domingo, novembro 14, 2010

Sábado divertidíssimo!

Finalmente chegou o grande dia! 13/11, dia do show do Nenhum de Nós. Depois de uma via sacra pra comprar os ingressos e algum tempo esperando, chegou a hora de curtir o show de uma banda que eu curto muito, e além disso, marcou a minha adolescência praticamente inteira.

Mas, vamos começar do começo, óbvio. Chegamos no pouco antes das 21h. Sempre estou acostumada a chegar mais cedo em lugares de shows, pra poder curtir o local com calma, tomar algo, e pegar um lugar bom. Só que o lugar só abrir às 22h. O legal é que no ingresso nem tinha horário nem nada, ficamos flutuando total. Como o local fica em um lugar onde não tem bulhufas nenhuma por perto pra passar um tempo, paramos ali em frente e ficamos boiando. Fiquei com pena de um casal que tava sentado ali sozinho. Uns minutos depois que chegamos, começou a chegar vários carros, e nada de pelo menos liberar o estacionamento.

Boiação total.


Até que viram que não ia dar muito certo aquele monte de carro parado em frente ao portão, e resolveram abrir o estacionamento às 21:45h. Ótimo. Eu estava com minha bexiga cheia e sonhando com um banheiro, ainda bem que ele era próximo à entrada. Xixi feito, hora de conhecer o local. Quem vê por fora pensa que é uma espelunca, pois aquele muro é meio bizarro. Mas lá dentro é outra história, o local é show de bola. E grande! Isso que é ótimo, pois não fica socadão de gente. A decoração também é interessante, de fogueira a cachoeira artificial. Aliás, a fogueira foi bem-vinda, pois tava frio. A única desvantagem foi o cheiro de defumado em que ficamos no final do evento, mas nada que um bom banho e uma boa lavada nas roupas não resolva o problema...










O tempo foi passando, e nada de banda nenhuma entrar. Já haviam me falado que shows lá começam bem tarde, mas nem levei muito a sério. Até que resolvemos beber algo. O problema era: tava um friozão ferrado, e tomar cerveja naquele frio não era muito convidativo. Tinha vinho, mas daqueles bem podreira em garrafa de plástico, e como eu tenho amor à vida, preferi não arriscar. Resolvemos encarar uma batida. Eu, de maracujá, o Vander e a Clarissa, de côco. Chegamos lá pra pegar, e o cara fala que não tinha de côco. Nisso, o cara do lado com uma voz de desespero falou 'tem sim cara! tá maluco? Tem de garrafa'. Nisso, veio o dito cujo com uma garrafa de batida com aquele rótulo duvidoso, que devia custar no máximo R$ 1,99 no mercado. A cena hilária foi a cara do coitado com aquela garrafa na mão como se quisesse dizer 'pelo amor de Deus, toma logo isso pra desencalhar'. Resolvemos todos pegar batida de maracujá mesmo. Pior que aquela batida tava uma m***. Tomei metade e joguei o resto fora.
O tempo foi passando, e lá pra meia noite anunciaram a banda de abertura. Casa do Rock. No começo achei que ia ser uma banda qualquer, mas confesso que mordi a língua. Que banda BOA! Realmente, foi uma das melhores bandas covers que vi em até hoje. Os caras mandam muito bem, todos eles. Pulei, cantei, dancei. Showzaço!



Acabou o show, e lá vem mais um tempo boiando esperando a atração da noite: Nenhum de Nós. Apesar de podre de cansada, estava empolgada, fazia muito tempo que não ia em um show deles. Fui em alguns quando morava em Blumenau, mas aqui em Sampa não tinha ido ainda. O show começou era quase 3 da manhã! E que showzaço! Os caras mandam muito bem, cantei tanto, no fim nem voz e forças tinha mais pra cantar, mas dava um jeito de sair alguma coisa. E foi assim até quando terminou, às 4:30 da manhã. O mais legal de tudo é que eu consegui ficar bem lá na frente, e vi o show inteiro. As duas únicas vezes que lembro em ficar lá na frente em shows foi no comecinho da década de 90 nos shows do Ultraje a Rigor e Barão Vermelho. Todos os outros fiquei no meio do povão, pulando que nem uma doida pra ver o palco. É bom poder ver o show inteiro sem ser esmigalhada. \o/












Cheguei em casa era lá pras 6 e pouca da manhã. Coisa boa relembrar os bons tempos de baladas. E agora aprendi a lição: Show no Kazebre sei que podemos chegar lá pra perto da meia noite. Pelo menos a gente não fica tão podre no final da festa. Quero repetir a dose!

11 comentários:

Vander Leão disse...

Foi engraçado mais foi exatamente como vc postou, no final saímos de la com a sensaçaão de uma noite perfeita, a banda que abriu mandou mto bem, tanto que por um instante cheguei a pensar que o Nenhum de Nós ficaria ficaria pra trás, mais que nada, cada um no seu estilo de musica e de cantar mandaram mto bem e dera um show de rock inesquecível.
Que venha o próximo :-)

Bjsssss e parabéns mais uma vez pelos seu posts viu...

Mauro S disse...

Que bom que tivesses um sábado perfeito, é bom assim, não lembro, nem sei se vou dar a informação certa, mas acho que sim, teve uma tarde na Praia do Cassino que o Nenhum de Nós tocava num palco em show aberto, aberto ao público, mas naquela época apenas passei pelo local.

A União Fm é muito boa, músicas maravilhosas e não tem nada daqueles chatos de plantão de outras fm's que só falam e dizem besteiras e música que é bom, nada, pelo menos esta toca música muito boa e que prende o ouvinte.
Podes ouvir agora pela internet, deixei o site.

Pelo menos postou sobre algo bom, shows, não tragédia, o post debaixo.
Beijinhos.

Estava lendo demais, coloquei colírio, escureci o quarto e fechei os olhos.
Tenho que descansar um pouco a vista.

Lidia Ferreira disse...

rsrs que bom que se divertiu e deu tudo certo rsrs
bjs

Lucia disse...

muito tempo que não ouvia falar deles. que bom que se divertiu.

Palazzo disse...

Millenia o lugar se já é bonito nas fotos imagina pessoalmente.
Legal por compartilhar.
T+
abç

Caricaturas Urbanoides disse...

OI Denise...

Então, passei recentemente por uma parada parecida,mas a gente aprende com a experiencia...
BJõa

Nana disse...

Esses shows sempre dao historia pra contar ne?! O bom sao as recordacoes e risadas q rendem depois...rsrsrs. Bjs e fik com Deus.

Julis disse...

Nossa Dê, que lugar bonito, adoro nenhum de nós tbm!!

SBIE disse...

É bom chegar mais cedo a shows.. pra poder entrar em primeiro.. hehe, porém mesmo assim o tempo as vezes que você ficar esperando não compensa.

E tá binita nas fotos hein!

Pra completar poderia colocar o video dos caras do "Nenhum de nós". Eu mesmo não conhecia, e fui ver no Youtube e gostei..

Ótima semana! Escrevo aqui mais logo a noite!

Ivanhoé disse...

Que legal!! Tô precisando de uns programinhas desse tipo, e de grana para fazê-los, hehehe.

Ah!!! Ia esquecendo: PARABÉNSSS!!!!

Te mando jájá um scrap fofo no orkut e uma msg. no facebook, tá!!

Um superabraço e um superbeijo!!!

Silvia 'Sam' Cássivi disse...

Lembro deles no começo dos anos 90 - ou devo dizer final dos 80?
Cara, Kazebre é do outro lado do mundo mesmo. rsrs rnunca fui justamente por ser longe. rsrsrs