segunda-feira, março 07, 2005

*** post kilométrico ***

Estou de volta! yuhu! Finalmente, minha viagem deu certo.. aliás.. quase tudo certo.. algumas coisitas não foram assim tão lindas como parecem, mas tá valendo!
Vou tentar espremer meu cérebro pra ver se esse post sai.. tô morrendo de sono, e a situação aqui tá complicada..

** Sexta: Peguei meu busão 4 horas da tarde.. Era pra ter pego o da uma e meia, mas aquela merda era pinga, e eu odeio busão pinga.. Então, optei pelo semi direto mesmo, que só tinha esse horário. Cheguei em Joinville, e a galera tava na rodoviária me esperando. Tudo certo. Ou quase. No meio do caminho, o carro da Maria começa a dar problema. Quase ficamos no meio da rua.. É, começamos bem.. Da oficina do pai da Gisa, fomos pra faculdade, pois tinha trote do povo de História. Nem ficamos muito tempo, e fomos pro hotel trocar de roupa, tomar banho, aquelas coisas básicas. Acabamos indo no Taberna, um barzinho lá no centro, que é uma graça! Adorei lá. Tinha banda ao vivo, dancei, zuei, ri.. e claro.. tinha que aparecer um zé mané pra contar a história! Assim que chegamos, fomos pra mesa que tínhamos reservado, e logo depois chegou um amigo do namorado da Maria. Ele sentou, cumprimentou eu e a Thaís mal e porcamente, e tá blz. Aí, quando ele saiu, a Maria disse que ele queria ficar comigo.. Putz.. nada contra, mas nada a favor também. Fiquei na minha e tal. Passou o tempo.. mudamos de mesa pra uma bem na frente da banda, muito massa.. Encontrei meus amigos por lá, fizemos uma festa legal. Pena que fomos embora mais cedo, mas estávamos podres. Chegando no hotel, a Thaís me conta a alegria geral da nação. O carinha que queria ficar comigo, no meio da noite chegou pra Maria dizendo que tava em dúvida se ficava comigo ou com a Thaís! ahuauhahuahuahua.. eu nem comento uma merda dessas.. Mas tá valendo.. pelo menos deu pra rir bastante.. a Noite foi perfeita.. perfeita demais... nem imaginaríamos o que estava por vir...

*** Sábado: Acordamos 3 da tarde.. Com o estômago varado de fome.. e pior, um calorão lá fora. Acabamos indo pro shopping "almoçar". Nos entupimos de comida chinesa e mandamos ver.. O mais engraçado foi a gente andando no shopping, toda molenga, parecia que tinha morrido e esquecido de deitar.. Deu um tempo, voltamos pro hotel pra descansar e sair.. A gente ia num tal de Motor Rock. Todo mundo falando bem da festa e tals. Até que me empolguei. O combinado era pra galera passar lá no hotel 9 da noite. Tudo certinho.. E claro que a Gisa tinha que empacar. E o pior é que busão pro lugar lá era só até 11:30.. E a Gisa ainda inventou de comer.. demorou um milhão de anos.. Que merda. Pegamos o busão pro terminal, e chegando lá... fomos pro ponto de taxi tentar filar um pra levar 6 pessoas.. Depois de mil cu doces, a bela Thaís, conseguiu passar a conversa em um taxista que tava num santana lá no final. A gente andou mais pra frente e ele passou pra buscar a gente.. Lá se foram vintão pro espaço.. Cara, nunca vi um lugar tão fim de mundo que nem esse.. Lá onde judas perdeu as meias, pq as botas ele perdeu antes! Chegando lá, comecei a ver aquele povo esquisito, mal encarado... um cheiro de maconha podre lá fora.. Pagamos 5 reais pra entrar.. Se arrependimento matasse, eu já tinha morrido faz tempo.. que lugar HORROROSO! Umas bandas horríveis, um povo mal encarado, sem contar que vomitaram nos bancos tudo, caramba.. que porcalhada!! Uma hora, fomos dar uma volta lá fora, e um carinha me chamou.. Pensei.. "ih, lá vem merda".. Que nada. Comecei a trocar idéias com os dois, e ficamos lá filofando sobre a vida. Acho que foi a única coisa que valeu a pena naquela festa horrorosa. Pra completar nossa "alegria", a última banda parou de tocar não era nem 3 da matina... E Só tinha busão às 5:00 da manhã! Pqp, que stress.. Tivemos que pagar quinzão prum cara levar metade da galera, e outra metade voltou com um amigo da Maria. E ainda tivenmos que esperar o busão sair do terminal ... 5 da matina.. que merda..
Chegamos na lanchonete, pq eu e a Thaís estávamos varadas de fome.. Chegamos lá, sentamos, toda empolgadas fizemos nossos pedidos... quando escutamos essa singela frase: "só se for no prato, pq acabou o pão"... A fome tava tanta que a gente topou.. Cara, foi muito emocionante, comer um X salada sem pão!!!!!!!!! Realmente essa foi pra coroar a noite (ou melhor, a manhã) com chave de ouro! ahahauhahuahuauhauha!! Ninguém merece!! Mas pelo menos matou a fome!

*** Domingo: Dormimos até 4 da tarde.. Estávamos definitivamente destruídas.. além de estressadas por causa daquela festa horrorosa.. Levantamos, e fomos pro shopping comer.. Não tínhamos nada pra fazer, e estávamos lá boiando, quando encontramos aMaria e o namorado. Acabamos indo pra casa dela, e ficamos lá até uma da matina. Pedimos uma pizza lá de noite, e a Thaís ficou morrendo de enjoo depois que comeu ela .. ahahahaha.. cagadas.. sempre cagadas!

Agora estamos aqui... daqui a pouco, mais cagadas! É esperar pra ver!
Até que eu consegui espremer bem meu cérebro.. =P
Se eu esqueci de alguma coisa,
ela provavelmente lembrará!

See Ya!!

Nenhum comentário: