segunda-feira, abril 05, 2004



Chuva!! Muita chuva!! E finalmente parece que a frente fria chegou.. Serah? Pq no meu quarto continua quente, e nada de abrir a janela, se nao infesta de seres voadores.. Eu ainda vou tacar fogo nesse maldito pe de abacate que quase entra no meu quarto.. arghhhhhhh! Eu amo arvores. Mas odeio insetos! ehehehehe.

Fui na casa da Solange ver os filhotinhos da cachorra dela que nasceram antes de ontem.. Ai meu deus, que coisinhas mais lindas!! dah vontade de agarrar tudo e nao largar mais.. Eu nao vejo a hora da Sendi ter os filhotinhos dela tambem.. Ela vai entrar no cio em maio, e jah temos ateh um "marido" pra ela.. ahahahahaha.. quero soh ver aquele monte de pastorzinho alemao.. ai ai ai, coisa fofinha!! Mas ainda vai demorar.. ehehehehe. Espero que ateh lah eu tenha minha camera digital, vou encher meu fotolog com foto de filhote de pastor alemao!

Eu vivo vasculhando site na net pra achar gente no exterior pra escrever, seja cartas ou mails. Achei uma finlandesa lah num dos sites e escrevi pra ela. Disse que era super interessada na Finlandia, que queria ir pra lah um dia e tals.. E sabe q q a guria respondeu? Que nao entende como alguem pode se interessar por lah! ahahahaha. Fiquei de cara.. nossa.. Ela disse que se sentia ateh orgulhosa por ter alguem que se interessasse pelo pais dela. Po.. vou mandar todas minhas amigas que amam a Finlandia escrever pra ela entao, jah que ela acha estranho isso.. Ela reclama do inverno. Bom.. eu reclamo do verao, entao estamos quites. Acho que vou sugerir pra ela pra gente trocar. Ela vem pra cah, e eu vou pra lah, nao seria uma otima ideia? Eu mandei uma foto de Balneario Camboriu e ela jah achou o paraiso. Eh.. acho que a gente nunca tah satisfeito com o que tem mesmo ehehehehehe.. Mas que eu ainda vou pra lah eu vou! se nao der pra ir pra lah de inicio vou pra outro pais e de lah vou pra Finlandia. Yepa Yepa!

Bom, eh isso ae. Vou lah responder o mail da guria.. ehehehee
See Ya!!


Naked Eyes
(THERE'S) ALWAYS SOMETHING THERE TO REMIND ME

I walk along the city streets
You used to walk along with me,
And every step I take reminds me
Of just how we used to be.

Oh, how can I forget you, girl
When there is always something there to remind me
Always something there to remind me

When shadows fall, I pass a small cafe
Where we would dance at night
And I can't help recalling how it
Felt to kiss and hold you tight

Oh, how can I forget you, girl
When there is always something there to remind me
Always something there to remind me

I was born to love you, and I will never be free
You'll always be a part of me

If you should find you miss the sweet
And tender love we used to share
Just go back to the places where we used to go,
And I'll be there

Oh, how can I forget you, girl
When there is always something there to remind me
Always something there to remind me

I was born to love you, and I will never be free
You'll always be a part of me

'Cause there is always something there to remind me

Always something there to remind me (repeat until fade)

Nenhum comentário: