quinta-feira, julho 29, 2010

Concursos X Religião

Quando decidimos fazer um concurso público, a primeira coisa que deve ser feita é ler atentamente o edital de abertura de inscrições. É lá que está tudo explicadinho, escolaridade exigida, data de prova, matérias a estudar, e etc. Além do que, ninguém é obrigado a fazer concurso nenhum. Faz quem quer. Simples, fácil e rápido. Não é?
Mas para um grupo de 5 candidatos que seguem a religião Adventista do Sétimo Dia não é assim. O negócio é fazer a inscrição e depois entrar com um mandado de segurança para mudar o dia da prova, pois para eles, sábado é um dia sagrado.
Sem entrar em discussão sobre crenças aqui. No edital estava escrito claramente que a prova seria sábado. Eles fizeram a inscrição porque quiseram. E agora vem com essa palhaçada de querer mudar a data da prova? Isto é, apenas 5 pessoas poderão prejudicar trocentas outras que fizeram a inscrição pro mesmo concurso, se planejaram para a prova no dia estipulado pelo edital, inclusive financeiramente, pois muitas pessoas tem que sair de suas cidades. Isso é justo? Sinto muito, isso é sacanagem e das grossas.

Aliás, eu achei a resposta da CESPE ótima:

"Em relação ao pedido de Atendimento Especial por motivos religiosos referente ao Concurso Público para provimento de cargos e formação de cadastro de reserva para as carreiras de Analista e Técnico do Ministério Público da União (MPU), o Cespe/UnB entende que a solicitação de alteração de horário das provas por motivos religiosos só poderia ser aceita se não ferisse a Constituição e sempre diante de uma obrigação. No caso em questão, o ato de inscrever-se no concurso não é obrigatório, a inscrição e participação no concurso é uma faculdade do candidato. Assim, a inscrição é uma faculdade que se vincula a uma “norma” obrigatória, que é o edital. ''

É isso aí. Ninguém é obrigado a prestar concurso. Então, ou façam a prova sábado, ou larguem mão e vão orar como manda a religião. Afinal, a vida é feita de escolhas não é? Se eles escolheram a religião, que sejam felizes assim, mas não venham ferrar a vida de outras pessoas que não tem nada a ver com a fé alheia.

13 comentários:

Ruby disse...

Muito boa a respstas da CESPE, aliás as instituiçoes empre se respaldam nesses eventuais problemas, também acho absurdo mudar a data de uma prova com milhares d einscritos por causa de uum grupo minúsculos de pessoas, mas essa questão do sábado pra eles é um problema em muitos lugares, já trabalhei e trabalho com quem não faz do sábado um dia útil. Cespe apicando provas de concurso é fogo!!!

Ruby disse...

*Aplicando, correção.

Mauro S disse...

"Eu ativei a opção de enviar por email os comentários"
Onde ativo e como faço isto?
Fácil ou não?
Li a matéria num link lá no Twitter, achei ridículo, um desaforo.
Se sabiam que o concurso era sábado, que tem hora certa pra todo mundo, por que incomodar então?
Bastava não se inscrever, pombas!
Sou contra!
Cada um tem a sua religião, eu tenho a minha, mas todos devem fazer a prova no mesmo horário PARA NÃO LEVANTAR SUSPEITAS.
Abre o precedentes para um e vira desorganização.
É o que eu acho.
Beijos.

Caricaturas Urbanoides disse...

To passada!!!!!!!!! Choquei geral..
Gente, o mundo tá perdido!!!
Essas religiões são um retrocesso absurdo em nossas vidas..
Affffffffffff deixa eu parar por aqui porque falar mal desse povo é comigo mesmo..

Beijinhos

Roberto Tramarim disse...

Oi Denise, isso me lembrou de uma prova que cairia num sabado e que alguns judeus tentaram mudar a data da prova devido a motivação religiosa.

Obviamente não conseguiram, ainda bem.

Uma coisa é você ser proibida de ter sua crença, outra bem diferente é você querer impor sua crença. Se você acredita que sabado não deve fazer prova, não faça oras, ninguém te obriga a ter tal crença, tem porque quer ter, e é um direito seu, desde que assuma os possíveis problemas que sua crença lhe trará, como fazer uma prova no sabado por exemplo.

Se não for assim, qualquer um pode alegar que sua "filosofia" nào permite ver um jogo de futebol com iluminaçào artificial e então todos os jogos terão que ser marcados pra tarde, inclusive os de meio de semana. Levando isso ao pé da letra, praticamente mais nada poderia ser feito.

BJS

Mauro S disse...

Tanto a resposta da CESPE como a tua conclusão e post estão perfeitos.
Vim para escrever uma coisa... como ando esquecido, cruzes!
Ah, olhei aqui e vi um nome vago:
http://reidoblogger.blogspot.com
Não te preocupa, não farei outro.. (risos), mas quem quiser, está livre ainda, está vago, mas rei é alguém que tem muitos blogs, concorda?
Outra coisa tenho dois blogs escondidos, dois ou três que não vês. (risos)
Bem que este nome de blog cairia bem pra mim, o que me dizes, mas não consigo olhar para a quantidade aqui.
Hoje é 29?
Dia 25 um foi deletado, ontem, 28, o outro, dois seguem na fila. (risos)
E tenho oito. (risos)
Beijão!

Mauro S disse...

Gosto de blogs sim, mas muito mais de escrever.
E não faço textos bonitos não, nem escrevo poema, escrevo o que me vem a cabeça, o que eu gosto, é isto, e com isto, blogs são criados, mas nem sempre as idéias os lotam.
Pudera ter idéias!

Mariana disse...

concordo contigo e a resposta aos estudantes está perfeita.

Silvia 'Sam' Cássivi disse...

Uma coisa é certa: pra eles a convinicencia seria muito maior que a creça. Menina, o que tem de 'crente' que ai à igreja e depois passa no bar pra tomar umas não ta escrito...e as 'crentes do rabo quente'?
Peraí, tô generalizando. hmmm ok, respeito demais as religiões só que tenho certeza que mesmo essas tais 5 pessoas ja descumpriram as 'regras' pro que lhes era conviniente.
hahaha eu namorei um cara que ia à igreja e tals... sabado de manhã era um santo e a noite era um capeta. Fora que 'ia contra as leis de Deus' o tempo todo. Hipocrisia até não querer mais.

Veja, essas são minhas opiniões sobre algumas pessoas, de forma alguma eu acho que todos os praticantes da tal religião são como acabei de descrever.

Julis disse...

Religião aliena as pessoas, essa notícia prova mais uma vez isso!

Lindsay disse...

e aqueles, aqueeeles que chegam nos hospitais e ai querem entrar com ação e processar médicos e afins por que não podem receber sangue ou tratamento em função de sua crença????
Por que vão ao hospital então??? Se remediem em casa então, usem sua fé, oras bolas. Assim não criam caso, não bagunçam ainda mais o sistema de saúde (que já é cheio de problemas) e muito menos tiram lugar de quem realmente precisa de atendimento. Affff.

Romântico.jp disse...

A resposta da CESPE pode até ter sido boa, mas não é uma organizadora confiável (vide concurso da Hemobrás, quando mudaram a data poucos dias antes e nem avisaram via carta, e-mail, telefone, nada... só alteraram a data no site e muita gente foi no domingo, sendo que a prova havia sido ANTECIPADA pra sábado)! :P

Srta.Lua disse...

por isso não sigo religião!

eu acho religiões muito burocráticas( xoficarquetasenãovoumefu***) kkkkk