mão, acabei indo.
Infelizmente não terei a mesma sorte no da Madonna. Pra ser sincera, já esperava que não conseguiria ir, mesmo pq não tenho a mínima vontade de dormir em fila. Curto Madonna, curto suas músicas, mas meu conforto vale mais. Como se não bastasse o site que vende os ingressos estar uma merda ambulante, comprar na bilheteria então está pior que guerra no Iraque. Isso claro, sem contar os cambistas que compram a maioria dos ingressos pra revender pelo dobro do preço. Mas sinceramente, nem tenho tanta raiva deles. Se eles fazem isso é pq tem idiota que compra. E continua alimentando esse comércio desleal. Uma lástima.
Pelo visto vou ter que me contentar em talvez assistir pela TV. Ou escutar suas músicas no computador mesmo.
E vamos que vamos...

Nenhum comentário: