terça-feira, maio 06, 2014

Quando sentimos necessidade de mudar.

Há tempos tenho estado em um período de reflexão interna. De repente comecei a me incomodar com certas atitudes vindas de mim mesma, e decidi que iria mudar em certos aspectos.

Estou tentando reclamar menos, e pensar mais. E olhe, como isso é difícil, ainda mais em épocas de redes sociais onde todo mundo reclama de tudo. Confesso que passei do ponto várias vezes no Twitter em termos de reclamações.

Não que seja fácil, não é. Dizem que a pior luta é a que travamos contra nós mesmos. Mas, por outro lado, é recompensador quando você se dá conta de que tomou certas atitudes hoje que não tomaria há um ano atrás.

Hoje voltei a falar com uma pessoa que há anos não falava. Naquela época aconteceram algumas situações chatas, que acabou culminando no rompimento de uma amizade de alguns bons anos. Desde então, havia a bloqueado de tudo quanto é lugar, e decidi que nunca mais nos falaríamos novamente.

Eis que, ano passado, recebi um e-mail dela. Um e-mail muito sincero pedindo perdão por ter me magoado, e que se fosse possível, que eu revisse minha decisão de continuar sem nos falar. Que ela queria resgatar nossa amizade. Enfim, refleti muito. Aliás, refleti até demais, pois decidi respondê-la quase um ano depois.

A verdade é: todo mundo dá mancada. Somos seres humanos. Com algumas exceções, acho que todo mundo deve ter sim uma segunda chance. Hoje, olhando para trás, vejo que foi um turbilhão de coisas erradas que acabou nos afastando. Mas resolvi que passado é passado, e vale a pena perdoar e seguir em frente. Mesmo porque o tempo passa, as pessoas podem amadurecer e mudar certas coisas. Afinal, a vida é tão breve, por que não vivermos da melhor maneira possível?


Um comentário:

Mauro S disse...

Que lindo esse post, Denise, uma segunda chance, o perdão, é sempre a melhor saída , lembro que no passado um amigo fez uma sacanagem comigo, passei dois anos virando a cara para ele, ele não, sempre tentando, mas a gente cresce e um dia eu perdoei ele, e voltamos a conversar quando nos encontramos.

Teu post está lindo, não deixa de escrever, gosto dos teus textos.
Dizem que o sorriso é um santo remédio, quem sabe vamos sorrir mais, não é?
Beijos!