sexta-feira, outubro 03, 2003

Hellow... to triste.. minha cachorrinha de 15 anos teve um derrame e provavelmente nao volta mais.. tadinha.. deu uma dó ver ela sofrendo daquele jeito.. pudia ter morrido dormindo neh.. sem sofrer.. mas fazer o que.. Coisas da vida... Parece estranho falar assim de um cachorro, mas puxa, foram 15 anos de convivência.. eu lembro dela quando eu ganhei de niver, ela era um pompomzinho preto, a coisa mais fofa, que soh dava pra ver a linguinha dela pra fora de longe.. agora, ela tava cega, surda, e nem andando direito, mas nao tava sofrendo.. Hoje acordei e ela tava lah agonizando no chao.. minha mae levou pro veterinario e quando voltou que ele tinha dito que ela tinha tido um derrame, e o pior, acho que se ela nao morrer, vamos ter que mandar sacrificar, pq provavelmente nao tem mais volta.. putz, q fods viu =(.. Soh sei que vai ser estranho descer de madruga na cozinha e nao ve-la andando pra lah e pra cah atras do cheiro da comida.. eh a vida..

Bom.. tirando isso nao tenho NADA pra falar.. tah um calor do caramba.. que horror.. isso que nem eh verao ainda, quero soh ver quando chegar lah pra Novembro.. to fu!!
O Lula tah aqui em Blumenau (olha que chique hein), Blumenau tah famosa! fala serio.. E a Oktober jah começou e eu nem vou.. nao nesse findi.. acho que esse ano eu nem vou.. eh estranho.. em 20 anos, eh a primeira vez que eu nao vou numa Oktober... sei lah.. to desempolgada.. ainda mais esse ano que vai tah cheio de frescura.. Entao, eu vou eh fugir! ahahahahaa.. SP me aguarda.. meu deus.. ainda nao falei pra ninguem aki em casa.. vix, nem quero ver.. Bom.. vamos esperar esperar!! se Deus quiser, em breve estarei visitando o pessu! :)
eh issu ae.. nao to muito animada pra postar hoje.. daki a pouco vou visitar vcs..
See Ya!


Legião Urbana
L'Avventura

Quando não há compaixão
Ou mesmo um gesto de ajuda
O que pensar da vida
E daqueles que sabemos que amamos ?

Quem pensa por si mesmo é livre
E ser livre é coisa muito séria
Não se pode fechar os olhos
Não se pode olhar pra trás
Sem se aprender alguma coisa pro futuro

Corri pro esconderijo
Olhei pela janela
O sol é um só
Mas quem sabe são duas manhãs

Não precisa vir
Se não for pra ficar
Pelo menos uma noite
E três semanas

Nada é fácil
Nada é certo
Não façamos do amor
Algo desonesto

Quero ser prudente
E sempre ser correto
Quero ser constante
E sempre tentar ser sincero

E queremos fugir
Mas ficamos sempre sem saber

Seu olhar
Não conta mais histórias
Não brota o fruto e nem a flor

E nem o céu é belo e prateado
E o que eu era eu não sou mais
E não tenho nada pra lembrar

Triste coisa é querer bem
A quem não sabe perdoar
Acho que sempre lhe amarei
Só que não lhe quero mais

Não é desejo, nem é saudade
Sinceramente, nem é verdade

Eu sei porque você fugiu
Mas não consigo entender

Nenhum comentário: